FRONTEIRA EM CHAMAS: Polícia usa bombas e balas de borracha para dispersar protestos anti-venezuelanos em Pacaraima.

Compartilhe nosso conteúdo!

Vídeos que estão sendo exibidos em redes sociais mostra que o clima de tensão aumentou a voltagem em Pacaraima, onde os manifestantes foram dispersados das manifestações anti-venezuelanos com bombas de efeito moral, bombas de efeito moral e balas de borracha.

População se revolta com a truculência de policiais rodoviários em Pacaraima.

Os protestos estão ocorrendo desde sábado (8) por conta de um estrupo cometido por um venezuelanos (já preso) contra uma menina de 12 anos.

A população exige mais controle na fronteira, pede segurança e quer que os abrigos de acolhimento aos venezuelanas em Pacaraima sejam desativados.

No vídeo é possível observar o lançamento por agentes da Polícia Rodoviária Federal de vários artefatos de gás contra os manifestantes que protestam pelas ruas da cidade.

“Tem criança aqui” grita um deles. Enquanto outra manifestante fala para que parem de jogar pedras contra os policiais.

A manifestação teve início bem na linha que divide as duas fronteiras, onde os moradores montaram um acampamento para impedir a entrada de mais venezuelanos em Roraima.

Imagens feitas por um morador mostra a chegada das viaturas da PRF e o momento em que os manifestantes são atingidos por bombas de efeito moral, gás de pimenta e balas de borracha.

A Polícia Militar do município confirmou que PRF desobstruiu o local com uso da força.

Momento em que bombas de gás são lançadas contra a população de Pacaraima.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts