Coronavírus coloca presidente, ministros, senadores e deputados em isolamento, em Brasília.

Compartilhe nosso conteúdo!

Prevenção é a palavra do dia na cúpula do poder em Brasília. Presidentes, ministros, embaixadores, senadores e deputados estão na capital federal em observação, enquanto aguardam o resultado dos exames para Coronavírus.

Com a confirmação do contágio pelo Covid-19 do secretário especial da Secretaria de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, todas as 20 autoridades que viajaram na comitiva presidencial para os Estados Unidos e estiveram no mesmo avião que Wajngarten foram orientadas a não saírem do Distrito Federal e a evitar contato com outras pessoas.

O próprio presidente Bolsonaro tem adotado precauções a respeito do Conronavírus. Nesta quinta-feira, o presidente suspendeu uma viagem ao Rio Grande do Norte e passou o dia no Alvorada, onde recomendou a aliados que não fossem visita-lo.

Bolsonaro e a primeira-dama Michelle foram submetidos a testes de coronavírus. Os resultados não foram divulgados. O Planalto emitiu nota sobre os cuidados do presidente. “O Serviço Médico da Presidência da República adotou e está adotando todas as medidas preventivas necessárias para preservar a saúde do Presidente da República”.

Além da comitiva, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ),que esteve recentemente na Europa, também está evitando compromissos públicos. Maia não foi para o Congresso nem retornou para o Rio de Janeiro nesta quinta-feira (12), ele se manteve na residência oficial em Brasília. Na sexta (13), Maia também não tem compromissos na agenda oficial. As precauções de Maia devem durar até a próxima segunda-feira (16). Apesar do isolamento, segundo a assessoria, o presidente da Câmara está bem e não apresenta sintomas de infecção pelo vírus.

O risco de alastramento da doença também se faz sentir no dia a dia do Congresso. Parlamentares estão proibidos de viajar a sérvio para o exterior, servidores que viajaram para fora do país ficarão em quarentena, eventos foram cancelados e a circulação de visitas também está vedada a partir de hoje.

As medidas foram adotadas pelos presidentes Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre. O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), impôs uma série de restrições, inclusive para a realização de missas e manifestações.

A apreensão deixou o Congresso com movimentação menor que a habitual nesta quinta-feira (12). Na quarta, diversos parlamentares já evitavam contato físico e adiantavam preocupações com a saúde de quem circula pelo Congresso.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts