2ª pesquisa do Ibope: Suely está praticamente ‘morta’ e Anchieta chega a 41%.

Compartilhe nosso conteúdo!
A Coluna de Hoje | Publicada 00h12
Anchieta lidera a segunda pesquisa do Ibope e ganhou 5 pontos em relação a primeira.

O Ibope sepultou de vez as pretensões de Suely Campos (PP) de obter um segundo mandato, jogando uma pá de cal em sua candidatura à reeleição. A 2ª pesquisa de intenção de votos (na modalidade induzida), encomendada pela Rede Amazônica e divulgada ontem no Jornal de Roraima (TV Roraima), Suely aparece em 3º na corrida eleitoral com minguados 9%, abaixo dos 14% obtidos na 1ª pesquisa.

José Anchieta (PSDB) não só manteve a dianteira como aumentou seu percentual, pulando de 36% para 41%, com possibilidade ganhar ainda no 1º turno, sendo seguido de longe por Antônio Denarium (PSL) que praticamente estacionou com 29%, 9 pontos a mais que na primeira pesquisa (20%).

E sobrou para Telmário Mota (PTB) e Fábio Almeida (Psol), apenas figurantes na campanha, o rabo da fila: o senador com 4% e socialista com insignificantes 2%. Foram apurados 5% de indecisos e 9% afirmaram que votariam nulos ou em banco.

Ainda na mesma pesquisa o Instituto mostro o grau de rejeição dos candidatos: Suely como já era esperado mantém-se na dianteira com 65%, seguida de Telmário com 47%, Zé Anchieta 23%, Fábio 18% e Denarium apenas 15% de rejeição.

O Ibope pesquisou ainda possíveis cenários para o segundo-turno. Anchieta segue imbatível. Ganha de Denarium de 49% a 40% e derrotaria Suely de lavada, 61% a 16%. Suely perderia também para Denarium em um eventual segundo-turno de 65% a 15%.

Na modalidade espontânea a pesquisa apontou os seguintes resultados: Anchieta 34%, Antônio Denarium 23%, Suely Campos 8%, Telmário Mota (PTB) 2% e Fábio Almeida 0%. Branco/nulo: 9% e 22% não sabe. Foram ouvidos 812 eleitores de todas as regiões do estado, com 16 anos ou mais entre os dias 13 e 16 deste mês.

Suely no fundo do poço
Suely amarga um 3º lugar na pesquisa do Ibope e aparece com apenas 9% das intenções de voto.

Igual seu Governo, que não saiu do lamaçal, Suely Campos caiu definitivamente no fundo do poço. E de lá não sairá tão cedo, pelo menos nessa campanha.

Vai terminar o Governo em dezembro como o pior desastre político jamais visto na história de Roraima. E deixará para o sucessor sem dúvida um Estado dilacerado, desgovernado e atolado em dívidas.

A situação de Suely já era grave, mas quando pôs o rosto na TV, dentro do programa eleitoral gratuito, sua condição perante o eleitor só piorou. Contrariando a realidade que vivemos, o marketing romanesco colocou Suely como benfeitora e responsável por avanços jamais vistos na gestão atual.

E é natural que caia ainda mais até o dia da eleição, diante de tantos problemas financeiros que acabam desgraçando de vez sua desastrosa candidatura. E para completar a desdita da governadora, a pesquisa mostra que o governo de Suely Campos tem a aprovação de minguados 9% dos roraimenses. No levantamento anterior, divulgado em agosto, o índice era de 9%.

O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliam o governo como “ótimo” ou “bom”. Os que julgam o governo “ruim” ou “péssimo” são 69%, segundo o Ibope. Em agosto esses percentuais eram de 63%.

Shéridan investigada no STF
Shéridan é acusado de contratar servidores pelo Gabinete na Câmara para trabalhos domésticos.

O ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou a abertura de um inquérito para investigar a deputada federal Shéridan (PSDB). A decisão é da última sexta-feira (14), mas entrou no sistema do STF somente ontem (17). A deputada será investigada por nomear para o gabinete uma babá e uma empregada doméstica que trabalham na casa dela.

A Procuradoria Geral da República (PGR) pediu ao Supremo para investigar se houve o crime de peculato, que consiste em alguém se apropriar de dinheiro público para proveito próprio.

Ao autorizar a abertura do inquérito, Fux também determinou a coleta de informações na Câmara dos Deputados. O ministro também decidiu que as funcionárias da deputada precisam ser ouvidas.

Ao pedir a investigação, a PGR afirmou ter recebido informações da Polícia Federal de Roraima de que as duas funcionárias foram nomeadas como secretárias parlamentares, uma com salário de R$ 11,8 mil e outra com salário de R$ 4,04 mil. As duas, segundo o pedido da PGR, “se dedicariam exclusivamente a atividades domésticas”.
Tesouro paga conta do Governo
O Governo não bem honrando o pagamento das parcelas de empréstimos.

Essa história de que Suely vem pagando a dívida do Estado mês a mês é pura lorota. Ontem o Tesouro Nacional divulgou a lista de pagamentos das dívidas estaduais, que têm o Governo Federal como avalista por se tratar de dívida contraída com instituições financeiras públicos e com o BNDES.

A União pagou, em agosto, R$ 328,13 milhões em dívidas atrasadas de estados, segundo o Relatório de Garantias Honradas pela União em Operações de Crédito, divulgado ontem pelo Tesouro Nacional.

Este ano, o total já chegou a R$ 2,825 bilhões de dívidas em atraso de estados e municípios. Deste total R$ 30,41 milhões são dívidas do Governo de Roraima que Suely não quitou. Ai o valor será debitado nas parcelas do FPE.

Romero Jucá ‘paz e amor’
Jucá ignorou as sandices de Ciro e manteve sua campanha, percorrendo o interior de Roraima. 

O senador Romero Jucá decidiu não responder às insinuações do desequilibrado Ciro Gomes, que o agrediu verbalmente em várias ocasiões em atos de campanha em Boa Vista, no sábado, impulsionado por Ângela Portela que o trouxe aqui.

Ciro na sua forma mais natural, ainda agrediu fisicamente o jornalista Luiz Pétri, chamando-o de “filho de puta” e dizendo que o profissional “era do Jucá”.

Jucá preferiu dar o silêncio como resposta por achar desnecessário rebater as insanidades de um desmiolado.

Cotado a conquistar seu quarto mandato no Senado, Jucá prefere seguir sua campanha mostrado aos moradores de Roraima o que realmente fez nesses últimos anos.

Índios em ‘pé de guerra’
Índios Yanomami apreenderam três aviões e fizeram reféns os servidores da Funai. Foto | Divulgação

O Ministério da Saúde confirmou ontem que 21 servidores, além de quatro pilotos, foram impedidos por índios Yanomami de retornar à base e estão em uma aldeia na região de Surucucu, município de Alto Alegre, no norte de Roraima.

Os indígenas retiveram as três aeronaves usadas pelos profissionais, que prestam serviço de atendimento à saúde nas aldeias. Eles fazem parte da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do ministério.

A manifestação dos indígenas ocorre após a morte de duas crianças menores de um ano na região. Um recém-nascido de 29 dias morreu, segundo o governo, em decorrência de broncoaspiração (por regurgitação), no último dia 31 do mês passado.

Um outro bebê, de 12 dias, também morreu ontem (17), aparentemente em virtude de complicações decorrentes de uma pneumonia. O Ministério diz que lamenta a morte das crianças e informa que os dois casos são de “investigação obrigatória”.

A queda de maduro está próximo
Maduro sofre pressões de organismos internacionais para renunciar ao cargo de presidente.

Após visitar Cúcuta (na fronteira entre a Colômbia e a Venezuela), o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), o uruguaio Luis Almagro afirmou que não ficará em silêncio nem deixará a entidade internacional “até que a ditadura caia” na Venezuela.

A afirmação ocorreu dois dias depois de Almagro afirmar que não descarta a hipótese de intervenção militar na Venezuela. O Brasil e demais países que formam o Grupo de Lima condenaram a alternativa.

“Eu não me calo nem saio, os líderes dos governos que queriam que eu ficasse quieto são cúmplices [do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro] e queriam que eu fosse embora, mas não farei isso até que a ditadura caia”, afirmou Almagro em sua conta no Twitter.

18.000 m² de sinalização | Para que os condutores de Boa Vista trafeguem com segurança, a Prefeitura de Boa Vista tem investido bastante no trânsito da capital, principalmente quanto a sinalização vertical e horizontal. Somente neste ano, foram aplicadas mais de 18.000 m² de pintura de faixas de rolamento, contínuas, seccionadas, de bordo e em faixas de pedestres. Tudo para que o trânsito seja ainda mais seguro.  As equipes de Engenharia de Trânsito da Prefeitura de Boa Vista aproveitam o período noturno, quando há menor tráfego de veículos, para executarem os serviços. Nesta semana, as avenidas Estrela Dalva, Pedro Aldemar Bantim e Carlos Pereira de Melo tiveram reforço na pintura, mas os trabalhos vão continuar em outras avenidas ao longo deste mês. A pintura termoplástica, utilizada na maioria das faixas, tem alta resistência e boa estabilidade térmica, que proporciona uma excelente visibilidade noturna para o condutor. Além disso, gera economia para o Município, devido ao baixo custo. Segundo o superintendente municipal de Trânsito, Gilvan Santos, o trabalho de manutenção da sinalização é constante na capital.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts