A ONU prevê possível transmissão de coronavírus em migrantes venezuelanos em Roraima.

Compartilhe nosso conteúdo!

Nesta quarta-feira (1), as Nações Unidas (ONU) anunciaram medidas para a América do Sul para preparar a população quanto a uma possível transmissão de coronavírus entre imigrantes venezuelanos e refugiados residentes em vários países, especialmente em Roraima.

A Agência de Refugiados da ONU (ACNUR) instalou suas primeiras zonas de isolamento na cidade de Boa Vista, Roraima, informou o porta-voz da agência em Genebra, Cécile Pouilly.

Ele também indicou que “o ACNUR, junto com organizações locais com as quais colabora, estabeleceu um espaço de isolamento em Boa Vista para receber possíveis casos suspeitos entre refugiados e imigrantes venezuelanos”.

Segundo  ACNUR existem 6.272 migrantes venezuelanos que residem em locais de recepção em Roraima e as autoridades prevêem que 3.500 vivem na rua ou em assentamentos informais.

Até o momento, nenhum caso de Covid-19 foi confirmado entre os venezuelanos em Boa Vista, local em que é respeitada a política aplicada no resto do país, na qual os pacientes são submetidos apenas a testes de diagnóstico em pessoas com sintomas de coronavírus.

O banco de dados do ACNUR e da Organização Internacional para as Migrações (OIM) sustenta que o Brasil hospeda 253.000 venezuelanos. Fonte | ACNUR

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts