Excesso de velocidade gerou mais de 122 mil infrações no trânsito de Boa Vista só no mês de novembro.

Compartilhe nosso conteúdo!

*** A Coluna de Hoje /// Publicada 00h13m ***

A instalação de radares para fiscalizar e multar infratores não intimidaram os condutores de Boa Vista.

Mesmo com seis radares de velocidades instalados na capital, além de sinalização vertical e horizontal em todas as vias, a falta de prudência de muitos condutores em Boa Vista ainda é alarmante. O motorista local simplesmente ignora as novas ferramentas de controle de velocidade que foram instalados pela Prefeitura de Boa Vista.

Somente no mês de novembro foram registrados pelos equipamentos 122.474 infrações por excesso de velocidade. A Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito entende ser preciso maior conscientização por parte da população para que esses números sejam reduzidos drasticamente. O registro das infrações aconteceu por meio dos seis radares de velocidade no período entre 01 e 30 de janeiro.

Desde o dia 22 do mesmo mês, as infrações passaram a ser passíveis de multa, que num prazo de até 30 dias a contar do registro devem chegar na casa dos autores. Para o secretário municipal de Segurança Urbana e Trânsito, Raimundo Barros, a instalação dos equipamentos compõem um processo de conscientização para um trânsito mais seguro, cujo foco é o bem estar do cidadão.

Os radares foram implantados conforme as condições de trafegabilidade e largura das pistas. Nas avenidas Mario Homem de Melo, Ataíde Teive e Ville Roy (próximo ao Mirandinha), o máximo permitido foi de 60 km/h. Já as avenidas Brigadeiro Eduardo Gomes, Ville Roy (São Vicente) e Glaycon de Paiva, a velocidade máxima é de 50 km/h. Esta última foi a que mais registrou infrações por excesso de velocidade, chegando a 32.959 casos.

Além disso a Prefeitura de Boa Vista tem investido em ações educativas voltadas ao trânsito nas escolas municipais, empresas e outras organizações, a fim de orientar os condutores e os futuros condutores. Segundo o secretário Barros, caso os índices de acidentes por excesso de velocidade não sejam reduzidos, novos radares poderão ser instalados. Fonte | Secom PMBV

Infrator que prepare o bolso 

Radares espalhados pela cidade estão multando e tirando pontos da CNH dos infratores.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o motorista que for flagrado dirigindo até 20% acima da velocidade permitida na via comete infração média e pode ser multado em R$ 130,16, além de perder quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Caso o condutor ultrapasse o limite de velocidade de 20% a 50%, a infração será considerada grave, a multa é de R$ 195,23 e perda de cinco pontos na CNH.

O prejuízo é ainda maior para quem desrespeitar a velocidade máxima em mais de 50%, considerada infração gravíssima, com multa de R$ 880,41 e perda de sete pontos na CNH. O condutor ainda pode ter o direito de dirigir suspenso.

Orçamento: Boa Vista terá R$ 1,253 bilhão em 2018

O presidente Mauricélio Fernandes comandou a sessão de ontem onde foi aprovado o orçamento para 2018.

Os vereadores de Boa Vista finalizaram ontem à noite a discussão sobre o orçamento geral do município para 2018 e por 13 votos favoráveis e duas abstenções, o Projeto foi aprovado, fixando em R$ 1,253 bilhão, somando os orçamentos Fiscal e da Seguridade Social.

Na despesa fixada pela Prefeitura na LOA, baseada na estimativa de recursos previstos, constam investimentos para 20 áreas, como Educação (R$ 276,2 milhões), Urbanismo (R$ 256,3 milhões), Saúde (R$ 234,7 milhões), Administração (R$ 179,5 milhões), Assistência Social (R$ 51,7 milhões) e Segurança Pública (R$ 47,6 milhões).

Ao final da sessão, o presidente da Casa, Mauricéio Fernandes se manifestou. Ele disse que “foi exercida a democracia, os vereadores discutiram amplamente todas as emendas e aprovamos as que achavam que eram. Vale ressaltar que o Executivo Municipal tem trabalhado em prol da população e tem atuado em todas as áreas do Município, então, por esse motivo, foram rejeitadas algumas emendas”, declarou Fernandes.

Líder da Prefeitura na Câmara, o vereador Zélio Mota (PSD) destacou a importância da LOA para o município e ressaltou o compromisso do Executivo para a cidade. “O orçamento já atende todas as demandas da população”, disse. Fonte | Ascom Câmara

R$ 5 milhões: Suely paga o que deve

A Assembleia está recebendo crédito suplementar do Governo no valor de R$ 5 milhões.

Há algo de muito intrigante no Governo de Suely. Ao mesmo tempo que pipocam notícias sobre ausência de dinheiro, inclusive para pagar salários em dia, eis que ela expôs no Diário Oficial de ontem (12), um repasse de R$ 5 milhões para a Assembleia Legislativa.

O enunciado torna ainda mais admirável a forma da liberação dos recursos: crédito suplementar por excesso de arrecadação, ou seja, demonstra que há dinheiro sobrando.

É certo, e todos sabem, o Governo está em débito com a Assembleia, com o TJ e com os demais órgãos, porque não repassa o Duodécimo na data constitucional.

Esse repasse de ontem certamente aliviará a situação do Poder Legislativo diante de tantos atrasos nas transferências por parte do Governo.

Teresa anuncia o Teatro Municipal de Boa Vista

Pessoal, dá para imaginar, Deus ter me proporcionado a oportunidade de inaugurar uma obra como essa?  Estamos muito perto de entregar um espaço para arte, música, dança e cores. O Teatro Municipal de Boa Vista abrirá as cortinas no dia 15 de dezembro de 2017. Boa Vista ganhará a maior sala de espetáculos da Região Norte, com 620 metros quadrados de palco e 1.100 lugares. Gratidão resume esse momento. Será um marco para a nossa cultura e fico imensamente feliz em fazer parte desta história no meu estado. Emoção, coração batendo forte, contando os minutos para tudo ficar pronto”, escreveu a prefeita Teresa Surita em sua conta no Facebook.

Enchendo o butim do dentista

Paulinho administra o terceiro maior orçamento no Governo, mas a saúde está em situação crítica.

A governadora Suely Campos tem sido generosa com o ‘sobrinho’, o dentista Paulo Bastos Linhares, o Paulinho, que toma conta da Secretaria de Saúde do Estado.

Destinou mais R$ 5,892 milhões a título de crédito suplementar para a pasta de Paulinho. No mês passado foram outros R$ 32 milhões.

O volume de dinheiro que gira na pasta de Paulinho é absurdo, mas não tem surtido o objetivo que é prestar serviço médico de qualidade nas unidades de saúde do Estado.

Anteontem, por exemplo, o Conselho Regional de Medicina anotou em relatório que o Hospital Geral de Roraima e a Maternidade Nossa Senhora de Nazareth encontram-se em situação absolutamente crítica.

Socorro à Caixa Econômica Federal

O senador Romero Jucá é o autor do relatório que permite a capitalização da Caixa Econômica.

O Senado aprovou ontem projeto de lei que permite a capitalização da Caixa Econômica Federal com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A proposta libera o conselho curador do fundo a adquirir, por resolução, bônus perpétuos emitidos pela Caixa com o objetivo de socorrer o banco público.

O texto aprovado foi o relatório do senador Romero Jucá (PMDB), que apresentou três emendas de Plenário: a primeira autoriza a definição das condições financeiras pelo Conselho Monetário Nacional (CMN); a segunda autoriza estados, municípios e o Distrito Federal a aderirem ao Programa Minha Casa Minha Vida; e a terceira autoriza o FGTS a adquirir da Caixa o instrumento da dívida para enquadramento no Nível 1 do Patrimônio de Referência.

Os contratos poderão ser firmados até 31 de dezembro de 2018 em um valor total agregado de até R$ 15 bilhões. Como houve alteração do texto original, a matéria volta para a Câmara dos Deputados.

Isso, trocando em miúdos, quer dizer que se poderá capitalizar a Caixa com recursos do FGTS sem perder patrimônios do fundo, dando condições de se retomarem os financiamentos de imóveis tanto do Minha Casa Minha Vida, quanto de imóveis de todas as faixas”, explicou Jucá.

Camelódromo vai a debate hoje

A obra do Centro Comercial ainda está embargada pela Justiça. Assunto será debatido hoje.

Representantes da Prefeitura de Boa Vista e da população se reúnem nesta quarta-feira, 13, no auditório do Palácio 9 de Julho, em uma audiência pública que vai discutir a construção do Centro Comercial Popular, o Camelódromo.

O centro comercial, na avenida Silvio Botelho, no Centro de Boa Vista, terá área de 2.501,49 m², contemplando 96 boxes comerciais, 14 lanchonetes, praça de alimentação e passeio público com acessibilidade.

A obra havia sido suspensa em outubro deste ano a pedido do Ministério Público Estadual. Recentemente a Justiça de Roraima liberou a construção de 2% do Camelódromo para que os recursos do convênio com o Ministério da Defesa não fossem devolvidos.

O novo espaço será destinado aos vendedores cadastrados no ano passado e que aguardam atendimento na área de estacionamento do Caxambu. A obra vai melhorar a qualidade de vida dos camelôs que desenvolvem suas atividades na rua, expondo suas mercadorias em pleno passeio público.

Desafios da agricultura familiar em Roraima

Para Jalser a agricultura familiar tem que ter um olhar diferenciado pelo Estado.

Acontece amanhã, na Assembleia Legislativa, a partir das 14 horas, a audiência pública ‘Problemática da Agricultura Familiar no Estado de Roraima’. A proposta, de autoria do presidente Jalser Renier (SD), pretende debater sobre os desafios enfrentados pelos produtores desde a orientação técnica ao escoamento.

Conforme o parlamentar, o evento reunirá representantes de diversos segmentos, como cooperativas, sindicatos, instituições públicas e privadas ligadas ao setor da agricultura familiar, além dos próprios agricultores.

É um setor econômico importantíssimo para a economia do nosso Estado e que deve receber um olhar diferenciado, atencioso por parte do Poder Público. É primordial a participação de todos nesse debate”, comentou o presidente.

Boa Vista ganha ônibus biarticulado | A Prefeitura de Boa Vista entrega nesta quarta-feira, 13, o primeiro ônibus biarticulado do município. Com capacidade para 270 pessoas, o ônibus vem equipado com ar-condicionado e elevador para pessoas com necessidades especiais, a fim de melhorar a acessibilidade no transporte de passageiros na cidade de Boa Vista.

Aprovado o PPA de Boa Vista 2018-2021

Sessão da Câmara de Vereadores, ontem de manhã, em que foi aprovado o PPA da Prefeitura.

Em turno único o plenário da Câmara de Vereadores discutiu e aprovou ontem com 13 votos favoráveis e 2 abstenções, o Plano Plurianual (PPA) 2018-2021, da Prefeitura de Boa Vista, que estabelece os programas, as ações e as metas físicas e financeiras da administração pública municipal para os próximos quatro anos.

A proposta foi alterada por três emendas do vereador Genival da Enfermagem (PTC),  que garantem concurso público para a contratação de até mil servidores municipais, em 2019 e 2020, a concessão a partir de 2019 de gratificação de risco de vida aos servidores municipais vigilantes e de gratificação de 60% do salário-base por desgaste físico, mental e risco de vida aos profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A matéria aprovada segue para a sanção da prefeita Teresa Surita (PMDB). Por repetidas vezes, vários vereadores, como o líder da Prefeitura na Câmara, Zélio Mota (PSD), opinaram pela rejeição da maioria das emendas, com o argumento de que o PPA já contempla as ações propostas nas alterações.


CONTATOS DO AUTOR | www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts