Adiado no TRE julgamento da ação que pede cassação dos mandatos de Denarium e do vice Frutuoso Lins.

 Adiado no TRE julgamento da ação que pede cassação dos mandatos de Denarium e do vice Frutuoso Lins.

Denarium e Frutuoso estão sendo julgados no TRE por denúncia de compra de votos na eleição de 2018.

Compartilhe este artigo

O julgamento da ação que pede a cassação dos mandatos do governador Antonio Denarium e do vice Frutuoso Lins por crimes de captação e gasto ilícito de recursos financeiros (caixa-2) na eleição de 2018, foi adiado.

O juiz Alexandre Magno – acometido do coronavírus – não participou da sessão desta segunda (6) no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o que levou a corte convocar o juiz Bruno Costa, que se declarou suspeito por motivo de foto íntimo.

E como não havia fórum qualificado a sessão virtual foi adiada para uma data a ser definida.

O julgamento que começou no dia 1º já tem um placar provisório: 1 a 1, com o voto da relatora Graciete Sotto Mayor pela cassação e do juiz Bruno Leal pela improcedência da ação. Mas a sessão foi paralisada porque o juiz Francisco Guimarães pediu vistas do processo.

Na Representação proposta pelos partidos políticos MDB e Democratas contra o governador e vice eleitos em 2018, ANTONIO DENARIUM e FRUTUOSO LINS, acusados de captação ou gasto ilícito de recursos financeiros.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: