Bolsonaro defende pecuária em terra indígena de Roraima para baixar o preço da carne.

Compartilhe nosso conteúdo!

A Coluna de Hoje | Publicada 00:05

Bolsonaro falou do projeto na presença de índios de Roraima. Foto | PR

O presidente Jair Bolsonaro defendeu ontem (19) a criação de gado em terra indígena como forma de baixar o preço da carne. Ele fez a afirmação ao dizer que pretende enviar ao Congresso Nacional uma proposta para permitir a mineração e a pecuária nessas terras, norma que ele chamou de “Lei Áurea para o índio”.

Bolsonaro falou com jornalistas observado por indígenas de Roraima, defensores da exploração comercial nos territórios dos índios amazônicos e que vieram a Brasília para apresentar a ele propostas nesse sentido.

“Quero dar independência para eles. Se ela [indígena] quer pegar sua terra, arrendar para alguém plantar soja ou plantar milho lá, faça isso respeitando a legislação nossa”, afirmou. “O índio vai poder fazer tudo na sua terra que o fazendeiro faz na dele. E ponto final.”

O presidente explicou, então, que já conversou com o ministro Bento Albuquerque, das Minas e Energia, a esse respeito. E que pretende enviar ao Congresso um texto que contemple tanto a agricultura quanto a mineração nessas terras. “Vai ser tudo num projeto só, a ideia é essa”, disse. “Não teve a Lei Áurea? Vamos inventar um nome aí, a Lei Áurea par o índio”.

Ao lembrar que as áreas indígenas no Brasil são maiores do que a Região Sudeste, Bolsonaro voltou a questionar o interesse estrangeiro nessas reservas. “Grandes reservas Yanomami têm duas vezes o tamanho do Rio de Janeiro; Raposa Serra do Sol, entre outras, se tornaram independentes em nome da proteção deles [os índios], mas a ideia não é protegê-los, e sim pegar o que eles têm de bom. Vocês acham que os estrangeiros estão preocupados com o futuro deles? Não estão”, argumentou Bolsonaro. Fonte | Agência Brasil.

Marcolino (direita) encontrou Bolsonaro na saída do Alvorada.

“Queremos liberdade”, diz Marcolino | Como forma de demonstrar apoio de alguns índios a seu governo, Bolsonaro apresentou, aos jornalistas, dois integrantes da Sociedade de Defesa dos Índios Unidos do Norte de Roraima (Sodiurr), que estavam entre os apoiadores de Bolsonaro na porta do Alvorada, o cacique Jonas Marcolino e a índia Irisnaide de Souza Silva.

“Queremos a liberdade econômica e a liberdade em todos aspectos. Queremos desfrutar os direitos humanos. Queremos boa educação, boa produção e dignidade”, disse Marcolino.

– Índio quando não tem independência fica mendigando e sempre dependendo de algo”, acrescentou Irisnaide.

PF recolhe material para análise na Secretraria de Saúde. Foto | PF

Mais uma operação da PF | Pelo visto a Polícia Federal resolveu sentar praça em Boa Vista. Mais uma operação contra roubo do dinheiro público foi realizada ontem, uma rotina nas últimas semanas.

Na ação, batizada de “Godfather”, que faz alusão a um dos personagens do filme O Poderoso Chefão, a Polícia desmontou uma operação criminosa responsável por fraudar licitação na Secretaria Estadual de Saúde e desviar recursos do fornecimento de comida para os hospitais.

A 4ª Vara Federal de Roraima expediu sete mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão para cumprimento após pedido do próprio órgão policial e manifestação favorável do Ministério Público Federal.

Foram presos os donos, sócios e intermediários da empresa Andolini Comércio e Serviços, suspeita de fraudar os processos de compra da alimentação e cometer extorsão, corrupção ativa, passiva e lavagem de dinheiro.

Secretaria de Saúde: foco das investigações da Polícia Federal.

Empresa no radar da PF | Essa empresa Andolini já estava no radar da Polícia Federal, poque era suspeitas de cometer esse tipo de delito desde o Governo de Suely Campos, pelos mesmos motivo. Mesmo assim o contrato ainda está em vigor no governo de Antonio Denarium.

Os nomes dos envolvidos presos não foram liberados oficialmente para publicação, porque o inquérito corre em segredo de justiça.

Mas a lista vazou para a imprensa, junto com a cópia do despacho da Justiça Federal. Foram presos o jornalista Rui Figueiredo, os sócios da empresa Andolini, Márcio Luiz de Mattos Muller, Arlindo Antônio Muller, além de Bruno Thiado Oliveira Cruz Pinto, Danilo José de Melo, Pablo de Souza Barros e João ALberto de Souza Freitas.

E foram expeditos mandados de busca e apreensão contra Regina Edna Ramos Geraldo, Alessandro Silva Magalhães, Aldenor Dantas Sales, além da empresa Andolini e da sede da Secretaria de Saúde.

Interessante é que havia um pedido de busca e apreensão contra o ex-secretário de Saúde, Paulo Bastos Linhares (Paulinho Linhares). Mas foi negado.

Agentes protestam na Cidade da Polícia contra o reajuste.

O levante dos agentes | O governador Antonio Denarium problemas com os agentes da Polícia Civil, indignados pelo aumento aprovado de 47% concedido aos delegados.

Ontem, em reunião da categoria, ficou decidido que se o Denarium não vetar o reajuste, haverá greve geral na polícia.

Eles reivindicam a criação de um novo projeto para dar equidade aos outros nove cargos dentro da corporação.

Se sancionada pelo governador, a progressão colocará Roraima com o segundo maior salário-base do país apenas para os delegados da classe especial.

Denarium tem 15 dias para sancionar ou vetar a proposta. E pelo que se viu ontem, na reunião dos agentes, a pressão pelo veto será sistemática.

Carluxo e Léo Índios: apenas bons amigos. Foto |Revista Veja

A boa vida de Léo Índio | Assessor do senador Chico Rodrigues (DEM), Leonardo Rodrigues de Jesus, conhecido pela alcunha de Léo Índio, amigo de Carlos Bolsonaro, faz o que quer no gabinete.

Desde a reclusão de Carluxo, o primo também adotou a discrição, mas isso não significa que ele tenha perdido suas regalias.

Índio foi liberado de assinar o ponto eletrônico e vive grudado com o líder do Governo na Casa, o senador Eduardo Gomes (MDB-TO).

Às sextas – com sorte, na noite do dia anterior – ele vai para o Rio de Janeiro e só volta na segunda – às vezes de manhã, às vezes de tarde.

E circula por onde quer também. Ora está na CPMI da Fake News, no Senado, ora está acompanhando lá na Câmara audiência com ministros do governo, caso de Abraham Weintraub há duas semanas.

A Caros Pereira de Melo com asfalto novinho. Foto | Secom/PMBV

Mais um trecho liberado | A avenida Carlos Pereira de Melo, que passa por revitalização, teve mais um trecho liberado, com asfalto completamente novo.

A interdição, entre a rua Deco Fonteles e a rotatória da Avenida João Alencar, no Caranã, recebeu novo asfalto, iluminação em Led e sinalização de trânsito.

A rotatória que antes existia no cruzamento da avenida Carlos Pereira de Melo e rua Jorge Fraxe foi substituída por semáforo. No cruzamento com a rua Severino Caetano da Silva também foi instalado um novo semáforo para dar mais fluidez ao tráfego. A iluminação que antes era central, foi implantada na lateral da via.

A avenida Carlos Pereira de Melo tem 2 quilômetros e 400 metros e toda extensão da via receberá as melhorias. As obras estão sendo feitas por partes, sendo que duas etapas já foram concluídas de um total de cinco.

Lewandowsk suspendeu a lei que proibia serviços.

STF derruba lei de Roraima | Uma lei editada em Roraima que proibia a oferta e a comercialização de serviços de valor acionado e digitais, oferecidos por empresas de telefonia foi derrubada no Supremo Tribunal Federal.

O ministro Ricardo Lewandowsk deferiu liminar para suspender cautelarmente a eficácia da Lei 1.340/2019. A Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) foi apresentado no STF pela Associação das Operadoras de Celulares (Acel) e pela Associação Brasileira de Concessionárias de Serviço Telefônico Fixo Comutado (Abrafix).

Para o relator, há plausibilidade jurídica do pedido, diante da constatação de que a edição da norma estadual, à primeira vista, viola o texto constitucional e a jurisprudência firmada pelo STF sobre a matéria.

A Ceasa de Boa Vista vai funcionar na estrada do passarão.

Boa Vista ganha Ceasa | A Prefeitura de Boa Vista inaugura hoje sua primeira central de abastecimento, Ceasa.

A obra será entregue pela prefeita Teresa Surita e está localizada no km 2,2, da estrada do passarão, na zona rural da capital.

O local funcionará também como abata de suínos, caprinos e ovinos, beneficiando diretamente os criadores de Boa Vista, agregando valores à agropecuária familiar. A inauguração ocorrerá às 10h30. 

Palácio 9 de Julho novinho | A prefeita Teresa Surita entrega nesta sexta-feira, 20, a reforma e ampliação das dependências do Palácio 9 de Julho, sede da Prefeitura de Boa Vista. O prédio passou por mudanças e ampliação para garantir melhores condições de trabalho aos servidores e atendimento à população. A solenidade será às 16 horas, na rua General Penha Brasil, 1011 – São Francisco

Contatos do autor

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts