Governo prevê até 31 de maio o leilão para suprimento de energia em Roraima.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h10

Leilão terá função de suprir deficiência energética de Roraima.

O Ministério de Minas e Energia (MME) determinou que o leilão para suprimento de energia em Roraima seja feito até 31 de maio, conforme portaria publicada na edição de ontem (14) do Diário Oficial da União.

O prazo representa uma extensão de 15 dias em relação ao previsto inicialmente. O prazo para cadastramento e entrega de documentos termina às 12h de 1º de março deste ano, com aumento de prazo também de 15 dias.

De acordo com a sistemática, serão ofertados dois produtos para a garantia do suprimento de Roraima: potência e energia. Na modalidade de energia, os contratos de suprimento terão duração até 31 de dezembro de 2035.

Na modalidade potência, está prevista a contratação de dois subprodutos: gás e renováveis e outro, de demais fontes. No primeiro subproduto serão contratadas soluções de suprimento que tenham como fontes primárias gás natural ou renováveis, com término de suprimento previsto para 31 de dezembro de 2035. No subproduto demais fontes, serão contratadas outras soluções não enquadradas nas opções anteriores, com término de suprimento em 31 de dezembro de 2027.

Os vendedores poderão considerar em seus lances as perdas elétricas até o ponto de entrega e até mesmo perdas internas e o consumo interno do empreendimento. A portaria com a sistemática do leilão ficará aberta a contribuições pelo período de 10 dias.

De acordo com o MME, a proposta de portaria reflete o interesse público pelo aumento da segurança de suprimento de energia elétrica do sistema elétrico de Roraima e pelo aumento da concorrência nos leilões em prol da modicidade tarifária.

Denarium põe fim ao concurso

Denarium decretou ontem o fim do concurso da Polícia Civil.

O governador Antônio Denarium (PSL) optou pela decisão mais drástica e desagradável para quem sonhava fazer carreira na Polícia Civil.

Ontem ele publicou decreto no Diário Oficial do Estado determinando definitivamente o cancelamento do Concurso da Polícia Civil, que será realizado amanhã e depois.

Fica cancelada a realização do concurso público para provimento de cargos das carreiras da Polícia Civil do Estado de Roraima. Ficam resguardados os direitos dos candidatos à devolução do valor correspondente à taxa de inscrição no certame, cabendo à Secretaria de Estado da Administração adotar as medidas necessárias para tanto”, diz o decreto.

Ontem, a Justiça acatou as justificativas do governo de que o concurso causaria grande impacto financeiro nas contas públicas, tendo em vista que não estava previsto na Lei Orçamentária Anual (LOA).

O por último, nessa pendenga de realiza ou não o certame, o Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) informou que decisão ficava a cargo do Poder Executivo. E Denarium optou por cancelar.

MP dá última cartada

O MP ainda tenta manter na Justiça o concurso da Civil para amanhã.

O Ministério Público do Estado de Roraima, por intermédio da Promotoria de Justiça de Execução Penal e Controle da Atividade Policial, interpôs recurso para que à Justiça determine à realização das provas marcadas para os dias 16 e 17 (amanhã e depois) do concurso para provimento de vagas no quadro da Polícia Civil.

No recurso, protocolado ontem à tarde de ontem, o MP requer também a reforma da decisão que tornou sem efeito a determinação proferida pela Justiça no último dia 04/02, bem como que o Estado  mantenha a continuidade do concurso até que haja um julgamento definitivo do processo.

Conforme o recurso do MPRR, no edital de abertura do concurso público verifica-se que o prazo de validade do certame é de 2 anos prorrogável por mais dois anos a contar da data da homologação do resultado final do curso de formação, portanto, o Estado ainda teria um prazo de ao menos quatro anos para a nomeação dos aprovados.

YONNY PEDROSO: Mais um escândalo

Yonny e Wallace são personagens de mais investigações da PF.

A deputada estadual Yonny Pedroso (Solidariedade) está envolvida em um novo escândalo: agora por ‘gatunar’, junto com o marido José Wallace Barbosa da Silva, R$ 19 milhões em contratos suspeitos com a Secretaria de Educação, na gestão de Suely Campos.

Nos fatos agora revelados a Polícia Federal apurou que empresa Elloo Empreendimentos, pertencente à Yonny e José Wallace fez contratos com a Secretaria de Educação (a galinha dos ovos de ouro do casal), nos valores de R$ 5.082 milhões para fornecer livros didáticos e R$ 13.142 milhões para manutenção de centrais de ar nas escolas estaduais.

Mas segundo a PF, a Elloo não entregou todos os livros “Povos Indígenas Brasileiros” e “África em Cores”, como previa no contrato, da mesma forma recebeu dinheiro do governo sem dar a devida atenção aos ar-condicionados nas escolas.

A reputação da deputada até mesmo entre colegas de Assembleia não é das melhores. Ontem, na ‘Rádio Corredor’, o burburinho é de que ela não terá estabilidade emocional para tocar o mandato a partir da próxima terça-feira quando os trabalhos serão retomados.

Isso se ainda estiver ‘solta’ – em prisão domiciliar – porque a qualquer momento pode retornar à Cadeia Feminina por ter removido a tornozoleira eletrônica sem autorização da Justiça.

Prefeitura convoca mais 119 aprovados

A prefeita Teresa convoca mais 119 aprovados para a educação.

A Prefeitura de Boa Vista publicou no Diário Oficial do Município de ontem, 14, a convocação de 119 candidatos aprovados para o cargo de professor (pedagogo) e 20 professores de educação física.

Todos os 139 aprovados foram convocados pela prefeitura dentro do número de vagas ofertadas, suprindo a demanda da Secretaria Municipal de Educação para o ano letivo de 2019. As provas ocorreram em outubro de 2018, e contou com mais de 27 mil candidatos inscritos no certame para cuidador, professor pedagogo e professor de educação física (nível superior).

Os convocados deverão comparecer à Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas, da Prefeitura Municipal de Boa Vista – RR, que fica no Palácio 9 de Julho, Rua General Penha Brasil n° 1011 – São Francisco, no período de 18 a 22 deste mês, das 8h às 14h, munidos dos documentos pessoais, certidões, exames médicos, declaração original relativa ao assento funcional, expedida pelo órgão próprio, no caso de o candidato ser servidor público e formulário pré-admissional.

Cuidadores – Nesta sexta-feira, 15, também será publicado no Diário Oficial a convocação para 70 novos cuidadores. De acordo com a prefeita Teresa Surita, no início de 2019 foram convocados o número necessário de profissionais, mas nem todos assumiram sua função, sendo preciso aguardar o prazo de lei para dar continuidade ao chamamento.

 Fraude no Senado: “algo irresponsável”, diz Chico

Chico considerou o episódio como  ‘brincadeira irresponsável’.

O senador Chico Rodrigues, do DEM de Roraima, considera a fraude na eleição para presidente da Casa “algo extremamente irresponsável e reprovável”.

Ele disse que compreende o clima de indignação, mas, em conversa com O Antagonista, quis deixar claro que o episódio não interferiu no resultado da disputa.

“O voto iria mudar o resultado? Não. Talvez tenha sido uma brincadeira irresponsável, não sei. O gesto, claro, é reprovável. Só que o Senado tem tantas coisas grandes para cuidar. Não vejo razão para jogar esse caso para o Conselho de Ética, abrir sindicância, essas coisas”.

Sarampo: RR não atinge meta

Roraima não atingiu a meta proposta pelo Ministério da Saúde.

Dados preliminares do ano passado divulgados hoje (14) pelo Ministério da Saúde indicam que, dos 5.570 municípios brasileiros, 2.751 (49%) não atingiram a meta de cobertura vacinal contra o sarampo, que deve ser igual ou maior que 95%.

Os dados são ainda mais preocupantes nos estados que registram surto da doença – no Pará, 83,3% dos municípios não atingiram a meta; em Roraima, o índice é 73,3% e, no Amazonas, 50%.

Os dados mais atualizados do Ministério da Saúde sobre sarampo são do dia 28 de janeiro e contam com informações repassadas pelas secretarias estaduais de Saúde. Atualmente, três estados apresentam transmissão do vírus: Amazonas, com 9.803 casos confirmados; Roraima, com 355; e Pará, com 62.

De fevereiro de 2018 a 21 de janeiro deste ano, foram confirmados 10.302 casos da doença no Brasil. Permanecem em investigação 50 casos nos estados de Roraima, do Amazonas e do Pará, sendo 33 notificados pelos estados em janeiro e início de fevereiro deste ano.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: