Estranha conexão: Mais uma apreensão milionária de Bolívares em território roraimense.

Compartilhe nosso conteúdo!

Coluna de Terça ?||||? Publicada 00h15

bolivares111.
Malas com grandes somas de bolívares estão sendo apreendidas com frequência em território brasileiro.

Muito estranho esse fenômeno que vem ocorrendo com a apreensão cada vez mais frequente de bolívares venezuelanos em território roraimense. Apesar de desvalorizada frente ao Real a moeda do país de Nicolás Maduro (o Bolívar Fuerte) continua transitando no Brasil aos montes, verdadeiras ‘pacoteiras’ são encontradas com facilidade pela Polícia. No último domingo Polícia Militar de Pacaraima, cidade no Norte de Roraima, encontrou mais de R$ 3 milhões convertidos em bolívares que estavam com dois homens que foram conduzidos para a Polícia Federal. O dinheiro estava acomodado em várias malas, dentro de um carro que foi deixado por um quarto homem que fugiu. O bando havia invadido a casa de um Policial que comunicou o fato à guarnição da PM.

Outras apreensões de bolívares no mês de março também estão sob investigação da Polícia Federal e da Receita Federal. No dia 30 de março o palestino Ismael Mahmoud Solyman Abou Gazar, de 50 anos, foi preso com 17,5 milhões de bolívares, moeda corrente da Venezuela, na BR-174, município de Pacaraima. No dia 8, também do mês março, a apreensão da moeda venezuelana se deu na cidade paulista de Presidente Prudente onde 11,4 milhões de bolívares foram apreendidos. Questionados pela Polícia Rodoviária Federal os homens detidos presentaram versões semelhantes de que o dinheiro é fruto de uma comissão de corretagem referente à venda de uma fazenda no Estado de Roraima e confirmaram que não possuíam a documentação fiscal/cambial sobre a presença da moeda estrangeira no Brasil.

A Polícia Federal abriu uma investigação para apurar essa conexão Venezuela/Brasil em relação ao Bolívar, mas encontrou ainda o elo para justificar essas transações milionárias ilegais. É que mesmo desvalorizado esse dinheiro pode ser perfeitamente convertido em Real ou Dólar em casas de câmbio brasileiras e utilizado para muitos fins. No entanto o que a PF não descobriu ainda é essa fuga de bolívares em direção ao Brasil quando na verdade deveria ocorrer o contrário, já que o Real está supervalorizado na fronteira na base de 240 B$ por 1 R$.

PMDB fecha questão

Deputados e senadores pró-impeachment do PMDB já estão colhendo assinaturas para fechar questão sobre o tema.

A Executiva da sigla deve se reunir amanhã e, com a lista dos parlamentares nas mãos, decidirá que todo o partido deve votar unido pela queda da presidente.

Caso algum deputado ou senador descumpra a determinação partidária terá um processo de cassação aberto e poderá ser expulso da sigla agora presidida por Romero Jucá.

Para Romero Jucá a a 'postagem' do vice presidente demonstra equilíbrio e tranquilidade.
Para Romero Jucá a a ‘postagem’ do vice presidente demonstra equilíbrio e tranquilidade.
‘Vazamento do bem’

Numa tentativa de minimizar o estrago político da divulgação de um áudio em que o vice-presidente Michel Temer fala como se o Impeachment da presidente Dilma já tivesse sido aprovado na Câmara, o presidente do PMDB, Romero Jucá classificou o vazamento como “do bem”.

No áudio, Temer defende, entre outras afirmações, a “reunificação” do país em caso de aprovação do pedido de admissibilidade do Impeachment da presidente Dilma Rousseff. Jucá destacou que “de forma nenhuma” o áudio mostra Temer como articulador de um golpe, como diz o governo. Para Jucá não há nada de negativo na fala de Temer a ser eventualmente explorado.

O senador não quis comentar o episódio do vazamento em si. “Se é isso que vazou, esse vazamento é um vazamento do bem, isso demonstra equilíbrio, tranquilidade, preparo do vice-presidente Michel Temer, preocupação com o Brasil, portanto, não é nada de negativo, que depõe contra o vice-presidente Michel Temer.

sheridanimpeachmentnnEssa é a minha causa, meu país, minha gente e uma política feita com respeito e verdade! Sim ao recomeço, ao futuro que quero para essa geração e para as próximas gerações! A favor do impeachment, a favor do Brasil!”, disse a deputada Shéridan após dizer sim ao parecer do Impeachment, aprovado ontem na Comissão Especial da Câmara, que segue agora para votação em Plenário.

Sofrível o discurso de Édio
lll
Édio se posicionou contra a maioria do povo brasileiro que quer Dilma fora do Palácio.

Representante do PR na votação do parecer do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que defende a continuidade processo de Impeachment da presidente Dilma Rousseff, o deputado roraimense Édio Lopes fez um discurso sofrível, ontem, tentando defender o indefensável.

Ignorando a voz das ruas, onde a maioria dos brasileiros já se manifestou pelo afastamento da presidente, Edio disse que o país progrediu no Governo do PT. Está cego, só pode! E votou pela permanência de Dilma. Foi derrotado por 38 a 27.

Édio deixou valer o interesse do seu partido, que atualmente toma conta de todo o Ministério dos Transportes. Édio certamente não está votando com sua consciência. Vai sofrer o revés por conta disso. Os outros dois roraimenses na Comissão, Jhonatan de Jesus e Sheridan de Anchieta votaram favoráveis ao parecer do relator.

Seis por meia dúzia
llll
Verônica é a atual secretária de Assuntos internacionais do Governo de Roraima.

Sinceramente não entendi a atitude da governadora Suely Campos (PP). Ela baixou o decreto n° 20.763-E, de 7 de abril deste ano (publicado no último Diário Oficial do Estado), instituindo a Secretaria Extraordinária de Relações Internacionais.

Ou seja, não há razão nenhuma para o ato uma vez que já existe a Secretaria Extraordinária para Assuntos Internacionais – comandada pela chilena/venezuelana Esther Verônica Caro Cavalcante – que apesar de estrangeira tem CPF brasileiro -, nomeada em maio do ano passado.

As duas pastas têm fins absolutamente iguais, que tratam que tratam justamente dos interesses bilaterais ou multilaterais de Roraima, principalmente com os vizinhos Venezuela e Guiana.

Estados por um fio
lll
Sem dinheiro o Estado de Roraima não tem realizado os investimentos necessários.

Com as finanças em frangalhos, a maioria dos estados brasileiros fica com os cofres vazios após pagar a folha de pessoal e os juros da dívida com a União. Roraima, por exemplo, tem uma dívida ativa de mais de R$ 1,8 bilhão e só de amortização e pagamento de parcelas mensais, se descapitaliza em torno de R$ 22 milhões.

Para um estado ter as finanças equilibradas, ele precisa gastar, pelo menos, 10% de sua receita com investimentos e outros 25% com outras despesas de custeio em educação, saúde e segurança. Nessa conta, sobrariam 65% para comprometer com pessoal e serviço da dívida. Situação existente hoje apenas no Amazonas (58%), Amapá (58%), Espírito Santo (65%), Rondônia (61%) e Roraima (60%).

Quem compromete mais que 70% de sua receita corrente líquida com despesas de pessoal e dívida está com graves problemas. A margem para investir fica completamente comprometida e falta dinheiro para áreas essenciais.

Edilberto no PSDC
lll
Edilberto ingressou no PSDC por onde vai disputar mais um mandato na eleição deste ano.

Bem no silêncio, para não suscitar discórdias nem falações, o presidente da Câmara de Vereadores, Edilberto Veras, trocou o Partido Progressista (PP) pelo Partido Democrata Social Cristão (PSDC), presidido aqui pelo ex-candidato a vice-presidente da República, Roberto Lopes.

As portas do PSDC foram abertas para Veras pelo deputado Jalser Renier. Ele deixou o PP – agora sob o comando do deputado Hiran Gonçalves – aborrecido por não ser prestigiado pela cúpula.

Que também trocou de partido foi o vereador Flávio do Padre Cícero, que deixou o PRTB e ingressou no PT do B, também pelas mãos de Jalser.

O futuro de Gursen
lll
Alcir Gursen aguarda decisão do CNJ que pode sair na sessão de hoje.

O futuro do desembargador Alcir Gursen de Miranda – que se encontra afastado do posto sob investigação do CNJ – pode ser decidido hoje. O processo administrativo disciplinar contra Gursen entra novamente na pauta de julgamentos da Sessão do Conselho Nacional de Justiça.

Na última sessão do Pleno, que aconteceu no dia 29 de março, o relator conselheiro Luiz Cláudio Allemand, apresentou o seu voto no processo pela aposentadoria compulsória de Gursen. A corregedora Nancy Andrighi foi a única que adiantou o seu voto acompanhando o relator pela aposentadoria compulsória. Mas o julgamento foi suspenso depois que o conselheiro Carlos Levenhagen solicitou vistas.

O desembargador está afastado do cargo desde setembro de 2013, quando o processo foi iniciado por uma reclamação do Ministério Público Eleitoral por conduta incompatível com a Lei Orgânica da Magistratura.

llll
Mais tres Casas Mãe serão entregues hoje pela Prefeitura para atender crianças entre 2 e 3 anos. 

Mais uma Casa Mãe | A Prefeitura de Boa Vista entrega nesta terça-feira, 12, às 10h, mais três Casas Mãe na capital. As unidades estão localizadas na Travessa dos Macuxi, no bairro Equatorial, Zona Oeste. Uma casa foi construída e as outras duas que já existiam no local foram completamente reformadas. A nova Casa Mãe recebeu o nome de Luz do Sol, as outras duas unidades reformadas são: Tia Neide e Vovó Rosa. Cada casa tem capacidade para atender 30 crianças com idade entre 2 e 3 anos e 11 meses, encaminhadas pelo programa Família Que Acolhe

TJ roraimense em destaque
lll
O conselheiro Norberto Campelo fala para magistrados roraimenses.

Os altos índices de produtividade do tribunal de Justiça de Roraima, constatado no Relatório Justiça em Números, foi verificado pelo conselheiro Norberto Campelo, do CNJ. Ele visitou Roraima na última sexta-feira,

No levantamento do ano passado o TJ roraimense deixou a cauda entre os tribunais saindo da 25ª para ocupar o 7º lugar entre todas as cortes da Nação. E a 3ª posição entre os 12 tribunais de pequeno porte.

O índice do TJ de Roraima foi um dos mais altos o que motivou um o conselheiro Norberto e exaltar os juízes e servidores “que se empenharam ao máximo para garantir a maior celeridade processual possível”, disse ele.

Vagas especiais
lll
Servidora da Prefeitura coloca folder explicativo sobre o respeito aos deficientes e idosos.

Como a maioria dos boa-vistenses ignora as placas que delimitam vagas para pessoas especiais nos estacionamentos da cidade, a Prefeitura iniciou campanha de conscientização sobre a importância de obedecer a legislação de trânsito com o uso adequado das vagas prioritárias para idosos e deficientes físicos.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), quem estaciona nessas vagas sem credencial pode ser multado no valor de R$ 127, perde 5 pontos na carteira e o veículo fica sujeito a guincho.

O uso da credencial é obrigatório durante o período em que o veículo estiver estacionado na vaga. A credencial deve ser colocada sobre o painel do veículo, com a frente voltada para cima.


CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.
Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts