Educação municipal: de salas pequenas e antigas a estruturas modernas, amplas e lúdicas.

Compartilhe nosso conteúdo!

Em Boa Vista, uma das maiores transformações dos últimos anos foi na estrutura das creches municipais. Em 2015, a prefeitura começou o processo de modernização das casas mãe, local que é a base da iniciação escolar de crianças de 2 a 3 anos e 11 meses. Aumentou de 22 para 33 unidades modernas, amplas e lúdicas e ainda entregou 10 novas escolas modelo proinfância com turmas de maternal.

Em 2013 as casas mãe se resumiam a uma salinha pequena que abrigava cozinha, banheiro, sala de atividades pedagógicas, de descanso e lazer. Tudo era muito improvisado, mas por muito tempo este foi o local de atendimento às crianças nesta faixa etária. Os prédios das 22 casas foram totalmente demolidos e iniciou-se a reconstrução.

Hoje, as creches nem de longe lembram aquela estrutura antiga, a começar pela fachada dos prédios. Possuem, atualmente, uma cozinha própria com refeitório amplo, banheiros e salas administrativas. As salas de atividades pedagógicas também ficaram amplas, modernas e cheias de recursos lúdicos que possibilitam o ensino e a diversão da criançada durante o processo de aprendizagem.

 “Tenho muito orgulho de fazer da educação de Boa Vista uma referência para o Brasil. Todo investimento que fazemos, desde a primeira infância, é para transformar positivamente o futuro das nossas crianças. Hoje, tanto as creches quanto as escolas passam esse cuidado da gestão municipal, seja através da estrutura moderna, da alimentação escolar, como do ensino de qualidade”, disse a prefeita Teresa Surita. Infomações | Secom/Pefeitura

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts