Denarium deve seguir enrabichado a Bolsonaro em novo partido político, o Aliança pelo Brasil (38).

A Coluna de Hoje | Publicada 00:05

Denarium com Bolsonaro na convenção do Partido. Foto | facebook

Antonio Denarium – sem o acento circunflexo no ô – deve largar o PSL, partido pelo qual se elegeu governador de Roraima no ano passado. Deve seguir enrabichado a família Bolsonaro no novo Partido, o Aliança pelo Brasil, que realizou ontem sua primeira convenção em Brasília.

A questão não é de ideologia pelo Estado, mas o emprego puramente fisiologista, pois junto de Bolsonaro, Denarium além do glamour que se pretende para essas atitudes, acha que ajuntado ao presidente as coisas por aqui podem melhorar.

Mas não é isso que tem acontecido. Apesar de tantas promessas e declarações de amor a Roraima, Bolsonaro não cumpriu absolutamente nada do que se comprometeu a fazer pelo Estado, antes, durante e depois da campanha.

Denarium, obvio, está tentando afiançar-se do que ele acha mais seguro, tendo o presidente da República como aliado, embora esteja trocando o certo pelo duvidoso.

O novo partido só passará a existir depois de cumprir todos os procedimentos legais na Justiça Eleitoral, para depois tentar o registro. É quase certo que não participará das eleições municipais do ano que vem.

O mandato de Denarium na presidência do Partido Social Liberal (PSL) em Roraima vai até 31 de dezembro deste ano. Embora tenha participado da convenção de ontem, Denarium não declarou se vai se filiar a nova sigla.

Mas Denarium postou um vídeo em sua página oficial no Facebook fazendo apologia ao novo partido e afirmando que ele é primeiro governador a seguir o presidente Jair Bolsonaro. “Uma aliança entre Roraima e o Governo Federal continua firme e forte”, escreveu.

Teresa empossou procuradores e mais servidores. Foto | Secom/PMBV

Teresa dá posse a procuradores | A prefeita Teresa Surita empossou ontem dois novos procuradores municipais e 21 cuidadores escolares, todos aprovados em concursos públicos.

Para a prefeita, este é um dos reflexos do avanço de sua gestão, pois são novos servidores municipais que vão contribuir com a população, além de aumentar os postos de trabalho em dias em que o país enfrenta grande crise financeira.   

“São pessoas jovens, que estudaram, que vão formar uma carreira, serão capacitados e terá investimentos encima deles para melhor atender a população. Em janeiro do próximo ano vamos ter mais concursos. Pretendemos entregar no final do ano que vem, uma estrutura extremamente enxuta e necessária, com servidores estatutários, garantindo um bom atendimento às pessoas”, declarou Teresa.  

O concurso da Procuradoria Geral do Município ofertou quatro vagas. Todos foram convocados e dois iniciaram a carreira desde ontem.

70% dos servidores da Prefeitura de Boa Vista são concursados.

11 concursos desde 2013 | Hoje, 70% do funcionalismo público da Prefeitura de Boa Vista é composto por efetivos. De 10 mil servidores, apenas 1.462 são comissionados.

Isso graças aos 9 concursos já promovidos e concluídos, o que tem gerado um saldo de 5.134 servidores empossados. Lembrando que, recentemente, a prefeitura abriu 520 vagas em dois concursos nas áreas deSegurança, Saúde, Educação e Administração.

Ou seja, há seis anos, a gestão municipal lançou 11 concursos públicos, que somados com os seletivos, gerou mais de 15 mil vagas de empregos em Boa Vista nos últimos sete anos. 

“Foram muitos concursos e realmente a prefeitura bateu seu recorde na questão da regularização de seus servidores. Cada vez que chamamos uma turma, damos a condição para que o serviço prestado seja melhor para a população”, disse a prefeita.

Régys conseguiu formar chapa única tendo ele como candidato.

Vão ter que engolir o Régys | O governador Antonio Denarium bem que tentou apear Régys Odlare Lima de Freitas da Reitoria da Universidade Estadual de Roraima (UERR), com intervenção e tudo. Perdeu…

Mas Régys, tinhoso, não só conseguiu fincar-se no cargo como deu um nó na nova eleição que escolherá reitor e vice-reitor, no próximo dia 29.

Ele e o vice Claudio Travassos Delicato vão ser praticamente aclamados, pois não há chapas concorrentes.

Batizada de “Juntos pela Autonomia”, a capa será escolhida por professores, técnicos e alunos.

Roraima terá duas escolas no programa Cívico-Militar.

Duas escolas cívico-militar | O Ministério da Educação anunciou ontem (21) a localização das 54 escolas públicas selecionadas para o Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares em 2020.

Destas, 38 são escolas estaduais e 16 municipais, localizadas em 23 estados e no Distrito Federal.

Duas unidades de ensino são de Roraima, sendo uma em Caracaraí e outra em Boa Vista. Os nomes das escolas não foram informados. Cada escola receberá R$ 1 milhão do governo, para sua manutenção.

De acordo com a pasta, cerca de 1.000 militares, tanto da reserva como da ativa, vão participar do projeto-piloto, atuando na gestão educacional das instituições. 

Mecias apresentou várias emendas à MP 901/2019.

Emendas à MP das Terras | o senador Mecias de Jesus (Republicanos) apresentou emendas à MP 901 (a MP das Terras), que, segundo ele, além de aperfeiçoar o texto original, ajudariam o estado a superar alguns gargalos que impedem o seu desenvolvimento.

Mecias é o relator-revisor da proposta que facilita a transferências de terras da União para os estados de Roraima e Amapá. A MP elimina as exigências para a comprovação de propriedade dessas terras, abrindo a possibilidade para facilitar a regularização fundiária.

Entre emendas está a que prevê a redução da largura da faixa de fronteira de 150 quilômetros para apenas 10 quilômetros. De acordo com o senador 68% do estado está dentro da atual faixa de fronteira.

Outra emenda foi apresentada para resolver o zoneamento ecológico-econômico do estado. E uma outra defende a anistia de multas aplicadas pelo Ibama aos produtores de propriedades com até 1,5 mil hectares.

Parte inferior da orla passará por análise estrutural.

Orla interditada | A Prefeitura de Boa Vista informou que a plataforma inferior da Orla Taumanan foi interditada desde ontem (21).

A medida, imposta pela Defesa Civil do Município e pela pela Secretaria Municipal de Obras, é para análise e a avaliação de medidas preventivas e corretivas necessárias para manutenção da estrutura.

A prefeitura informa está tomando todas as providências para garantir a segurança da população e dos permissionários que atuam no local.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: