GOVERNADORES: Denarium assina carta pedindo que dívida com a União seja adiada por 1 ano.

Compartilhe nosso conteúdo!

O governador de Roraima, Antonio Denarium, se juntou aos demais governadores de todos os estados brasileiros mais o Distrito Federal, e assinou uma carta em que pedem ao governo federal o adiamento do pagamento dos juros e de parcelas do principal de suas dívidas com a União e com bancos públicos. Isso causaria um rombo de R$ 36 bilhões para o governo federal.

A carência deveria ser estendida também aos municípios, de acordo com a proposta dos governadores. Eles argumentam que é preciso mitigar os efeitos da pandemia da covid-19.

Os chefes dos Executivos estaduais querem também antecipação de receitas, como a do Fundeb (Fundo da Educação Básica), para pagar professores.

Os governadores pedem também que sejam abertas linhas de crédito do BNDES para obras, o que poderia impulsionar a demanda e a arrecadação de tributos.

Eles querem também o aumento dos repasses para a saúde, o que já deverá ser contemplado com os R$ 5 bilhões extras para a área anunciados pelo governo.

Outra reivindicação é que o governo federal interceda junto aos organismos internacionais, como o Banco Mundial, para que as dívidas dos Estados com a União também ganhem carência de 1 ano.

Os governadores teriam uma reunião na próxima 3ª feira (24.mar), mas foi cancelada. Todas as discussões entre eles são feitas agora por WhatsApp.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts