Detentos fazem a farra na Penitenciária Agrícola: Mais 24 pularam o muro.

Compartilhe nosso conteúdo!
Coluna de Hoje | Publicada 00h13
lll
Policiais Militares da Força Tática fazendo busca em todos os recantos e Boa Vista a procura dos foragidos da PAMC.

Faz mais ou menos duas semanas que o secretário Oziel de Castro (Justiça e Cidadania), feliz da vida, chamou a imprensa para comemorar um feito incrível: naquela data da entrevista decorriam 54 dias sem a ocorrência de fugas na Penitenciária Agrícola de Boa Vista – PAMC – o que aparentava certa tranquilidade no Sistema Prisional. Ledo engano. Os presos na verdade estavam apenas planejando no silencio a próxima fuga em massa. E ela aconteceu ontem quando 24 detentos pularam o muro do presídio e escaparam. Os presos deram uma demonstração de que ainda dominam o presídio apesar de todas as “medidas de contenção” anunciadas pela cúpula da Segurança Pública e investimentos em novos equipamentos para evitar esse tipo de ocorrência.

Segundo agentes penitenciários os presos eles fugiram pulando o muro da unidade por volta das 3 horas da madrugada de ontem.  A escapada se deu pelo espaço entre as guaritas 5 e 6, uma vez que apenas quatro guaritas do presídio estavam ativas naquele momento da fuga. Eles não foram flagrados pelas câmeras de segurança do presídio. Um agente penitenciário que pediu que seu nome não fosse identificado, revelou ontem que na visita de domingo ninguém foi cadastrado algo estranho e quando isso ocorre possibilita a entrada de pessoas estranhas na unidade prisional. Não por acaso, a fuga ocorreu horas depois das visitas. O sistema prisional demonstra as mesmas fragilidades de sempre, com os detentos saindo por onde querem e quando querem.

A Secretaria de Justiça informou ontem à tarde, em Nota Oficial, que após utilizar escadas de fabricação artesanal, 24 internos da PAMC conseguiram evadir-se da unidade pelas guaritas cinco e seis por volta das 3 horas da madrugada da segunda. Além das diligências terrestres em todo o Estado, há efetivos nos rios, balneários, fronteiras, áreas rurais e florestas. Por determinação da direção do sistema prisional, as visitas foram suspensas e a segurança foi reforçada na unidade prisional. Uma vez identificados, será aplicada sanção administrativa aos que contribuíram para a fuga. A população pode ajudar informando sobre a possível localização dos foragidos por meio dos telefones 190/ 99139-9529 (WhatsApp) ou 0800 278 0130. A identidade dos informantes será preservada.

 Cartas viradas e delação falsa
advogadacartas
A advogada Mônica que ontem fez o relato de que seus cientes estão sendo coagidos.

Aquela operação do Ministério Púbico denominada “Cartas Marcadas”, que resultou na prisão de servidores da Assembleia Legislativa (todos já exonerados), acusados por desvio de verbas púbicas, continua em ebulição. Agora no âmbito dos corredores do Comando de Policiamento da Capital (CPC), onde os acusados estão presos.

É que ontem pipocou uma revelação da advogada Mônica Cseke, que patrocina a defesa de 12 dos 20 investigados, sobre suposta coação aos acusados por pessoas interessadas que alguns deputados sejam envolvidos no caso, por meio de uma delação premiada, ou seja, “que se façam declarações falsas para serem utilizadas em uma guerra política”, disse a advogada.

Segundo a advogada os interessados na “delação em desfavor de deputados e do presidente da assembleia, Jalser Renier”, são os advogados Frederico Leite e Ângelo Peccini que ofertaram um pacote de benefícios como redução de pena, inclusão no sistema de proteção de testemunhas, devolução de bens e valores apreendidos e ainda uma soma em dinheiro.

A denúncia é muito grave porque Mônica disse ainda que os colegas “coatores” insinuaram ter domínio sob setores do TJ e do MP.

A CPI das fugas
lll
Para Jorge Everton o sistema prisional precisa de ajustes e a CPI vai apontar os erros no setor.

A propósito dessas fugas de ontem a Assembleia Legislativa deve colocar em votação, na Sessão de hoje, a escolha do presidente, vice-presidente e relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai apurar a gestão do sistema prisional do Estado. A informação foi dada pelo deputado Jorge Everton (PMDB).

A instalação da CPI foi solicitada por Everton que defende a apuração minuciosa de todos os investimentos feitos no sistema prisional ao longo do último ano.

Além de Jorge Everton, o grupo de parlamentares que vai participar da CPI é composto pelos deputados Odilon (PEN), Jânio Xingu (PSL), Izaias Maia (PT do B) e Soldado Sampaio (PC do B).

Que acertos são esses, Mozarildo?
lll
O senador Mozarildo desistiu da candidatura a prefeito e já formalizou apoio a Kalil Coelho.

Nas alegações para justificar o sepultamento de sua candidatura a prefeito de Boa Vista, o ex-senador Mozarildo Cavalcante (PTB) deixou, nas entrelinhas algo que merece uma reflexão:

Disse que desistiu porque não aceitar certos métodos considerados errados e antiéticos. Que acertos são esses? Fala ai Mozarildo, desembucha…

Mozarildo era até sábado o preferido do Governo. Mas acabou sendo trocado pelo vereador Sandro Baré (PP).

A CERR liquidada?
lll
Servidores paralisaram as atividades e exigem uma posição para a grave situação da CERR.

Está complicada a situação da Companhia Energética de Roraima (CERR). Depois que o Ministério de Minas e Energia lhe cassou a concessão de serviços, ontem os entraram em greve por tempo indeterminado.

A CERR existe desde 1969 e atua principalmente na distribuição de energia no interior do Estado. E sem a concessão a companhia fica sem utilidade alguma.

Resta saber que vai assumir o passivo, porque existem mais de 700 funcionários em seu quadro e não foi dito ainda o que será feito deles nem quem pagará a conta por indenizações trabalhistas. Por enquanto foi informado apenas que os serviços no interior serão absorvidos pela Boa Vista Energia.

Jucá explica situação
lll
Jucá negou ontem que tenha participação na decisão que tirou a concessão da empresa energética.

O senador Romero Jucá (PMDB) ocupou a tribuna do Senado Federal ontem no final da tarde para esclarecer a situação da Companhia Energética de Roraima – CERR, e desmentiu os boatos que circulam nas redes sociais sobre o seu envolvimento na não renovação do contrato de concessão da distribuidora com o Governo Federal. O senador explicou que a CERR não possui concessão de funcionamento.

Durante o discurso, Romero Jucá também se solidarizou com os servidores da empresa e com os consumidores e disse ter solicitado ao ministro de Minas e Energia, todos os detalhes deste processo de possível privatização da CERR, para que possa informar a população e garantir os direitos dos consumidores.

Sobre os boatos que circulam no estado, o senador esclarece ainda que foi a governadora Suely Campos que pediu ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a privatização da Companhia.

Governo vai recorrer
llll
Carramilo informou que o Governo está buscando uma forma de recorrer contra a medida.

O presidente da CERR, Antônio Carramilo, disse ontem que o Governo de Roraima vai está estudando maneiras de recorrer da portaria do MME. E esclarece que com a negação da concessão, a Companhia continua funcionando normalmente e distribuindo energia no interior do estado.

“A Companhia não está extinta, nós apenas perdemos a concessão, o direito de distribuir energia. No entanto, a governadora do estado compreende que no momento a Boa Vista Energia, que deve assumir a Cerr, não tem condições de prestar o serviço, porque todos os equipamentos e pessoal são da CERR”, disse.

Sobre a greve Carramilo disse que a paralisação é legítima e que cerca de 30% da categoria permanece trabalhando normalmente.

Espetando o inimigo 
Telmário está sendo investigado por agressões a uma jovem com tem relações amorosas.
Telmário Mota está sendo investigado por agressões a uma jovem com tem relações amorosas.

O senador Romero Jucá registrou em Plenário os 10 anos da Lei Maria da Penha, comemorados no último domingo (7). Para ele, ainda há um caminho longo na defesa dos direitos das mulheres. Uma das principais mudanças comemoradas pelo senador é o fato de a mulher não poder mais retirar a denúncia contra os agressores, que coagiam as vítimas para forçar sua desistência.

O senador citou casos recentes de parlamentares de Roraima envolvidos em episódios de violência contra mulheres e afirmou que precisam ser investigados. “Quem bate em mulher, quem faz pedofilia, não tem condição de ser servidor público, não tem condição de ser parlamentar”, declarou Jucá.

Jucá está se referindo a quem? Lógico, ao principal algoz, Telmário Mota, que está sendo investigado por ter agredido a estudante Maria Aparecida.

llll
Passado o período chuvoso a Prefeitura retomou as obras de saneamento básico nos bairros da capital.

Obras retomadas | As chuvas deram uma trégua e as obras de infraestrutura na capital foram retomadas ontem pelas equipes da Secretaria Municipal de Obra e Urbanismo. O trabalho, que inclui drenagem, pavimentação e implantação de calçadas, contempla bairros como Cidade Satélite, Senador Hélio Campos e Equatorial.

Na avenida Universo, uma das mais largas do bairro Cidade Satélite, as máquinas já estavam de prontidão no fim de semana e logo na manhã desta segunda os trabalhos foram retomados para melhorar o bem-estar dos moradores daquela região. Neste primeiro momento, serão também atendidas as ruas Capela e Gêmeos, que se interligam com a Universo e que atendem também ao loteamento Cidade Universitária. 

No bairro Equatorial, as obras se concentram principalmente no Conjunto Nova Esperança. Outro trecho com máquinas a pleno vapor é a rua Abel Monteiro Reis, antiga S-14, no bairro Senador Hélio Campos. O problema das alagações, que eram um grande transtorno aos moradores, será sanado em alguns meses.


CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.
Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts