Criada subcomissão para dar prosseguimento ao processo de cassação do mandato de Jalser Renier.

Compartilhe nosso conteúdo!

A Comissão de Ética Parlamentar da Assembleia Legislativa de Roraima (ALE) criou uma subcomissão para dar andamento ao processo de cassação do mandato de Jalser Renier (SD), acusado de ser o autor intelectual do sequestro do jornaoista Romano dos Anjos.

A ALE transmitiu ao Vivo a reunião, conduzida pelo presidente da Comissão, deputado Coronel Chagas (PRTB), na manhã desta quinta-feira (11). A subcomissão tem como relator o deputado Jorge Everton (sem partido), enquanto o deputado Evangelista Siqueira (PT) é o revisor. Já a deputada Lenir Rodrigues atuará como membro.

Além dos três parlamentares, a deputada Catarina Guerra (SD) também se manifestou para fazer parte do processo. No entanto, voltou atrás e retirou o nome da avaliação dos demais parlamentares. Os deputados da subcomissão ficarão responsáveis pelas diligências na apuração dos crimes pelo qual Jalser Renier é acusado. Conforme Coronel Chagas, Jalser Renier terá direito à ampla defesa.

A subcomissão foi criada após a Corregedoria Geral da ALER opinar pela procedência do pedido de cassação feito pelo Partido Social Liberal (PSL). O o deputado federal Nicoletti protocolou a representação no dia 5 de outubro. O documento diz que Jalser quebrou o decoro parlamentar e causa grave prejuízo à imagem da Casa. Além disso, o documento cita que ele descumpriu o Código de Ética da Assembleia, e, por isso, não deve ocupar o cargo.

Com informações compartilhadas: Roraima em Tempo

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts