Em nota enviada por sua assessoria de imprensa, a deputada diz refutar as acusações e lamentar “que o assunto, já abordado anteriormente, seja mais uma vez requentado.” A parlamentar afirma ter certeza de que “a verdade prevalecerá no final, quando será provada sua inocência, pois tem total confiança no trabalho da Justiça brasileira”. Com informações agências de notícias e PGR.

Já caiu na boca do ‘sapo’

MC Sapão foi trazido por Shéridan a Boa Vista no avião do Governo para festa particular.

Em agosto, Shéridan, o ex-governador Anchieta e o atual comandante da Polícia Militar, Edison Prola, tiveram R$ 40 mil bloqueados pela Justiça de Roraima sob acusação de terem usado, em 2010, um avião do governo para trazer o funkeiro MC Sapão ao Estado.

Ele teria sido contratado para se apresentar na festa de aniversário da hoje deputada federal, e Prola teria autorizado a viagem como então secretário estadual da Casa Militar. Shéridan, Anchieta e Prola respondem a processo de improbidade administrativa.

A deputada federal ganhou o cargo pela primeira vez nas eleições de 2014. Ela foi a candidata mais votada de Roraima, tendo recebido 35 mil votos, o que representou quase 15% dos votos válidos para deputado federal no Estado.

Movimento para barrar o empréstimo