Codesaima não paga salário em dia mas contrata empresa de Manaus por R$ 5 milhões para cuidar de vicinais.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h12

A Codesaima não produz riqueza nenhuma para o Estado. Mas é grande geradora de despesas.

A Companhia de Desenvolvimento de Roraima (Codesaima) vive entre os extremos. Falida, não paga salários em dia e sem qualquer ação germinativa – ou seja, não gera renda nem para se prover – e servindo de cabide de empregos para os aliados de Suely Campos, eis que protagoniza, por outro lado, atitudes duvidosas e absolutamente inacreditáveis.

A estatal acaba de cntratar uma empresa de Manaus, a Cepa Construções e Poços ltda, CNPJ: 05.522.228/0001-65, por vultosa quantia de R$ 5 milhões com o objetivo de recuperar vicinais nos municípios de São João da Baliza, São Luiz do Anauá e Rorainópolis, no sul de Roraima, conforme contato estampado no Diário Oficial do Estado, nº 3257.

O contrato anunciado, oriundo do Processo n° 056/2018, prevê a contratação de empresa especializada para fornecimento de patrulha mecanizada, incluindo mão de obra, combustível, manutenção preventiva e corretiva e demais demandas necessárias para promover uma melhor trafegabilidade de vicinais municipais no período de inverno (mas no inverno?).

A Cepa, que está situada no endereço de Manaus, na avenida Desembargador João Machado, 488 – s-1, no bairro Planalto, abocanhou os três lotes das obras, distribuídos da seguinte forma: Lote I=1.323.201,60, Lote II=1.323.201,60 e Lote III=2.716.935,60, totalizando R$ 5.363.338,80. A homologação do processo, feita pela atual presidente da Codesaima, Jucilene Araújo Vieira.

Migração: Teresa teme o caos

Teresa está preocupada porque mais venezuelanos continuam chegando a Boa Vista todos os dias.

A retirada de 164 venezuelanos de abrigos instalados em Boa Vista – o grupo viajou ontem para cidades da Paraíba, Pernambuco e Rio de Janeiro – não resolve o problema da migração.

Ontem a prefeita Teresa Surita (MDB) opinou sobre o processo de interiorização dos imigrantes, ressalvando que se o Governo Federal para retirar pelo menos 500 por mês – a proposta foi feita na última visita de Temer ao Estado – o caso será inevitável nos próximos meses.

Segundo Teresa é preciso que haja planejamento na transferência dos venezuelanos, cumprindo cronograma de viagens, com datas marcadas e destinos definidos.

“Se não for do jeito que propus o presidente, logo nossas ruas estarão tomadas por venezuelanos que não param de chegar. Isso fará com Boa Vista entre no caos nos próximos 6 meses”, advertiu a prefeita.

Mais 164 foram embora

Um grupo de 164 venezuelanos embarcaram em avião da FAB rumo ao nordeste e Rio de Janeiro.

Um voo da FAB transportou, ontem (3), um grupo de 164 venezuelanos que estavam em Boa Vista para os estados de Pernambuco, da Paraíba e do Rio de Janeiro. Destes, 69 seguiram para o município de Igarassu (PE), 44 para Conde (PB) e 50 para o Rio.

De acordo com a Casa Civil do governo federal, esta será a primeira vez que essas três cidades recebem venezuelanos. Os abrigos de Igarassu e do Rio de Janeiro são administrados pela ONG Aldeias Infantis SOS. O de Conde, localizado no distrito de Jacumã, é de responsabilidade do Serviço Pastoral do Migrante.

Nas etapas anteriores, 527 venezuelanos foram levados para as cidades de São Paulo, Cuiabá e Manaus, durante os meses de abril e maio.

O governo federal está investindo R$ 190 milhões, em créditos do Ministério da Defesa, em ações de abrigo, saúde e educação dos imigrantes venezuelanos.

De acordo com as últimas estatísticas oficiais, há 48.646 venezuelanos, imigrantes ou refugiados, vivendo no Brasil. Fonte | Agência Brasil

Enfim, uma folga para os deputados

Os deputados aprovaram a LDO e entraram em recesso. Trabalho agora só em agosto.

Os deputados estaduais aprovaram na tarde de ontem (3), por unanimidade, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), estabelecendo as metas e prioridades para o exercício financeiro de 2019.

Foram votados 11 vetos ao texto original, dos quais 10 foram aprovados. Com a votação e análise de outros projetos votados na Casa, os deputados entraram em recesso legislativo.

Três emendas importantes para a funcionalidade da lei. Uma delas suprimiu um trecho do projeto de lei que determinava a devolução para o tesouro estadual de eventuais recursos dos Poderes após o fim do exercício.

Outra diz respeito às emendas parlamentares impositivas, pois os valores destinados por este meio acabavam incorporados ao duodécimo para o ano seguinte, dando direito ao mesmo valor todos os anos. Uma das emendas simplifica ainda informações sobre o crédito suplementar, cujo limite foi fixado em 20% para que o Executivo possa fazer remanejamento orçamentário sem necessidade de apreciação pelo Poder Legislativo.

Deformidade cognitiva 

Suely disse, em entrevista na rádio Tropical, que seu governo fez mais que os outros.

A governadora Suely Campos sofre de deformidade cognitiva, uma distração de comunicação quando a pessoa reafirma algo que não existe como se de fato tivesse acontecido.

Ontem ele disse em um programa de rádio – ela foi entrevista ao vivo pelo jornalista Luiz Valério no ‘Direto ao Ponto’, na Tropical FM – que seu governo – pasmem – realizou nos últimos 3 anos e meio, mais que todos as outras gestões anteriores juntas.

Essa distorção informativa tem sido a arma da comunicação de Suely para modificar a real situação de seu governo, que se encontra em desgraça.

O descontrole é total 

A Sefaz deu uma desculpa inaceitável para atrasar o pagamento de salários da educação.

O descontrole financeiro do Estado evidenciou-se ontem com o anúncio e que o salário dos servidores da Secretaria de Educação só será creditado após o dia 10.

Algo insonhável pois isso jamais aconteceu em gestões anteriores, porque o dinheiro para custear a educação estadual está garantido constitucionalmente. E os servidores sempre receberam o vencimento no 1º dia útil do mês.

A desculpa do Governo de Suely veio através de nota da Sefaz alegando um ajuste feito no fluxo de caixa, em razão do pagamento do décimo terceiro salário do quadro geral de servidores.

Isso é pura balela. Não tem problema nenhum com fluxo de caixa. O que existe na verdade é que o caixa esvaziou e a situação de agora em diante só tende a piorar.

Mais bloqueios nas contas do Governo

O governo sofrerá novos bloqueios em conta para ter que honrar compromissos financeiros.

Mais bloqueios de contas do governo devem ser anunciados nos próximos dias.

O Estado está devendo para muitas empresas e nem mesmo o repasse do duodécimo dos poderes constituídos que deveria ter sido feito no dia 20 de junho foi feito.

O que não dá para entender é como Suely Campos tem a coragem de fazer propaganda institucional mostrando um Estado que só existe dentro do Senador Hélio Campos.

Mudança no itinerário | Com o objetivo de otimizar o transporte público de Boa Vista e atender mais passageiros, a Prefeitura de Boa Vista vai reformular parte das linhas de ônibus já existentes e vai implantar pela primeira vez na capital as linhas circulares. As mudanças começam a valer a partir do próximo dia 15 de julho. Serão implantadas duas linhas circulares que vão atender 34 bairros de Boa Vista. As antigas linhas 310 – Ataíde Teive/ Centro, e 402 – Centenário/ Centro serão absorvidas pelas circulares 501- Paraviana 1/ Conjunto Cidadão 2, e 502 – Paraviana 2/ Conjunto Cidadão 1, respectivamente. Os ônibus dessas linhas sairão do Paraviana, farão itinerários diferentes até se encontrarem no Conjunto Cidadão e retornarem ao Paraviana. Quatorze ônibus atenderão as duas linhas circulares. As linhas circulares devem reduzir o tempo de trajeto em até 20 minutos dos bairros mais afastados até o Centro. Nas demais rotas modificadas, os passageiros não precisarão mais pegar dois ônibus para chegar ao destino. Além das duas novas linhas circulares, outras rotas foram reformuladas, acrescentando mais ruas ao itinerário já existente ou criando destinos específicos, como é o caso do Conjunto Pérola, que terá uma linha de ônibus com destino ao Pintolândia (direto) e outra com destino ao Centro. Antes, era preciso sair do Pérola, ir até o Centro, pegar outro ônibus para chegar ao Pintolândia.

Melhorias no transporte público

A Prefeitura de Boa Vista está agindo para melhorar o transporte público na capital.

A mudança das linhas com a implantação das circulares é parte do plano de melhoria viária de Boa Vista e foi planejada com base em estudos prévios de impacto no transporte público e população.

Para alterar as linhas de ônibus do transporte público coletivo, a Emhur levou em consideração aspectos como confiabilidade, tempo de deslocamento, acessibilidade, conforto e conveniência para os passageiros.

“Por outro lado, o conforto e a segurança dos usuários dependem de equipamentos públicos modernos e adequados às nossas demandas, assim, a prefeitura já instalou 529 novos abrigos simples e 50 climatizados de um total de 675 previstos para serem entregues”, ressaltou Angélica.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta