Ângela usa palavrões para se defender da acusação de ter recebido propina do grupo JBS: “corja de safados, canalhas, ladrões”, disse a senadora.

Compartilhe nosso conteúdo!
*** A Coluna de Hoje ||| Publicada 00h15 ***
A senadora Ângela Portela foi citada por um dos executivos do Grupo JBS no esquema de propina. Mas ela nega veementemente.

Citada na delação premiada do executivo do grupo JBS, Ricardo Saud, de ter recebido propina de R$ 1 milhão para a campanha de 2014 a senadora Ângela Portel (PDT) usou um dialeto nada convencional para uma professora catedrática e senadora da República, no pronunciamento de defesa.

Ângela gravou um vídeo e o postou em sua página no Facebook onde aparece excessivamente odiosa ao dizer que nunca recebeu propina de empresa nenhuma e não se assemelha aos “canalhas, ladrões, corja de safados”, que vivem a dilapidar o país, feito criminosos contumazes.

Ela justifica – mostrando uma planilha – que todas as doações feitas às suas campanhas foram diretas da conta do PT Nacional para o diretório local, através de transferência bancária eletrônica.

O uso de palavrões no entanto pode não parecer obsceno, mas configura linguagem desprezível, de baixo nível mesmo quando utilizada no rebate a algum tipo de injuria, difamação ou mentira. No caso de Ângela, por ser mulher, mãe e uma professora de alto nível, não combina para os padrões de ética exigíveis nessas condições, sobretudo por ser uma figura política tão proeminente.

Óbvio que quando ofendida em sua honra, principalmente com mentiras – como ela afirma categoricamente – não há quem se resigne a aceitar inerte sem promover uma defesa. Mas não precisava tagarelar excessivamente o patoá coloquial como fez Ângela. A defesa puramente técnica, com algum avigoro político, certamente ganharia mais a simpatia de quem se deteve a ver seu vídeo.

OAB quer Impeachment de Temer
Contra o presidente Michel Temer já existem dez pedidos de Impeachment tramitando.

O Conselho Pleno da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) aprovou no início da madrugada de ontem a proposição ao Congresso Nacional de abertura de processo de impeachment contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB), por crime de responsabilidade em razão das acusações contra o peemedebista que vieram à tona com as delações de executivos do grupo JBS.

A medida foi aprovada por 25 votos a favor e um contra – houve uma ausência entre os conselheiros, que representam cada um dos estados da federação.

O pedido deve ser protocolado na Câmara dos Deputados nos próximos dias e será o nono desse tipo contra Temer – outros oito pedidos foram apresentados por partidos de oposição ao governo.

Lista da JBS tem 16 governadores
Joesley confessou ter bancado as campanhas de 16 dos 27 governadores eleitos na campanha de 2014.

Um dos documentos da delação dos executivos da JBS mostra que o grupo empresarial contribuiu para a eleição de 16 dos 27 governadores empossados em 2015. Em termos proporcionais, foram 60% dos vitoriosos nas eleições de 2014.

A lista dos governantes que o JBS considera seus aliados aparece em uma nota manuscrita entregue pelo executivo Ricardo Saud. No mesmo pacote de documentos há uma relação de candidatos financiados em 2014, com os respectivos valores recebidos.

O cruzamento das duas listas mostra que, dos governadores eleitos, o PSDB lidera o ranking de valores recebidos, com R$ 15 milhões. A seguir vêm PT (R$ 13,3 milhões), PSD (R$ 11,3 milhões) e PMDB (6,6 milhões). A eleição dos 16 governadores custou R$ 47,3 milhões à JBS.

Fora do prumo, sem noção…
Ângelo está preso sob a acusação de participar do esquema criminoso bancado por Joesley Batista. 

Padrinho de casamento do procurador Ângelo Goulart Vilella – que já foi chefe do Ministério Público Federal em Roraima – o deputado federal Hiran Gonçalves (PP) perdeu a chance de ficar calado.

Hiran gravou mensagem de solidariedade ao amigo Ângelo – que está preso sob acusação de participar dos esquemas criminosos de Joesley Batista, do Grupo JBS – atestando ser tão forte a vinculação entre ambos, que está disposto a montar uma banca de advogados – os melhores –  para patrocinar a defesa do amigo.

O que se tem de acusação contra Ângelo é grave demais para um fiscal da lei. Ele recebia mesada de R$ 50 mil mensais para abastecer o criminoso Joesely de informações privilegiadas sobre investigações no âmbito da Procuradoria Geral da República.

Hiran tem que saber separar o ‘joio do trigo’ mesmo quando há a necessidade de solidarizar-se a um amigo molestado. O melhor no entanto seria fazer a ação beneficente no silêncio. Ademais, como deputado, agir com prudência seria mais apropriado para sua reputação.

LDO abre prazos
Os deputados terão prazo para propor emendas ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentária de 2018. 

O projeto de Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) para o exercício de 2018 já está tramitando na Comissão de Orçamento Fiscalização Financeira, Tributação e Controle, da Assembleia Legislativa, que abrirá na próxima semana prazo de dez dias para que os parlamentares e os poderes apresentem as emendas que entenderem pertinentes à propositura.

O projeto chegou a Casa no limite do prazo estabelecido pela legislação e a mensagem governamental do Executivo Estadual entrou na ordem do dia e foi lida na sessão ordinária de terça-feira, 16.

A Comissão de Orçamento tem um prazo de 45 dias para dar o parecer e devolver o projeto para que seja apreciado e votado no plenário e, posteriormente, ser encaminhado ao Poder Executivo.

De acordo com as constituições Federal, Estadual e o Regimento Interno da Casa, enquanto não for aprovado o projeto da LDO, o Legislativo não poderá suspender as sessões ordinárias.

PM mais próximo do cidadão
A Polícia Comunitária implantou no conjunto Pérola do Rio Branco o programa “Vizinhança Solidária”.

A Escola Municipal Laucides Inácio de Oliveira, no Conjunto Habitacional Pérola do Rio Branco, bairro Airton Rocha, foi a escolhida para o lançamento do Projeto Vizinhança Solidária e Segura, da Policia Militar de Roraima, que será desenvolvido em parceria com a Associação Amigos do Pérola.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Dagoberto Gonçalves, disse no evento que que a filosofia da Polícia Comunitária é trabalhar a prevenção, evitar a ocorrência de crimes e ficar mais próxima do cidadão.

“O Projeto Vizinhança Solidária e Segura visa a integrar as mães, as famílias que ficam em casa nessa parceria com a PM e fazer uma rede de informações e de vigilância. Câmeras vivas que avisam à polícia, por meio das redes sociais, grupos de WhatsApp, por telefone, enfim, de todos os modos, o que está acontecendo no bairro”, disse o comandante.

Boa Vista terá estação de lavicidas
Militares do Exército continuam a operação de combate ao mosquito Aedes aegypti nos bairros de Boa Vista. 

Boa Vista ganha hoje uma estação disseminadora de larvicida, sendo a primeira capital do país a contar com o projeto. A instalação se dará às 14h, no auditório do Pronat, na Universidade Federal de Roraima – UFRR.

A ação é uma iniciativa da Prefeitura de Boa Vista com a FIOCRUZ – AM, e representa uma nova estratégia de combate ao Aedes aegypti no país. O projeto é desenvolvido pela Fundação Osvaldo Cruz – Amazonas e tem apoio do Ministério da Saúde – MS e Organização Pan Americana de Saúde – OPAS.

Boa Vista será a primeira capital do país a implantar esta estratégia de combate ao vetor. Como as fêmeas do Aedes e outros mosquitos visitam muitos criadouros para colocar uns poucos ovos em cada um, elas serão usadas para disseminar o inseticida para esses criadouros, que se tornarão armadilhas letais para os mosquitos imaturos.

Mais protestos contra Maduro
Nas ruas de Caracas houve enfrentamentos envolvendo moradores e policiais em mais um protesto contra Nicolás Maduro.

Mais de 200 mil venezuelanos saíram às para pedir a renúncia do presidente Nicolás Maduro. Os principais atos ocorreram no Estado de Táchira, na fronteira com a Colômbia, e em Caracas, onde 46 pessoas ficaram feridas, entre elas um jovem que seria um ladrão, incendiado por manifestantes.

Na capital venezuelana, a polícia usou gás lacrimogêneo para dispersar a multidão, que caminhava na direção do Ministério do Interior, no centro da cidade. “Havia, com certeza, 160 mil pessoas, e até mais”, disse à AFP, Edinson Ferrer, dirigente da coalizão Mesa da Unidade Democrática (MUD).

Uma multidão exibia cartazes com frases como “#Chega de ditadura!”, “Eleições Já”, em meio a barricadas armadas com troncos e pedras e um gigantesco tanque de metal, uma proteção das ações da polícia.

Título legal em Campos Novos
Os títulos definitivos de propriedade de terras estão sendo entregues no interior.

Em continuidade às ações do programa Título Legal, o Iteraima enviará equipes de técnicos para as regiões de Campos Novos, em Iracema, e Apiáu, no município de Mucajaí. As equipes estarão de hoje a 26 deste mês na Casa do Produtor Rural, tanto em Campos Novos quanto em Apiaú, para cadastrar produtores.

O presidente do Iteraima, Alysson Macedo, explicou que o envio das equipes para a região tem o objetivo de dar mais comodidade aos produtores e celeridade aos processos de regularização.

“O Iteraima não possui unidades no interior, por isso estamos com o apoio da Seapa para que possamos chegar a todos os municípios. Dessa forma, o posseiro não precisa vir à capital para solicitar a regularização, as equipes irão até a região, para dar mais celeridade e o maior alcance possível à ação”, disse.

Ele explicou também que o processo de regularização inicia a partir do requerimento do posseiro. Somente após a solicitação, as equipes poderão realizar os trabalhos técnicos necessários à regularização.

MESMO SACO

Joesley Batista superou a extensão da corrupção confessada por Marcelo Odebrecht. Mas, ao contrário do dono da JBS, Marcelo continua preso. E Joesley foi passear nos Estados Unidos.


CONTATOS DO AUTOR | www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.
Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts