Bolsonaro diz que índios defendem “sapo barbudo” (Lula) porque “são uns coitados”.

Compartilhe nosso conteúdo!

Brasília – Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (26) que os índios defendem o ex-presidiário Lula porque não têm consciência polítcia.

Em conversa com apoiadores no cercadinho do Palácio da Alvorada, o presidente chamou o petista de “sapo barbudo” e disse que os povos indígenas são “uns coitados”.

Os índios são uns coitados. Você vê eles sendo entrevistados aí. Eles não sabem. ‘Voocê tá contra o quê?’. ‘Contra o governo, governo quer acabar com a gente’. Aí, fala o nome do sapo barbudo: ‘O sapo barbudo ajudou a gente’.”

Bolsonaro comentou o marco temporal da demarcação de terras indígenas, que deve ser julgado pelo STF. O marco define que as etnias só tenham direito a reivindicar terras que ocupavam antes da Constituição de 1988. Segundo o presidente, se a regra for mudada, como quer a Funai, “acabou o agronegócio”.

“Se mudar o entendimento, nós vamos ter que, de imediato, demarcar uma outra área equivalente à região sudeste, simplesmente acabou o agronegócio.”

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts