O BOOM DO PETRÓLEO: Nossa vizinha, Guiana deve crescer 86% em dois anos.

 O BOOM DO PETRÓLEO: Nossa vizinha, Guiana deve crescer 86% em dois anos.

Georgetown, Guiana: a cidade que mais vai crescer nos próximos anos.

Compartilhe este artigo

There is no ads to display, Please add some

Ex-colônia britânica, é o único país sul-americana com o inglês como língua oficial, nossa vizinha República Cooperativista da Guiana (antiga Guiana Inglesa) é um dos países mais pobres da América do Sul, alternando-se na última colocação com o Suriname. Mas graças a um boom do petróleo, essa situação pode mudar radicalmente, levando o país à lista dos mais ricos do mundo. O Fundo Monetário Internacional (FMI) acredita que a economia pode crescer até 86% em dois anos.

Essa taxa representa 14 vezes mais do que a economia chinesa. Será a economia que mais vai crescer no mundo. Estudos apontam que 2025, o Produto Interno Bruto (PIB) da Guiana vai aumentar entre 300% e 1.000%. Isso é gigantesco. Será o país mais rico do hemisfério e, potencialmente, do mundo.

O prognóstico de especialistas norte-americanos pode parecer exagerado, mas parte de um PIB minúsculo, de US$ 5,814 bilhões em 2015, e de uma renda per capita igualmente pequena, de US$ 7.279, a metade do Brasil. A vantagem é que a população é de pouco menos de 800 mil pessoas, o que ajuda, e muito, a distribuir a riqueza.

A ExxonMobil, principal operadora de petróleo da Guiana, diz ter descoberto uma reserva de petróleo de mais de 5,5 bilhões de barris nas águas do país no Oceano Atlântico. A Exxon se uniu à petroleira americana Hess e à chinesa CNOOC para desenvolver uma das maiores descobertas de petróleo em águas profundas do mundo na Costa da Guiana. O primeiro poço começará a ser bombeado já em janeiro e, até 2025, o país produzirá pelo menos 750 mil barris de petróleo por dia, segundo a Exxon.

Para se ter uma ideia dessa capacidade, o Brasil é o 15º país com as maiores reservas e possui “apenas” 12,7 bilhões. Se a riqueza é pouco mais do que o dobro, a população brasileira é esmagadoramente maior também: somos quase 210 milhões de habitantes.

A quantidade de petróleo a ser extraída pode não ser muita, mas, eventualmente, poderá chegar a entre 700 mil e 1 milhão de barris de petróleo por dia. Um relatório recente da rede americana CNBC estima que a Guiana poderá ser o país com o maior número de barris de petróleo per capita do mundo.

Para efeito de comparação, é o equivalente ao que um exportador intermediário, como a Colômbia, vende ao exterior. Mas é justamente por conta do baixo número de habitantes é que é possível entender o efeito avassalador que o petróleo pode ter sobre a economia da Guiana.

Com o lucro oriundo da exploração e venda de petróleo, o governo da Guiana pretende investir na construção de rodovias que ligarão as cidades costeiras ao interior do país, que possuem jazidas de ouro, diamante e bauxita.

O objetivo é facilitar o escoamento de riquezas minerais extraídas na Guiana para seus portos. Isso deverá ser possível devido ao ganho anual inicial de US$ 300 milhões (cerca de R$ 1,2 bilhão). Fonte | Infomoney

Contatos – www.peronico.com.br– emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: