Deputados dão ‘cheque em branco’ e Denarium já pode renegociar dívida bilionária do Estado.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h11

Em sessão extraordinária, deputados aprovaram o projeto. Fotos | SupCom/ALE

Parecia difícil, mas não foi. Esperava-se uma reação mais austera dos deputados, mas o projeto do governador Antônio Denarium (PSL) para a repactuação da dívida estadual foi aprovado. Dos 20 deputados presentes na Sessão Extraordinária, 16 disseram sim, quatro votaram contra e cinco não compareceram.

Com a permissão Denarium terá carta branca, uma espécie de ‘cheque em branco’ para renegociar a dívida bilionária do Estado junto a União. Servidores públicos manifestaram-se contra a votação. O protesto ocorreu do lado de fora da sala de votação, que teve policiamento reforçado.

No projeto foi aprovada uma emenda para garantir que direitos dos servidores públicos não sejam afetados no plano de recuperação que o governo terá de apresentar à União.

Presidente da Sessão, o deputado Jânio Xingu disse que antes da deliberação, discutiu pessoalmente o projeto com representantes de servidores públicos, em reunião realizada no seu gabinete.  

“Todos os deputados discutiram o projeto e agora prevalece a democracia. A Assembleia Legislativa está apenas autorizando o Governo a renegociar dívidas de gestões passadas. É um ajuste fiscal que não mexe com direitos dos funcionários públicos”, disse.

O líder do Governo, o deputado Soldado Sampaio ressaltou que o projeto não autoriza o Governo a realizar medidas que afetem o funcionalismo público ou a privatização de estatais, sem que sejam enviadas leis específicas para uma análise minuciosa pela Casa Legislativa. 

“Apresentamos um substitutivo exatamente para dar tranquilidade à população nesse sentido. Acreditamos que a Assembleia Legislativa fez sua parte para dar condições para que o Governo do Estado de fato possa cumprir com suas obrigações como o pagamento de salários, promoções e progressões”, disse ele.

‘Cheque em branco’, afirma deputado

A emenda de Sampaio pode ser revogada, diz Nilton do Sindpol.

Contrário ao projeto do Governo desde seu envio ao Parlamento, o deputado Nilton do Sindipol disse que o texto tem várias lacunas duvidosas, sem embasamento, “Isso é assinar um cheque em branco para governo faça o que quiser”, disse.

Junto com Nilton as deputadas Betânia Medeiros, Ione Pedroso e Lenir Rodrigues também votaram contra.

Sobe a emenda votada e aprovada, Nilton disse que o aditivo que supostamente beneficiará servidores, não tem a menor consistência.

“A emenda pode ser alterada, caso seja do interesse do governo. Ele pode derrubar essa emenda. Se o estado entrar nesse plano, ele vai ter de aceitar as condições do governo federal. Isso só vai penalizar demais o servidor público. Vai ser arrocho do começo ao fim. Não terão mais progressões, promoções, concursos públicos”.

Sindicatos temem por perdas

Melquizedek: servidores serão prejudicados com o projeto.

Quem não gostou da aprovação do projeto governamental foram os dirigentes sindicais.

Os sindicalistas acreditam que o governo deve reavaliar o projeto, uma vez que ele penaliza dos servidores com redução de salário e até demissões.  Uma manifestação contra a aprovação irá ocorrer no dia 14 de junho.

Para o presidente do Sinter Flávio Bezerra, Sinter, o projeto prejudica os servidores e não penaliza quem cometeu os desvios públicos na gestão anteriores.

O presidente do Sindicato de Enfermagem Melquizedek Meneses reforçou que há dúvidas sobre as intenções do Governo e reclamou que a reforma administrativa ainda, prometida por Denarium, ainda não chegou ao Parlamento.

Para Francisco Figueiras, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Efetivos do Poder Executivo, os servidores não foram ouvidos. “Nós não somos culpados pela crise do estado”, disse.

Conhecendo o potencial produtivo

Empresários foram recebidos ontem por Denarium. Foto | Secom/RR

O governador Antônio Denarium recebeu ontem uma comitiva de empresários do Estado do Paraná, que estão por aqui para conhecerem o potencial produtivo do Estado.

Denarium disse que a visita é o resultado da ida para outras regiões do Brasil atrair novos investimentos para o crescimento econômico do Estado. Para o governador, são ações como essa que vão trazer desenvolvimento, alavancar a economia e gerar renda para Roraima.

“É bom lembrar que depois que estivemos no Paraná, 18 grupos de empresários acordaram em enviar uma caravana por semana para conhecer o potencial produtivo do nosso Estado. São ações como essa que vão atrair novos investimentos, trazer desenvolvimento, alavancar a economia e gerar renda para o nosso Estado”

Cidades: Haroldo propõe melhorias

Haroldo Cathedral defende o projeto de cidades inteligentes.

O deputado Haroldo Cathedral (PSD) é autor da proposta que prevê o aprofundamento da discussão sobre a viabilidade das cidades inteligentes no país. O tema irá compor os estudos considerados inovadores do Centro de Estudos e Debates Estratégicos da Câmara Federal.

Ontem o parlamentar falou sobre a preocupação com o estágio atual da urbanização brasileira. Destacou os dados do último censo, realizado em 2010, onde indicam que 84,4% da população brasileira é urbana e a expectativa é que, em 2030, esse índice chegue a 91,1%. 

Haroldo Cathedtal lembrou que os municípios já enfrentam os impactos desse crescimento, com a ineficiência dos subsistemas e serviços prestados, como transporte, segurança, educação, infraestrutura e mobilidade.

De acordo com o deputado Haroldo é neste contexto que surgem as cidades inteligentes, com o propósito de criar condições para que os gestores públicos possam conhecer, avaliar, encontrar e implementar ações de forma simples.

O projeto Cidades Inteligentes vem ao encontro desta busca por um novo modelo de governança e eficiência de gestão. A ideia é integrar os setores da administração pública com as necessidades da sociedade”, disse Haroldo.

Migração: Japão doa US$ 3,6 mi

Migrantes venezuelanos serão assistidos com dinheiro japonês.

Não bastassem os milhões enviados pelo Governo Brasil (os repasses já somam mais de R$ 500 milhões), o governo do Japão enviará mais 3,6 milhões de dólares para auxiliar os venezuelanos que se encontram refugiados em Roraima.

A Embaixada do país do sol nascente assina nesta quinta-feira, 6, um acordo de cooperação com quatro agências do Sistema ONU no Brasil para contribuir às ações de proteção e assistência aos refugiados e migrantes venezuelanos que chegam no país.

A doação do governo japonês será direcionada à Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), Agência das Nações Unidas para Migrações (OIM), Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). Caberá ao ACNUR receber a doação, redistribuindo os recursos posteriormente às demais agências.

Entre as ações beneficiadas pela doação japonesa estão o registro e a documentação de venezuelanos, a assistência multi-setorial a esta população nas comunidades de acolhida, apoio psicossocial, serviços de saúde e proteção de crianças.

Maduro perde muito ouro

Nicolas Maduro perdeu US$ 750 milhões por calote em banco alemão.

O governo da Venezuela deu o calote em um acordo de empréstimo lastreado em ouro no valor de US$ 750 milhões com o Deutsche Bank e perdeu cerca de 20 toneladas de ouro de suas reservas.

O empréstimo foi assinado em 2016 e deveria ser pago até 2021, mas o incumprimento no pagamento de juros fez a instituição liquidar o contrato com o regime de Nicolás Maduro

Foi a segunda vez em 2019 que Maduro deixou de honrar dívidas com instituições financeiras internacionais. Em março, o regime venezuelano deixou de honrar um empréstimo lastreado em ouro junto ao Citigroup no valor de US$ 1,1 bilhão.

Ainda este ano, o Banco da Inglaterra se negou a devolver a Maduro depósitos em ouro no valor de US$ 1,2 bilhão. 

Meio ambiente no bosque | Uma programação alusiva a Semana Municipal do Meio Ambiente teve início ontem, 5, no Bosque dos Papagaios (foto acima). A ação é uma parceria entre a Prefeitura de Boa Vista por meio das Secretarias de Educação e Cultura, Serviços Públicos e Meio Ambiente e o Sebrae Roraima, através do Projeto de Sustentabilidade. O bosque recebe a visita dos alunos de cinco escolas municipais. Nesta quarta-feira foi a vez dos alunos do 5º ano da Escola Waldemarina Normando Martins, localizada no bairro Nova Cidade e da Escola Municipal Cantinho Feliz, do Bairro 13 de Setembro. Eles participaram de uma palestra sobre a importância da preservação do meio ambiente, assistiram a um vídeo educativo sobre o tema e fizeram um passeio pelo local. O dia cinco de junho é marcado pela celebração do dia mundial do Meio Ambiente, data importante para chamar a atenção de todas as esferas da população para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais. Foi instituído em 1972, durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo, na Suécia.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: