DINHEIRO VOANDO: Os R$ 216 mil que Telmário Mota não explica.

 DINHEIRO VOANDO: Os R$ 216 mil que Telmário Mota não explica.

Telmário paga mulher mas não consegue explicar qual é o serviço prestado e não apresenta nota fiscal.

Compartilhe este artigo

O senador Telmário Mota (PRÓS), que carrega no currículo um processo de agressão a uma jovem, sua ex-amante, entre outros episódios inglórios, foi personagem de uma reportagem em que a Revista Época esquadrinhou gastos suspeitos de senadores, bancados com suas verbas de gabinete.

Àquela atura, junho do ano passado, a revista identificou que todos os meses, religiosamente, Telmário repassava R$ 18 mil a uma figura chamada Daura de Oliveira Paiva.

Sabe-se lá por qual razão, Telmário não divulgava as notas fiscais que, em tese, deveriam justificar o gasto.

“Época” localizou Daura naquela ocasião. Ela disse apenas que caberia ao senador explicar para onde ia o dinheiro.

De lá para cá, nada mudou. Em 12 meses, Telmário já repassou a Daura mais R$ 216 mil sem contar ao distinto público a razão do pagamento do “benefício”.

Com informações: Laudo Jardim/O Globo

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: