FRAUDE NO SENADO | Revista Crusoé aponta Mecias de Jesus como principal suspeito. Senador nega.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h05

Mecias é visto aqui votando na eleição do Senado, no dia 2. Foto | Agência Senado

A revista política Crusoé noticia em sua última edição o que chamou de ‘bomba’. Revelou com exclusividade o nome do principal suspeito de ter fraudado a eleição para presidente do Senado. Trata-se, segundo a publicação, do senador roraimense Mecias de Jesus (PRB). A reportagem com os detalhes só é disponível para assinantes da Revista.

A fraude ocorreu no dia 2 de fevereiro durante a eleição para a Presidência do Senado. Durante a apuração da primeira votação foram contadas 82 cédulas de votação sendo que a Casa é composta por 81 parlamentares.

Uma foto do voto do senador Mecias de Jesus a que a revista “Crusoé” teve acesso mostra o momento em que ele insere na urna um papel de superfície lisa e sem qualquer inscrição, diferentemente dos demais colegas. O envelope oficial de voto contém um brasão da República de um lado e, de outro, uma marca em que se lê Senado Federal.

O presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM) já solicitou da corregedoria que invoque a participação da Polícia Federal na apuração. A investigação quer apurar na verdade quem foi o senador que votou duas vezes no senador Renan Calheiros (MDB).

“Os brasileiros esperam uma resposta porque numa votação de um presidente de um poder, onde tem 81 membros, ter 82 cédulas é um sinal de desprestígio para política e para os políticos. Então eu entendo que o corregedor vai dar celeridade”, disse o senador Davi Alcolumbre, presidente do Senado.

Roberto Rocha, o corregedor do Senado, disse no início da noite de ontem que vai conversar com Mecias de Jesus . Rocha não confirmou se o senador de Roraima está na lista dos suspeitos.

Em nota encaminhada à imprensa, no meio da noite de ontem, o senador Mecias de Jesus negou a acusação publicada por uma revista de que ele teria tentado fraudar a eleição para a Presidência do Senado. Ele diz estar com a consciência limpa.

Mecias afirmou a um jornalista que o abordou no corredor do Senado que não foi informado pela Corregedoria sobre a suposta suspeição sobre seis senadores, tampouco sobre o andamento das investigações, que são sigilosas, nem tem conhecimento dos procedimentos de apuração.

PREFEITURA: Mais títulos definitivos

Teresa entregou mais 143 título definitivos. Foto | Jackson Souza

A prefeita Teresa Surita (MDB) entregou mais 143 títulos definitivos para moradores atendidos pelo Programa de Regularização Fundiária.

Segundo Teresa a prefeitura já alcançou a meta de 3 mil títulos entregues desde que o programa foi implantado em 2017, após o repasse das terras da União para o município.

“Já atingimos dos três mil títulos e vamos continuar trabalhando incansavelmente para entregar o maior número de títulos da cidade de Boa Vista. Nós já começamos 2019 com a 1ª entrega e muitas outras virão. Então, vamos celebrar este momento, pois, realmente, receber o título muda completamente a situação da casa. Você fica dono de fato e de direito e tem todos os direitos legais, como herança, financiamento e o valor do imóvel que aumenta muito é uma outra realidade” destacou.

Ao todo, foram beneficiados pela prefeitura moradores de 14 bairros: Asa branca, Caimbé, Calungá, Cidade Satélite, Santa Tereza, Tancredo Neves, São Vicente, Dr. Silvio Leite, Piscicultura, Jóquei Clube, Buritis, Alvorada, Raiar do Sol, Cambará.

Os títulos são entregues devidamente registrados em cartório, sem ônus para o proprietário do imóvel.

O ponta-pé inicial

Jefferson abriu a temporada de pronunciamentos. Foto | Alex Paiva (ALE)

Coube ao novato Jefferson Alves (PTB) abrir a temporada de pronunciamentos no plenário da Assembleia Legislativa de Roraima na nova legislatura que se iniciou ontem.

O deputado inaugurou a Tribuna falando de si, um pronunciamento inicialmente para agradecer o povo de Roraima e depois para retratar um sonho.

Disse que desde a juventude ambicionava um dia estar ali, exatamente naquele local onde se manifestou na manhã de ontem. E agradeceu tudo ao pai a quem revelou ter se inspirado um dia para ingressar na carreira política.

Renato Silva ataca Disney

Renato Silva atacou o chefe da Casa Civil. Foto | Alex Paiva (ALE)

O chefe da Casa Civil de Denarium, Disney Mesquita, serviu de alça de mira do deputado Renato Silva (PRB) ontem de manhã.

Enquanto discursava na Tribuna da Assembleia, Renato desviou de repente do foco e passou a atacar Disney com ‘bala de canhão’ a quem chamou de “homem baixo, homem sujo que só age sorrateiramente”.

Parece que Silva não bateu ainda a poeira da campanha. Disse que o grupo de Denarium fez ataques sorrateiros prejudicando-o em alguns momentos.

Renato se manifestou com rusticidade em relação a Disney: “Reconheço que ele [Disney] foi peça chave na eleição de Denarium. Mas será ele [Disney] que levará o governador para o fundo do poço”.

COMISSÕES: Escolhidos os presidentes

Deputados reunidos para definir comissões. Foto | Eduardo Andrade (ALE)

Foram definidos ontem na Assembleia Legislativa os integrantes das 20 comissões permanentes. O presidente da Casa, deputado Jalser Renier (SD), ressaltou que as comissões ganharão um ritmo de trabalho diferenciado, para garantir ainda mais produtividade à Casa.

“As comissões representam a espinha dorsal do funcionamento do parlamento estadual. É obrigação e direito do deputado estadual fazer com que seja cumprida a Carta Magna e o Regimento Interno desta Casa. Vamos cobrar com severidade, austeridade e compromisso a responsabilidade no tratamento destas comissões”, disse Jalser.

Segundo o presidente, o trabalho destes grupos técnicos será conduzido com transparência. “Vamos fazer também com que esse trabalho seja acompanhado em todos os municípios e bairros”, disse, ao ressaltar que as reuniões podem ser acompanhadas em tempo real pela TV Assembleia e em mecanismos como o site da instituição e Diário Oficial do Poder Legislativo.

Veja relação das comissões e seus respectivos presidentes:

  1. Comissão de Justiça e Redação Final: Jeferson Alves (PTB) – presidente
  2. Comissão de Administração, Serviços Públicos e Previdência: Soldado Sampaio (PcdoB) – presidente
  3. Comissão de Defesa Social, Segurança Pública e Sistema Penitenciário: Nilton do Sindipol (PATRI) – presidente
  4. Comissão de Educação, Desportos e Lazer: Evangelista Siqueira (PT) – presidente
  5. Comissão de Cultura e Juventude: Renan Filho (PRB) – presidente
  6. Comissão de Saúde e Saneamento: Neto Loureiro (PMB) – presidente
  7. Comissão de Orçamento, Fiscalização Financeira, Tributação e Controle: Dhiego Coelho (PTC) – presidente
  8. Comissão de Tomada de Contas: Gabriel Picanço (PRB) – presidente
  9. Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte: Tayla Peres (PRTB) – presidente
  10. Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural: Aurelina Medeiros (Pode) – presidente
  11. Comissão de Terras, Colonização e Zoneamento Territorial: Odilon Filho (PATRI) – presidente
  12. Comissão de Políticas Indigenistas: Lenir Rodrigues (PPS) – presidente
  13. Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável: Eder Lourinho (PTC) – presidente
  14. Comissão da Indústria, Empreendedorismo, Comércio, Turismo e Serviços: Jorge Everton (MDB) – presidente
  15. Comissão de Relações Fronteiriças, MERCOSUL, de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação: Ione Pedroso (SD) – presidente
  16. Comissão de Viação, Transporte e Obras: Renato Silva (PRB) – presidente
  17. Comissão de Defesa dos Direitos da Família, da Mulher, da Criança, do Adolescente e Ação Social: Betânia Medeiros (PV) – presidente
  18. Comissão de Direitos Humanos, Minorias e Legislação Participativa: Catarina Guerra (SD) – presidente
  19. Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso: Brito Bezerra (PP) – presidente
  20. Comissão de Ética Parlamentar: Coronel Chagas (PRTB) – presidente
VENEZUELA: EUA pressionam Brasil

Militares da Venezuela bloqueiam fronteira com a Colômbia.

Os EUA querem que o Brasil use força militar para entregar ajuda humanitária à Venezuela. A área de Defesa brasileira resiste à ideia por temer que a situação escale para um conflito, e também vetou a sugestão de que soldados americanos participassem da operação.

O chamado cerco humanitário ao regime chavista de Nicolás Maduro é uma das formas de pressão que os EUA e seus aliados montaram para tentar retirar o ditador do poder.

Nas últimas semanas, os EUA aumentaram a pressão sobre o Brasil para uma cooperação semelhante. O Palácio do Planalto informou que a operação na região já é feita em coordenação com os americanos, mas descartou o envolvimento físico de Washington.

Base de distribuição em Roraima

A ajuda humanitária para a Venezuela em um armazém, em Cúcuta.

O governo brasileiro montará uma força-tarefa em aqui em Roraima para ajudar na entrega de ajuda humanitária enviada pelos EUA e em coordenação com a oposição venezuelana.

A ideia é que os alimentos e remédios sejam recolhidos por caminhões venezuelanos, conduzidos por cidadãos venezuelanos, que cruzarão a fronteira para levar a ajuda.

A ideia inicial é a aproximação logística de Pacaraima. E aguardar nessas regiões a chegada dos caminhões conduzidos por venezuelanos direcionados pelo presidente Guaidó”, disse Rêgo Barros, porta voz da Presidência.

Roraima será o segundo ponto de envio de ajuda humanitária, ao lado de Cúcuta, na Colômbia. Um terceiro centro de envio seria organizado em Curaçao, nas Antilhas. Alimentos e remédios estarão disponíveis em Boa Vista e em Pacaraima, cidade que faz fronteira com a venezuelana Santa Elena de Uairen.

5.836 podem perder o título | O eleitor que não votou e não justificou a ausência nas três últimas eleições (cada turno é considerado uma eleição) ou não pagou as multas correspondentes poderá ter o título cancelado. Em Roraima, 5.836 eleitores foram identificados como faltosos e devem comparecer ao cartório eleitoral para regularizarem sua situação no período de 7 de março a 6 de maio. A partir desta quarta-feira (20), os cartórios eleitorais disponibilizarão ao público as relações contendo os nomes e os números dos títulos desses cidadãos. Dados estatísticos divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostram que Roraima foi a unidade da Federação com menos eleitores faltosos. São Paulo foi o estado brasileiro com mais cidadãos nessa condição (717.653), seguido do Rio de Janeiro, com 312.783, e Minas Gerais, com 239.710 eleitores faltosos.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: