A bomba venezuelana: morte de criança por sarampo causa mais tensão na questão migratória.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h20

Temendo o avanço do sarampo autoridades sanitárias estão vacinando todos os venezuelanos as ruasde Boa Vista.

A morte de uma criança venezuelana acometida de sarampo expõe o lado mais terrível dessa crise migratória: a convivência com o medo de uma epidemia causada por essa doença que há anos havia sido erradicada de Roraima e no Brasil.

A criança venezuelana de 4 anos com suspeita de sarampo e pneumonia morreu ontem no Hospital da Criança. Ela estava entre os 12 casos investigados, dos quais 6 foram confirmados. O sexo da criança não foi informado.

Segundo autoridades sanitárias a criança veio há alguns dias da cidade de Pacaraima, na fronteira com a Venezuela, e deu entrada no hospital infantil de Boa Vista com a saúde debilitada e com suspeita de sarampo.

A migração de venezuelanos já nos trouxe problemas estruturais terríveis, entupiu nossas ruas com um flagelo jamais visto na cidade, contribui com o aumento da violência, gera debates ardentes sobe xenofobia e repulsa e agora armou uma bomba de efeitos devastadores sobre nosso teto com a descoberta de que estão sendo também condutores do sarampo para Roraima.

O último caso de sarampo foi registrado em Roraima em 2015 mas na Venezuela onde não há vacinação regular a doença tornou epidemia, com a deterioração do sistema de saúde provocada pela crise econômica e o desabastecimento.

Mais do que se apiedar dos ‘hermanos’ o povo roraimense tem que cair na real, apegar-se a racionalidade da situação, não tratar mais a fuga de venezuelanos para Roraima como uma mera uma questão humanitária, mas como uma ameaça e prevenir-se para o pior, porque o surgimento de doenças infectocontagiosas já eleva a categoria de riscos epidemiológicos, para uma questão de saúde púbica.

Esta é a primeira crise migratória que o Brasil enfrenta. E o sarampo, agora com registro de óbito, é a bomba que está armada na fronteira, justamente no Estado de Roraima.

Terminal de 1° mundo

O novo terminal é uma referência de organização e conforto para quem se utiliza do transporte coletivo.

Os passageiros que utilizam o transporte público de Boa Vista agora contam com mais conforto e segurança durante a espera pelos ônibus e táxis no Terminal Luiz Canuto Chaves, Centro. Um terminal classificado de 1º mundo.

A prefeita Teresa Surita inaugurou ontem o novo prédio totalmente reformado, modernizado, climatizado e com toda a estrutura necessária para garantir à população melhores condições de utilização dos serviços públicos.

O novo terminal conta com área de espera climatizada, banheiros com acessibilidade, banheiro família com fraldário, ponto de recarga do Boa Vista Card, posto da Guarda Civil Municipal, ponto de táxi, sala de multiatendimento (Secretaria de Finanças, Emhur e Meio Ambiente) além de espaço da criança.

Comidade e qualidade de vida | Nós estamos entregando uma obra fundamental para nossa capital. Um terminal de ônibus moderno, que existe em poucos lugares do Brasil, todo climatizado para comodidade dos passageiros e oferecendo emprego, o que é muito importante em momentos de crise. Tudo que fizemos aqui foi com muito compromisso, cuidado, pensado em uma melhor qualidade de vida para as pessoas. Nosso compromisso agora é ter 100% da frota de ônibus climatizada e os corredores exclusivos para os ônibus. Um terminal de ônibus com qualidade, moderno, com wi-fi, restaurantes, atendimento de serviços da prefeitura, guarda municipal e uma usina de energia fotovoltaica para atender as pessoas da maneira que merecem. Com conforto e respeito. Estou muito feliz por estar cumprindo mais esse compromisso com nossa cidade que tanto amamos. Fica aqui meu agradecimento a todos que colaboraram para mais essa realização.”, disse a prefeita Teresa Surita.

Projeto de Mobilidade Urbana

Para Jucá o novo terminal oferece conforto, comodidade e qualidade de vida para o usuário.

A revitalização e ampliação do Terminal Luiz Canuto Chaves fazem parte do projeto que contemplou ainda a construção de ciclovias, calçadas, pontes, ligações viárias e abrigos de ônibus.

Os recursos para a execução desse projeto foram garantidos pelo senador Romero Jucá. Para o senador Romero Jucá é uma importante obra para Boa Vista.

O senador disse que a obra vai ficar no legado para a população e espera que a pessoas cuidem desse patrimônio, que é de todos.

Esse super terminal vai dar condições para que as famílias de Boa Vista sejam bem atendidas no transporte urbano. Um projeto de mobilidade urbana como esse transforma Boa Vista numa cidade cada vez melhor”, disse o senador.

Mais de 10 mil usuários

Lanchonetes e vários outros serviços estão à disposição do usuário no terminal inaugurado ontem.

Mais de 10 mil pessoas devem passar pelo terminal diariamente. O local vai receber 16 linhas de ônibus, sendo ponto de distribuição de passageiros para quase todos os bairros de Boa Vista, com exceção do Caranã. Os táxis lotação vão poder fazer o embarque e desembarque de passageiros no terminal.

Os passageiros e visitantes terão acesso a vários serviços no local. O terminal terá duas praças de alimentação climatizadas com seis restaurantes e cinco espaços para revistaria, bomboniere, chaveiro, papelaria e sorveteria.

Entre os comerciantes do Terminal Luiz Canuto Chaves, seis já ocupavam quiosques no local e cinco eram ambulantes que trabalhavam de forma irregular em ruas e praças de Boa Vista. Todos eles foram regularizados para se instalarem nos espaços comerciais.

Depois de quase dois anos vendendo alimentos em um trailer na Praça da Cultura, a ambulante Maria do Socorro Gomes de Lima, 41 anos, se tornou microempreeendedora individual e montou a sorveteria em um dos espaços do terminal.

“Todo dia eu tinha de tirar e colocar as coisas no trailer. Sempre tive vontade de ter um lugar fixo para trabalhar e agora consegui”, contou a comerciante que há 15 anos sustenta a família com a venda de alimentos.

Suely anuncia pé-candidatura

Suely anunciou junto com Ciro Nogueira o lançamento de sua pré-candidatura, dia 26.

A governadora Suely Campos anunciou para o dia 26 deste mês, o anuncio de sua pré-candidatura a reeleição.

Na verdade nem precisaria ato algum para manifestar tal decisão, já que sua candidatura natural não carece de pré-lançamento. Mas Suely quer aproveitar a ocasião para juntar alguns seguidores – os poucos que restam – como claque.

Ela fez o comunicado em Brasília ao lado do presidente do Partido Progressista (PP), o senador Ciro Nogueira, que anunciou inclusive a presença no evento do depuatdo Hiran Gonçalves (presidente da sigla em Roraima), algo pouco provável. A conferir.

Cantá: referência em superfaturamentos

O criador e a criatura: Xingu e o prefeito Barbudos, complicados com superfaturamentos no Cantá.

O deputado Jânio Xingú conseguiu eleger seu irmão para a prefeitura de Cantá. Carlos Barbudo já está tendo problemas com vereadores que abriram uma Comissão de Inquérito para apurar superfaturamento na compra de medicamentos para o município.

E olha que é ‘rolo’ dos grandes e pelas conversas de bastidores o deputado Xingú ficou muito irritado e ameaçou vereadores e servidores.

Esse negócio de superfaturamento de preços na compra de medicamentos está virando mora em Roraima. A Polícia Federal está, há algum tempo, investigando empresas e ex-gestores da Saúde do Estado e agora o caso é em Cantá.

Migração: Brasil é o 5° na lista

Os venezuelanos continuam cruzando a fronteira em direção a Boa Vista, fugindo da crise.

O comitê criado pela Casa Civil para acompanhar a situação dos venezuelanos em Roraima ainda não concluiu o censo que realiza na região, mas já chegou a algumas constatações.

Uma delas: o Brasil não é o destino preferido dos imigrantes. Ao menos outros quatro países, como a Colômbia, estão à frente, devido ao fato de também falarem o espanhol e de terem cidades populosas mais próximas à fronteira.

Outra constatação é a de que os números estão superestimados. Ainda não se sabe o percentual exato, mas há uma parcela que vem ao Brasil só para comprar comida, em falta na Venezuela. Há ainda um contingente quem vem apenas para conseguir tratamento médico. Esses entram e saem várias vezes por mês e inflam a estatística.

Perguntinha

Já estamos em março, e cadê o salário dos servidores do Estado, referente ao mês de fevereiro?


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: