Acredite se quiser: presidente Michel Temer promete retomar em um mês a obra do Linhão de Tucuruí.

Compartilhe nosso conteúdo!
A Coluna de Hoje | Publicada 00h13
lllll
O presidente Temer recebeu a governadora Suely Campos e a maioria dos parlamentares roraimenses no Palácio do Planalto.

A obra do Linhão de Tucuruí, que visa integrar Roraima ao sistema nacional de distribuição de energia elétrica e acabar de vez com a dependência da Venezuela e da energia térmica, escreve mais um capítulo nesse enredo que já se tornou uma verdadeira novela tipo pastelão mexicano. Agora o que está em jogo é a palavra do presidente da República: Michel Temer. Ele fez promessas ousadas à governadora Suely Campos e aos deputados federais da nossa bancada na Câmara Federal, que em 30 o Governo Federal dará prosseguimento a execução do serviço. A afirmação foi feita terça-feira à tarde, 4, no Palácio do Planalto. Tomara que se consume.

A declaração de Temer foi feira na presença de Suely, dos deputados Hiram Gonçalves, Johantan de Jesus, Maria Helena Veronese, Shéridan de Anchieta, Abel Galinha, Remídio Monai e Carlos Andrade e da senadora Ângela Portela. Édio Lopes não compareceu talvez com vergonha porque votou pela manutenção de Dilma no processo do Impeachment. E Temário Mota não deu às caras. Em todo caso o presidente assumiu um compromisso arriscado porque a construção da linha de transmissão entre Manaus e Boa Vista é emblemática, envolve muitos interesses, tem a resistência dos indígenas e não é acolhida pelos ambientalistas radicais. Além do mais, do ponto de vista estrutural, não tem sequer empresa para realizar a obra. A única que ganhara a concorrência desistiu.

Mas Temer se comprometeu em resolver a questão, o que nos levaria realmente ao paraíso e nos traria o sossego de volta. Porque a questão energética em Roraima mais do que uma necessidade para o desenvolvimento estadual, tornou-se um suplício na vida das pessoas pela sua volubilidade, pois não gera confiança diante dos transtornos que se sucedem com frequência com as quedas no fornecimento quase que diariamente.

Em todo caso o presidente foi afetuoso, ouviu todas as reivindicações, anotou as principais informações e ligou para os ministros da Justiça, Alexandre de Morais, e de Minas e Energia, Fernando Bezerra para em seguida assegurar em seguida que o Governo vai agir como ente interessado em resolver o problema. A até pediu que daqui um mês nossos representantes o cobrem dele se nada tiver acontecido. Então, só nos resta aguarda o decorrer dos acontecimentos.

Para Suely, linhão é vital
jjjj
Para a governadora Suely Campos, Roraima não pode mais permanecer isolado do restante do país.

Foi o primeiro encontro da governadora Suely Campos (PP) e da bancada federal com Michel Temer. Conversaram por cerca de uma hora. Suely disse que o povo de Roraima não pode mais viver isolado do Sistema Interligado Nacional (SIN), sendo privado das condições estruturantes imprescindíveis para o desenvolvimento sócio-econômico da região.

Suely Campos acredita que não será preciso fazer nova reunião com o presidente e a bancada. “Ele entendeu que a população de Roraima não pode ficar ilhada com o fornecimento de uma energia precária. Roraima precisa crescer, se transformar em um estado produtor, e sem energia confiável fica difícil. Precisamos ter esse meio para atrair investidores para plantar algodão e soja, por exemplo”, afirmou.

Trata-se de providência imprescindível, visando propiciar energia confiável, farta e barata, em atendimento a demandas prementes da população e abrindo perspectivas de novos investimentos produtivos em Roraima, sendo essencial para integrar Roraima à infraestrutura de energia do Brasil e proporcionar o desenvolvimento sustentável”, disse a governadora.

A importância do Linhão de Tucuruí
É daqui, de Macágua (Puerto Ordaz, venezuela) que vem parte da energia que é consumida pelos roraimenses.
É daqui, de Macágua (Puerto Ordaz) que vem parte da energia que é consumida pelos roraimenses.

A situação energética do Estado caracteriza-se por uma demanda atual de 189,1 megawatts, suprida apenas parcialmente pela geração da usina hidrelétrica Macágua II, localizada na Venezuela, mediante a linha de transmissão de Guri, com 95 megawatts. Para garantir o fornecimento de energia para Boa Vista e parte do interior do Estado, no ano passado a Eletrobrás ampliou o parque térmico que já tinha duas usinas, totalizando a oferta de 189,1 megawatts.

As projeções de demanda futura considerando crescimento anual de 10% apontam déficit já a partir deste ano, sendo inevitável a necessidade de construção de outras usinas térmicas, que são muito caras. O custo de operação das UTE’s é exorbitante, superando R$ 720 milhões ao ano, sendo mais de R$ 500 milhões decorrentes somente da aquisição de diesel.

Outro fator extremamente relevante é o ambiental: uma UTE com capacidade de produzir 100MW de energia requer o plantio de 600 mil árvores para compensar a emissão de gás carbônico, caso funcione tão somente três meses por ano. Em Roraima, as emissões de CO2 mais relevantes provêm dessas termelétricas em operação.

Hoje, Roraima é o único Estado brasileiro não interligado. Na condição de sistema isolado, não é confiável, estando sujeito a interrupções frequentes, situação que se agrava pelas oscilações decorrentes da baixa qualidade da energia fornecida pela linha de transmissão de Guri. [Com informações Secom Roraima].

Roraima não tem 28 anos
~LLL
Boa Vista passou a capital de Estado a partir do dia 1° de janeiro de 1991. Portanto há 25 anos.

Continuo a divergir sobre essa data, 5 de outubro, em que todos laureiam e celebram como sendo o dia da criação do Estado de Roraima.

Primeiro, Roraima já existia como Território Federal na data da promulgação da atual Constituição Federal. Depois não foi criado mas elevado a condição de Estado por uma lei transitória que só passou a viger eficazmente na data de sua aplicação, ou seja, 1º de janeiro de 1991.

A lei, os entendidos do direito sabem de ciência própria, só tem eficácia a partir de sua existência, ou seja, com sua efetiva aplicabilidade e não na sua promulgação.

Para que todos entendam desde a promulgação da lei – 5 de outubro de 88, até sua aplicação, 1º de janeiro de 91 – Roraima continuou Território Federal, governado pelo aventureiro Rubens Villar de Carvalho, trazido pelo então presidente Fernando Collor de Melo.

E como Roraima só passou a funcionar legalmente como Estado com a posse do velho Brigadeiro Ottomar Pinto – o primeiro governador eleito em 99 – e com a instalação dos demais poderes, logo, o aniversário do Estado de Roraima é 1º de janeiro de 91. E não são 28 anos, são 25.

Eleições: para Jucá povo referendou impeachment
lll
Jucá é o presidente nacional do PMDB. Para ele a resposta do povo ao Impeachment de Dilma.

O presidente nacional do PMDB, o senador Romero Jucá, afirmou que as eleições municipais do último domingo foram um “referendo” do processo de impeachment, que resultou no afastamento e cassação da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) no fim de agosto deste ano.

– Se havia algum discurso de golpe, de que tiraram Dilma, de que o PT tinha 54 milhões de votos, esse discurso acabou”, disse Jucá em entrevista ao UOL.

Não houve golpe; houve uma decisão constitucional e um referendo no Brasil dessa decisão. Majoritariamente, os partidos que tiraram Dilma ganharam a eleição de ponta a ponta no país”, acrescentou.

Boa Vista fazendo escola
llll
A prefeita Teresa é abraçada por uma criança no lançamento do programa Família Que Acolhe, em Boa Vista.

O programa Criança Feliz, lançado ontem em Brasília que terá a primeira-dama Marcela Temer no comando, tem afinidades com Boa Vista. Pois foi inspirado em um programa social de sucesso implantado aqui pela prefeita Teres Surita (PMDB), o Família Que Acolhe, que tem o mesmo objetivo, uma sofisticada política pública de proteção à primeira infância – do ventre materno até os 6 anos. E a prefeita Teresa estava lá como convidada especial da Presidência da República.

O Criança Feliz integrará ações coordenadas em várias áreas, como saúde, assistência social, educação, justiça e cultura. Além disso, serão incluídas as visitas domiciliares semanais, com o objetivo é oferecer às famílias mais informação e interação com suas crianças, identificando as oportunidades e os riscos para o desenvolvimento infantil.

O foco do programa serão as crianças de até 3 anos de idade cujas famílias são beneficiárias do Bolsa Família. A meta do Executivo federal é atender mais de 4 milhões de crianças em todo o país até 2018.

Bem votado. E sem mandato
ll
Gabriel foi o terceiro mais votado mas não conseguiu se reeleger para a Câmara de Boa Vista.

O vereador Gabriel Mota (PV) teve a terceira maior votação para a Câmara de Boa Vista – 2.884 votos – mas não conseguiu assegurar seu retorno ao parlamento mirim porque seu Partido e a sua coligação não conseguiram alcançar o quociente eleitoral.

Gabriel teve mais votos do que, por exemplo, o candidato Kalil Coelho, que disputou à Prefeitura, com 2.228, que ficou na sexta posição entre os nove concorrentes. Em 2012, Gabriel teve 1.460 votos e ficou como 2º suplente. Ele assumiu a vaga após o 1° suplente ser nomeado para um cargo no governo.

Infelizmente fui barrado de seguir com o meu mandato. O quociente eleitoral para assegurar uma vaga na Câmara, nesta eleição, era de 7 mil votos. Embora tenha tido uma votação expressiva, meu partido não atingiu o quociente necessário. O outro candidato de outra sigla, o qual formamos a coligação, teve cerca de 500 votos, não sendo suficiente para garantir a vaga”, detalha Gabriel.

Ontem Gabriel escreveu o seguinte em seu perfil no Facebook: “fiz a escolha errada de um Partido comandado por pessoas irresponsáveis e despreparadas, política é coisa séria !!!”.

Um garoto na prefeitura
Pedro Henrique, cara de menino, é abraçado por um eleitor
Pedro Henrique, cara de menino, é abraçado por um eleitor depois de confirmada sua vitória.

A renovação nas prefeituras dos 14 municípios do interior de Roraima revelou uma curiosidade interessante: Alto Alegre será administrado por um jovem de 21 anos, praticamente um garoto, o estudante de direito Pedro Henrique Machado.

Pedro é o prefeito mais jovem da região norte e um dos mais jovens do Brasil, e foi eleito pelo PSD com 4.616 votos, o equivalente a 55,84 % dos votos válidos.

Mas tem sangue político nas veias: é de Henrique Machado atual presidente do TCE e tem o desafio de administrar uma cidade com uma população de mais de 16 mil habitantes, segundo dados do

STF mantém prisão em 2ª instância
ll
Carmem Lúcia deu o voto de minerva: prisões seguem com condenações em segunda instância.

O Supremo Tribunal Federal decidiu, por 6 votos a 5, que condenados em segunda instância podem, sim, ir para a cadeia, sem a necessidade de aguardar o esgotamento dos recursos.

Está mantido, assim, o entendimento da Suprema Corte de fevereiro deste ano, quando o placar foi de 7 a 4 – ontem, porém, Dias Toffoli migrou para o lado derrotado. A presidente do STF, Cármen Lúcia deu o voto de minerva.

A maioria dos ministros da Suprema Corte entendeu que qualquer pessoa pode começar a cumprir uma pena desde que tenha sido condenado por um tribunal de Justiça ou por um tribunal regional federal (TRF), ainda que tenha recursos pendentes no Superior Tribunal de Justiça (STJ) ou no STF.

Invasão venezuelana: Shéridan cobra solução
Com Alexandre Sheridan reltou a gravidade na fronteira com a invasão por venezueanos.
Com Alexandre de Moraes, Shéridan relatou a gravidade na fronteira com a invasão por venezuelanos.

A deputada federal Shéridan (PSDB) foi se encontrar com o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, em busca de providências para o problema da invasão de venezuelanos ao município de Pacaraima, na fronteira.

Shéridan disse ao ministro que o aumento no número de cidadãos venezuelanos comprando no município tem causado um intenso desabastecimento em Pacaraima, que se soma a uma sobrecarga do sistema municipal de saúde, além do aumento no índice da violência em Roraima.

É necessária uma atuação emergencial para minorar a grave crise humanitária causada pela imigração em massa de venezuelanos para Pacaraima”, disse a parlamentar.


CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

 

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts