Deputada paulista diz que Telmário é “bajulador de ditador” e “agressor de mulheres”.

 Deputada paulista diz que Telmário é “bajulador de ditador” e “agressor de mulheres”.
Compartilhe este artigo

There is no ads to display, Please add some

A Coluna de Hoje | Publicada 00h08

Carla chamou Telmário agressor de mulheres. Foto | Instagram

Sem ter muito o que fazer Telmário Mota mantém sua guerra de troca de insultos nas redes sociais. Depois de ofender o general Eduardo Pazuello [coordenador da Operação Acolhida], abriu nova frente de batalha agora com a deputada federal paulista Carla Zambelli (PSL).

O senador roraimense, ao seu modo, falastrão e desbocado, fez ameaça e assegurou que a parlamentar “se dará muito mal” por ter mexido com ele. E prometeu que vai investigar os “desmandos” da Operação Acolhida, inclusive expondo os contratos feitos pelo general Pazuello, segundo ele [Telmário], ‘sob suspeita’.

Telmário rebateu Carla Zambelli porque a deputada ‘tomou as dores das ofensas ao general’ e publicou um vídeo em sua página no Instagram onde acusa o senador roraimense de ser o ‘co-responsável por todas as mortes praticadas pela narcoditadura venezuelana’.

“Você é um bajulador de ditador, que beijou e lambeu a mão, praticamente lambeu os cojones [testículos] de Nicolás Maduro, um genocida responsável por assassinar mais de 17 mil pessoas extraoficialmente e ser o responsável pela morte de mais de 300 mil pessoas na Venezuela”, disse a parlamentar.

Ainda no vídeo Carla Zambelli mencionou os casos de violência que o senador responde na Justiça. “Você que tem sete boletins de ocorrência por ameaças e violência. Você que é um covarde, vem falar mal de um general que tem sua honra e sua postura ilibada”.

Em um dos casos de maior repercussão, o senador é acusado de espancar uma jovem de 19 anos até ela desmaiar. A denúncia foi feita pela vítima, que se dizia amante do senador, em 2015.

Valorização: Teresa anuncia reajustes

Teresa anunciou melhorias salariais na Educação. Fotos | Secom/PMBV

A semana começou com muitas novidades para os profissionais de educação da capital da 1° Infância.

Na manhã de ontem a prefeita Teresa Surita (MDB), anunciou a criação da Gratificação de Incentivo aos Cuidadores (GIC) e reajustes nas gratificações de Incentivo à Docência (GID) e do Diretor de Escola com vínculo efetivo.

Os projetos foram assinados e entregues ao vereador e líder do Executivo na Câmara, Zélio Mota para que entre em pauta de votação e aprovação no legislativo municipal. 

A intenção de Teresa é que o projeto seja aprovado até o dia 15 de outubro, Dia do Professor.

“Eu acredito que é um grande incentivo. É um momento importante para isso. Estamos com mais escolas a serem entregues, com mais profissionais a serem chamados. O projeto foi encaminhado para a Câmara e a expectativa é que volte o mais rápido possível. A ideia é dar como reconhecimento pelo trabalho essa gratificação e esses reajustes feitos”, disse.  

Aumento de R$ 800 na GID

Projetos foram entregues ao líder Zélio Mota.

Teresa anunciou também o reajuste da Gratificação de Incentivo à Docência, desde sua criação em 2015.

O benefício aumenta de R$ 600 para R$ 800, sendo ampliado também para os 84 professores temporários e os que atuam na área indígena, independente de vínculos. Mais de 2 mil professores serão beneficiados. 

A Gratificação do Diretor de Escola com vínculo efetivo, teve um aumento médio de 20%. Gestores que atuam em escolas de pequeno porte, o valor sobre para R$ 2.500, escolas de médio porte vai para R$ 2.700, e grande porte, R$ 3.000. Serão cerca de 80 profissionais beneficiados.

Com a criação da GIC, serão 630 cuidadores escolares beneficiados, que passarão a receber R$ 300 a mais no seu salário. Com isso serão injetados na economia local R$ 2,2 milhões por ano.

Valorização do servidor

Teresa: ‘reajustes só são possíveis com bastante planejamento’.

Em Boa Vista, capital da Primeira Infância, os investimentos na educação são prioridades. E investir nas pessoas faz parte desta transformação.

Em seis anos, a Prefeitura de Boa Vista lançou 9 concursos públicossendo três apenas para a rede municipal de ensino, nos anos de 2013, 2014 e 2018.

Foram mais de 3 mil servidores empossados na Educação desde então, envolvendo professores (pedagogos), cuidadores, assistentes de aluno, professores de Educação Física e outras funções.

Também desde 2013, todos os servidores do município contam com um calendário de pagamento. O salário sempre sai em dia, às vezes, é antecipado. Cerca de 70% dos servidores do município são concursados 

Bolsonaro e as demarcações

Bolsonaro fala hoje na abertura da Assembleia da ONU.

No discurso que fará hoje na abertura da Assembleia Geral das Nações Unidas, o presidente Jair Bolsonaro dirá que sua eleição frustrou a expectativa internacional por mais demarcações no Brasil.

O presidente mencionará que alguns chefes de Estado “tinham como certo” que o total de terras indígenas passaria, até 2022, de 14% para 20% dos 8,5 milhões de km2. Inclusive em Roraima, onde todos os pedidos seriam atendidos.

Mas, obviamente, “não contavam” com sua eleição. Bolsonaro está levando para o encontro na ONU a indígena Ysani Kalapalo.

Argilson no Solidariedade

Argilson (Caroebe) agora é filiado ao Solidariedade.

O Partido Solidariedade – que em Roraima é presidido pelo deputado federal Otaci Nascimento – mas o comando político é exercido pelo presidente da Assembleia Legislativa Jalser Renier, continua engordando suas fileiras.

Depois de filiar o prefeito de Rorainópolis, Leandro Pereira, e o vice-governador Frutuoso Lins, o Solidariedade ganhou um reforço o sul do Estado.

No final de semana toda a cúpula do partido deslocou-se para Caoebe para a filiação do prefeito Argilson Pereira Martins. O Solidariedade ganhou também o reforço de Socorro Guerra, prefeita de Caracaraí.

“Esse cara é daqui, é um prefeito seguro, sério, objetivo, e que se preocupa com o próximo. Fico feliz em recebê-lo em nosso partido e por ser um homem preparado”, disse Jalser.

O Crédito do Povo já era

Tânia (Setrabes) coordenará o Renda Cidadã.

Tomara que não seja mais uma enganação, com fins eleitoreiros. O Governo decidiu acabar com o Crédito do Povo, um programa que pagava esmolas de R$ 120,00 para famílias de baixa renda e introduzirá um outro equivalente a partir de 2020.

Se chamará Renda Cidadã que terá um novo formato e que além de fornecer o anzol (ou seja, pagar uma quantia mínima em dinheiro) vai capacitar pessoas em vulnerabilidade social.

A previsão é que o programa comece a funcionar em 2020. O Governo só não disse o dia e mês de sua implantação nem o valor que será pago.

O Programa estará sob os cuidados de Tânia Soares, cunhada de Denarium e secretária de Bem Estar Social (Setrabes).

Só um lembrete: aquele monte de famílias que não recebe o benefício desde o fracassado governo Suely Campos, pode esquecer. Não verá o ‘dindin’ nunca mais.

Alterado horário de provas

Concurso para a Senges teve horários alterados.

Os candidatos inscritos no concurso público da Secretaria Municipal de Gestão Social (Semges) devem ficar atentos à mudança no horário de aplicação da prova objetiva para os cargos de nível médio e médio técnico, marcada para o dia 29 de setembro, próximo domingo. A prova, que anteriormente iniciaria às 15h, agora será aplicada das 16h30 às 19h30.

Não houve mudança no horário das provas para nível superior, que continuam marcadas para iniciar às 9h e terminar às 12h.

O horário da prova de nível médio e médio técnico foi alterado para não prejudicar os candidatos, tendo em vista que no mesmo dia do certame da Semges também serão realizadas provas do vestibular da Universidade Estadual de Roraima.

Foi considera, inclusive, o número expressivo de candidatos inscritos no concurso, que ultrapassa 23 mil pessoas. A alteração foi publicada no Diário Oficial do Município do dia 20 de setembro.

O Cartão de Confirmação com local e horário das provas objetivas estará disponível a partir das 19h desta quarta-feira (25). Outras informações podem ser obtidas por meio do site do Instituto Nacional de Seleções e Concursos (Instituto Selecon) www.selecon.org, organizadora do certame.

Restrições a governo de Maduro

Maduro sobre novas restrições de países da região.

Na noite de ontem, os ministros das Relações Exteriores dos Estados Partes do Tratado Interamericano de Assistência Recíproca (Tiar) divulgaram nota conjunta com a aprovação de resolução que reconhece a “ameaça representada pelo regime ilegítimo de Nicolás Maduro à segurança e estabilidade do Hemisfério” em referência ao governo atual da Venezuela.

Segundo a resolução, os países vão investigar e levar à justiça pessoas do governo de Maduro vinculadas à guerrilha ligada ao tráfico de drogas ou terrorismo ou quem for responsável por violações de direitos humanos, corrupção e lavagem de dinheiro.

“O objetivo é evitar que a Venezuela continue sendo território livre para atividades ilícitas e criminosas, que constituem graves ameaças à segurança regional, além de castigo sistemático ao povo venezuelano”, diz a nota.

Modelo cívico-militar

Duas escolas em Roraima poderão aderir ao modelo cívico-militar.

Estados e municípios têm até 27 deste mês para aderir ao modelo cívico-militar proposto pelo Governo Federal. Serão, ao todo, 54 escolas – duas de cada Unidade da Federação – sob forma de gestão híbrida entre civis e militares no primeiro ano de programa.

Têm preferência as instituições de ensino com baixo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e em situação de vulnerabilidade social.

Os colégios devem ter de 500 a mil alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e/ou do ensino médio. Antes disso, a comunidade escolar deverá aceitar a mudança.

Uma das condições fixadas pelo MEC é que estados e municípios apliquem uma consulta pública para esse fim, uma vez que a adesão ao programa é voluntária. Essa ação pode ser, por exemplo, uma audiência pública ou uma votação.

Até 27 de setembro, portanto, as escolas devem manifestar interesse junto à secretaria estadual (ou municipal) de Educação. Duas serão selecionadas. Caberá ao governador — em caso de município, prefeito — enviar ofício ao ministro da Educação com os nomes das instituições de seu estado (ou do Distrito Federal) que vão aderir ao programa.

Bomfim terá Guarda Municipal

Denaium assinou o acordo com o prefeito Joner Chagas.

O Governo de Roraima e a Prefeitura do Bonfim assinaram acordo de cooperação técnica para promover a capacitação de recursos humanos na formação da Guarda Civil Municipal de Fronteira do Município.

O curso terá carga horária de 640 horas aula e a capacitação será ministrada por agentes de segurança do Governo do Estado, na Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago.

O governador Antonio Denarium ressaltou a importância de parcerias como esta que beneficiam o Estado e o Município.

O prefeito Joner Chagas agradeceu a parceria e informou que em quatro dias, desde que foi lançado o edital, mais de 500 candidatos se inscreveram para o concurso.

A selvinha avança | A Praça dos Bambus foi o quinto local a receber a extensão da Selvinha Amazônica. A cena foi entregue pela prefeita Teresa Surita à população do bairro São Francisco e região. O espaço ganhou uma cobra da espécie sucuri com 3,50 metros de altura e 17 metros de comprimento. Esse novo exemplar tem um diferencial: o bicho vem com escorregador, escada comum e de cordas e uma ponte de madeira. A ideia é proporcionar mais interação entre as crianças e o brinquedo. A prefeita Teresa Surita comemorou além da entrega de mais uma etapa da Selvinha também a divulgação de uma pesquisa feita pelo site Mobilize que revela que a Praça dos Bambus foi considerada a praça com o entorno perfeito para proporcionar qualidade de vida às pessoas.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: