Desespero: Mulheres de militares querem recursos do IPERR para pagar salários dos maridos.

Compartilhe nosso conteúdo!
A Coluna de Hoje | Publicada 00h23
As mulheres de militares foram ao TJ em busca de solução para os salários. Foto | Roraima em Tempo

Um grupo de mulheres de militares, acampadas em frente ao Palácio Senador Hélio Campos reivindicando o pagamento em dia de salários atrasados dos maridos, foi peregrinar ontem na porta do Tribunal de Justiça. Foram garimpar o improvável: rogar que a Justiça libere os recursos os IPERR para o pagamento dos salários de outubro.

A vindicação certamente não será atendida porque não encontra amparo lega para que a receita do Instituto de Previdência do Estado seja utilizada para ouros fins, senão o de pagar aposentadorias e benefícios e servidores do quadro de pessoal do órgão.

O que querem as esposas já foi tentado duas vezes pela governadora Suely Campos, com o envio de um projeto – inclusive aprovado na surdina por deputados estaduais – com o objetivo de se apropriar de cerca de R$ 600 milhões, a título de empréstimo – com a promessa de eu o dinheiro seria usado para pagar salários e dividas recorrentes.

A ação andou no parlamento mas foi brecada por ações do Ministério Público, sob o julgo de inconstitucionalidade. O bloqueio nas contas do IPERR não alcançou somente o montante almejado pelo Governo, mas todo o ativo financeiro, algo em torno de R$ 3 bilhões. Portanto a depender dessa almejada ação da Justiça, as esposas dos militares e suas famílias não terão dinheiro para as festas de final de ano.

Conforme a presidente da Associação, Quézia Mendonça, o uso dos recursos do Instituto de Previdência (Iperr), neste momento, seria o caminho menos traumático para resolver a situação. Ela reconheceu que se trata de um tema polêmico, mas a situação das famílias dos militares “está insustentável”.

Há algo de estranho no ar
Jorge Everton (ao fundo) evocou o regimento e conseguiu vista ao projeto em discussão.

Um reboliço alucinado tomou conta do ambiente até então tranquilo na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia, ontem de manhã, na discussão do projeto de reposição florestal, que dormita na Vasa há tempos.

A matéria em pauta e logo houve um pedido de vistas, pelo deputado Jorge Everton, o que provocou imediato desentendimento com o presidente George Melo, que inicialmente negou o desejo do colega, gerando uma discussão generalizada.

Embora descumprindo o regimento interno, que concede vistas a qualquer pedido, George Melo colocou a demanda em votação e foi derrotado pela maioria.

Mas há algo de desconfiável por detrás de toda aquela confusão: interesses suspeitos de deputados que querem ver logo o projeto aprovado com a nítida intenção de anular projeto de uma empresa local especializada na venda de crédito de carbono e cultivo de mogno.

TCE: Brito entra no jogo
Brito afirmou ontem que é candidato a vaga de Conselheiro do Tribunal de Contas.

O deputado George Melo já está em campanha para ser conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Mas ontem ganhou um adversário na disputa: o deputado Brito Bezerra anunciou oficialmente que também é candidato.

E ontem mesmo dois deputados manifestaram apoio a Brito: Soldado Sampaio e Odilon Filho. Segundo Sampaio, Brito pode ter o voto de 19 dos 24 deputados estaduais.

Mas George é forte candidato, também, e tem o apoio de ninguém menos que Jalser Renier, o presidente da Casa, a quem compete dar início ao processo de escolha.

 BR-210: A estrada sonrisal 
Menos de ano após ser inaugurada, a BR-210 encontra-se em estado deplorável. Foto | Luiz Valério

Menos um ano de inaugurada, a única obra de vulto no Governo de Suely Campos – embora executada com recursos do Governo Federal – a BR-210, no sul do Estado, está se desmanchando.

O asfaltamento da rodovia, que liga importante municípios de Roraima, custou R$ 84 milhões, mas já está completamente deteriorada. São muitos buracos e trechos

Os buracos que se abriram na estrada estão sendo marcados para recuperação. A expectativa é que os trabalhos comecem até os primeiros dias de 2019. Fonte | Blog do Luiz Valério

Denarium recebe CRM 
O governador eleito Antônio Denarium recebeu ontem dirigentes do CRM local.

Na continuidade das conversas diárias com vários seguimentos da sociedade civil organizada, o governador eleito Antônio Denarium (PSL) recebeu ontem integrantes do Conselho Regional de Medicina (CRM).

A saúde em Roraima está um caos, abandonada desde a gestão de Anchieta Junior. E foi este o tema da visita dos médicos, ontem. Segundo Denarium os médicos compartilharam a preocupação com a atual situação, principalmente em relação ao abastecimento de medicamentos e insumos que precisa ser regularizado.

“Junto com o futuro secretário de Saúde, Dr. Ailton Wanderley, debatemos os apontamentos, que certamente, irão nos auxiliar durante o processo de transição, para que possamos, no menor prazo possível, dar a resposta que os roraimenses esperam e merecem: uma saúde pública de qualidade, eficiente e humanizada”, disse o governador eleito.

Começa o processo de transição 
O próprio Denarium orientou a equipe de transição para os próximos passos.

E como tem feito diariamente, uma espécie de diário de providências no processo que antecede o dia da posse, o governador eleito anunciou ontem, em sua página no Facebook, que a transição começou.

Denarium informou que ontem (quata-feia,21) sua equipe de Governo iniciou efetivamente a transição entre o Governo de Suely e a nova gestão que se instalará no dia 10 de janeiro de 2019.

Uma nova fase nesse importante processo: após muito planejamento, juntos com uma equipe de profissionais capacitados de Roraima e com os consultores do Movimento Brasil Competitivo, referência nacional em Gestão Pública, vamos a campo para traçar um diagnóstico da atual situação do governo. Assim, poderemos estruturar a nossa estratégia de atuação, visando recuperar o Estado de Roraima e, assim, prepará-lo para os próximos 30 anos. Somente com muita responsabilidade, dedicação e transparência, isso será possível. É o que a nossa população espera e é pelo que irei trabalhar em cada um dos dias, do mandato que me foi confiado pelos roraimenses. Esse é o meu compromisso!”, postou ele.

Mais 2 biarticulados | Mais 2 bitrens | Visando melhorar as condições de transporte de passageiros em Boa Vista, a prefeita Teresa Surita entrega hoje à população boa-vistense mais dois veículos de longa performance, conhecidos como ônibus biarticulados. Cada veículo têm capacidade para até 270 passageiros e integrarão a frota de transporte coletivo da capital, que atende mensalmente cerca de 530 mil passageiros. O ônibus possui três vagões e mede 30 metros de comprimento. Além disso, o veículo ainda conta com um moderno sistema de monitoramento por geolocalização (GPS), câmeras de segurança, poltronas acolchoadas, ar-condicionado, transmissão automática e elevador para pessoas com necessidades especiais. A entrega será às 10h30 no Terminal Luiz Canuto Chaves, no centro de Boa Vista.

Concurso: prorrogado o prazo
A Polícia Civil prorrogou mais uma vez o prazo para o encerramento das inscrições.

A Polícia Civil de Roraima informou ontem que o pagamento dos boletos referentes às inscrições do Concurso Público para o preenchimento de vagas na instituição, que podiam ser pagos até ontem, 21, foi adiado para amanhã, sexta-feira, dia 23.

A mudança ocorreu por problemas envolvendo a instituição bancária responsável pela geração dos boletos bancários relativos ao pagamento da taxa de inscrição. Qualquer problema na geração de boleto ou pagamento do mesmo deverá ser comunicado a Fundação VUNESP no seguinte endereço eletrônico https://www.vunesp.com.br/FaleConosco.

Caso não haja solução, o problema deverá ser comunicado ao Departamento de Administração da Polícia Civil, por meio do endereço eletrônico da.pcrr@gmail.com e da@pc.rr.gov.br, devendo ser informado o número da inscrição e o protocolo da reclamação junto a Fundação VUNESP.

Apenas houve alteração da data de pagamento dos boletos. As inscrições já foram encerradas conforme previsto no edital publicado no site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br) e as datas das provas permanecem inalteradas.

Venezuelanos: Mais 71 vão embora
Mais 55 venezuelanos foram levados ontem para várias regiões do país.

Concluindo a 18ª etapa do processo de interiorização, o Exército embarcou ontem em dois voos mais  55 venezuelanos para BrasíliaSão PauloGuarulhos (SP), Goioerê (PR), Cuiabá e Ponta Porã (MS).

Com mais essas viagens, a interiorização já 3.136 venezuelanos que foram levados para vários destinos do pais.

Até agora a FAB realizou 31 voos com destino a 12 estados. De todos eles, 25 cidades acolheram os imigrantes. Ponta Porã recebe venezuelanos pela primeira vez.

Apoio a Bovinocultura | O incentivo à agricultura é uma das prioridades da Prefeitura de Boa Vista. E graças aos resultados de um trabalho feito com muito esforço e comprometimento, 16 comunidades indígenas estão recebendo, por meio do Projeto Bovinocultura, 777 cabeças de gados e insumos, como: sal mineral, sal branco, agulhas, seringas, cocho, vacina, vermífugo, arame liso, mata bicheira e pomada. O objetivo é melhorar a qualidade genética do rebanho e também a qualidade alimentar dos moradores da zona rural de Boa Vista. O recurso, no valor de R$ 1,6 milhão, é fruto de um convênio feito entre o senador Romero Jucá e a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), e executado pela Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas (SMAI). As comunidades atendidas são: Truarú da Cabeceira, Serra da Moça, Serra do Truarú, Morcego, Campo Alegre, Bom Jesus, Lago Grande, Milho, Ilha, Vista Nova, Mauixi, Três Irmãos, Vista Alegre, São Marcos, Darora e Aakan. O Projeto é um compromisso da prefeita Teresa Surita que visa atender a população indígena com ações que melhorem a qualidade de vida e promova a geração de renda dentro das comunidades.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.
Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts