“Inaceitável e mesquinha”, afirma Teresa sobre atitude de alguns vereadores que não votam a LOA.

 “Inaceitável e mesquinha”, afirma Teresa sobre atitude de alguns vereadores que não votam a LOA.

Teresa escreveu em seu Twitter que a população certamente não aprova a postura dos vereadores sobre o orçamento da Prefeitura.

Compartilhe este artigo

There is no ads to display, Please add some

A ex-prefeita de Boa Vista, Teresa Surita, utilizou novamente as redes sociais nesta quinta-feira (14) para se manifestar quanto ao atraso na aprovação da Lei Orçamentária Anual (LOA) pelos atuais vereadores da Câmara Municipal.

Fui prefeita e construí uma Boa Vista que tds se orgulham. Agora como cidadã, sei como é perigoso pra Boa Vista o que está acontecendo na Câmara de Vereadores. Vereadores confinados, reuniões na assembleia e no palácio, benefícios individuais”, escreveu em sua conta do twitter.

Teresa explicou ainda algumas das consequências da não aprovação da LOA. “Não votar a LOA significa que as pessoas serão prejudicadas, é não ter merenda, remédio, uma vez que o prefeito @arthurboavista fica impedido de trabalhar. Está claro a politicagem atrás disso que só prejudica as pessoas com esse jogo baixo”, afirmou.

A LOA foi enviada à Câmara em setembro de 2020 e, apesar das inúmeras tentativas para sua apreciação e votação, muitos vereadores que não foram reeleitos e até os reeleitos se negaram a comparecer às sessões para apreciar a matéria, inclusive o atual presidente Genilson Costa (SD), prejudicando o início dos trabalhos da atual gestão do prefeito Arthur Henrique.

Ainda de acordo com a ex-prefeita, essa manobra dos vereadores visa as eleições estaduais de 2022.

“Boa Vista sempre avançou com o orçamento q enviamos. O q vejo é um grupo alienado da realidade, por motivos políticos, atrapalhar o trabalho do @arthurboavista visando 2022. Atrapalhando o crescimento da cidade. Inaceitável e mesquinho! A população de Boa Vista merece respeito!”, finalizou Teresa.

Posicionamento da Prefeitura de Boa Vista

A Prefeitura de Boa Vista esclarece que, caso a Lei Orçamentária Anual (LOA) deixe de ser aprovada pelos vereadores, todos os serviços públicos, inclusive os essenciais, serão prejudicados.

Também poderá haver prejuízos nos pagamentos dos salários dos servidores públicos e de prestadores de serviços. O funcionamento dos postos de saúde, da coleta de lixo, limpeza urbana, dentre outros, também poderão ser comprometidos.

Neste ato, a Prefeitura pede, mais uma vez, que o presidente da Câmara Municipal, vereador Genilson Costa, tenha a sensibilidade de pôr em votação a Lei Orçamentária e que os demais vereadores a aprovem, garantindo a manutenção do funcionamento de todos os serviços do município, em benefício da população de Boa Vista.

Com informações: Boa Vista Já

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: