“Júnior Goiana”, dono de rede de supermercados, é condenado por corrupção eleitoral.

Compartilhe nosso conteúdo!

Denúncia do Ministério Público Eleitoral (MPE) resultou na condenação do empresário José Saraiva de Araújo Júnior, conhecido como “Júnior Goiana” – dono da rede de supermercados goiana – pelo crime de corrupção eleitoral.

As investigações comprovaram que durante as eleições de 2018, o empresário fez uso da rede de lojas dele para praticar propaganda eleitoral.

De acordo com a sentença proferida nesta quarta-feira, 30 de junho, pela Justiça da Primeira Zona Eleitoral, a pena para o crime foi fixada em seis meses de detenção e pagamento de multa de 30 salários-mínimos, que deverão ser revertidos para o Fundo Penitenciário Nacional.

Segundo a denúncia do MPE, no dia anterior ao segundo turno das eleições de 2018, a rede de supermercados do empresário apresentava preços dos produtos com o número 17 na casa decimal, em destaque, com a intenção de fazer propaganda eleitoral dos então candidatos à Presidência da República, Jair Bolsonaro, e ao Governo do Estado, Antônio Denarium.

Os valores das mercadorias em promoção foram colocados de maneira a dar ênfase ao número 17 em negrito, a exemplo R$ 17,17 e R$ 2,17. A propaganda eleitoral foi realizada nas lojas do empresário, em folhetos promocionais e postada também no perfil da rede de supermercados, no Facebook.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts