RORAIMA e São Paulo participam de estudos do Proxalutamida, novo remédio contra Covid-19

Compartilhe nosso conteúdo!

A Anvisa também autorizou o estudo clinico do Proxalutamida para avaliar sua eficácia contra a infecção do covid. O estudo já está na fase 3 e participam 12 voluntários de Roraima e 38 de São Paulo.

O estudo é de fase três e avaliará a eficácia e a segurança da substância em participantes ambulatoriais do sexo masculino com covid-19 de leve a moderada.

As pesquisas devem dizer se o remédio é mesmo capaz de reduzir a infecção viral e o processo inflamatório causados pela doença.

A proxalutamida foi defendida pelo presidente Jair Bolsonaro, embora não esteja comprovada eficácia. No domingo (18), ao ter alta de um hospital em São Paulo após problemas no intestino, Bolsonaro disse que se a mãe dele fosse infectada pelo vírus, “autorizaria o tratamento dela com proxalutamida”.

O estudo é patrocinado pela empresa Suzhou Kintor Pharmaceuticals, sediada na China. Além do Brasil, outros países também estão fazendo testes com esse remédio, como Alemanha, Argentina, África do Sul, Ucrânia, México e Estados Unidos.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts