“O Caminho é a vacina!” – Jovens de 20 a 24 anos começam a ser imunizados em Boa Vista

Compartilhe nosso conteúdo!

No momento da vacinação, todos os olhares dos jovens refletiam o sentimento de esperança de todos por dias melhores, após esses quase dois anos de pandemia. E para eles, a imunização – junto às medidas sanitárias existentes – é um dos meios mais eficazes e seguros para que a realidade de todos mude para melhor.   

“Eu faço esse chamado. Venham se vacinar, não só por você, mas pela sua família e por todos aqueles que morreram e não tiveram essa oportunidade. Nós temos que agradecer e incentivar mais pessoas. Venham tomar a 1ª dose, venham tomar a 2ª dose. Nós representamos o futuro. Viva a ciência!”, bradou Izarrana de Oliveira, 24 anos.

Felipe Manoel, 21 anos, também falou sobre a importância da vacinação para o controle da doença. “Espero que todos venham se vacinar. É um momento importante para a saúde pública. Vamos nos prevenir. O caminho é a vacina”, afirmou.

2ª dose – De acordo com orientação do Ministério da Saúde, é necessário completar o esquema vacinal para assegurar a proteção adequada contra a Covid-19. Por isso a importância da ampla cobertura vacinal com a 2ª dose também. A data de retorno fica registrado no cartão de vacina.

“Esse ato de cidadania é de extrema importância. Todos devem se vacinar e não podemos esquecer a 2ª dose. Estamos combatendo essa doença há quase dois anos. Essa prevenção primária para que todos tenhamos nossa liberdade de volta”, disse Manoela Oliveira, 22 anos.

Documentação necessária – No ato da vacinação, é necessário apresentar documento oficial com foto, cartão de vacina, cartão do SUS ou CPF e o comprovante de residência (original e cópia). A cópia ficará retida para registro da vacina.

CRONOGRAMA DE VACINAÇÃO COVID-19 POR IDADE EM ORDEM DECRESCENTE

FAIXA ETÁRIADATA DE VACINAÇÃO
25 a 20 anos19 a 24.07.21
19 a 18 anos26 e 27.07.21
Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts