Boa Vista amplia vacinação para população geral a partir desta terça-feira, 4.

Compartilhe nosso conteúdo!

A prefeitura de Boa Vista amplia, a partir desta terça-feira, 4, a vacinação contra Influenza (Gripe), para população geral, acima dos seis meses de idade. As doses estão disponíveis nas unidades básicas de saúde (UBS) com sala de vacina e nos pontos drive-thru, enquanto durarem o estoque.

A ideia é reduzir os casos graves da gripe, que acabam lotando as unidades hospitalares e também reforçar os cuidados e medidas necessárias para reduzir o risco da circulação do novo vírus da Influenza A (H3N2), já confirmado no Estado.

Orientações – Além da imunização, a prefeitura reforça que a população esteja atenta e tomem os cuidados necessários para proteção contra a gripe, entre eles o isolamento de sintomáticos, uso de máscaras, higienização das mãos com água e sabão, utilização de álcool em gel, cobrir nariz e boca ao espirrar ou tossir, e outros.

Ao apresentar sintomas da gripe, é preciso procurar um serviço de saúde para receber as orientações adequadas. A Prefeitura de Boa Vista conta com oito unidades básicas que atendem casos exclusivos de Covid-19 e pessoas com síndromes gripais, com profissionais capacitados para cuidar e tratar dos casos.

Vigilância sentinela – Em Boa Vista, a vigilância da Influenza é feita por meio da vigilância sentinela de Síndrome Gripal (SG) pelo Hospital da Criança Santo Antônio (HCSA) e pelo Hospital Geral de Roraima (HGR). Essas unidades têm como objetivo principal identificar os vírus respiratórios circulantes e permitir o monitoramento da demanda de atendimento dos casos hospitalizados e óbitos.

A vacina contra gripe está disponível em todas as unidades básicas de saúde que possuem salas de vacina, inclusive as unidades de Covid-19 e ainda nos dois pontos de vacinação contra a Covid-19, drive-thru, para a população geral.

E para quem faz parte do grupo prioritário e ainda não se vacinou, a prefeitura reforça a importância de se proteger contra gripe. A escolha dos grupos considera as pessoas que podem desenvolver formas mais graves da doença.

Documentação necessária – Cartão de vacina, cartão SUS ou CPF.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts