Instituições firmam acordo para garantir finalmente a reforma da Penitenciária Agrícola do Monte Cristo.

Compartilhe nosso conteúdo!
A Coluna de Hoje | Publicada 00h12
São essas as condições na PAMC o que tem provocado rebeliões e fugas frequentes na Penitenciária.

O Ministério Público do Estado de Roraima, junto com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), o Ministério Público Federal e a Advocacia-Geral da União (AGU) firmaram acordo com o Governo do Estado de Roraima para a realização da reforma imediata da Penitenciária Agrícola do Monte Cristo (PAMC) e a construção de uma unidade prisional de segurança máxima.

O acordo prevê a liberação dos recursos do Fundo Penitenciário Nacional (Funpen) no valor R$ 17 milhões que estavam bloqueados após decisão judicial da 4ª Vara da Seção Judiciária da Justiça Federal em Roraima, em fevereiro deste ano, mediante o comprometimento do Governo do Estado em realizar, com urgência, a reforma da PAMC e iniciar as obras do novo estabelecimento prisional que ficará localizado ao lado da penitenciária agrícola.

Ainda conforme o acordo, o Estado de Roraima deverá enviar relatórios mensais com os resultados e andamentos da revitalização da PAMC ao MPRR e MPF, que juntamente com o Depen acompanharão a utilização das verbas para os fins previstos.

Durante a reunião, a Procuradora-Geral de Justiça, Elba Amarante, ressaltou que todos estão imbuídos na concretização do acordo. “Esperamos que no próximo encontro já possamos tratar dos ganhos para a sociedade a partir dessa união de esforços que visa resultar em uma mudança efetiva do cenário carcerário local”, pontuou a procuradora-geral de Justiça. Fonte | MPE/RR

George Melo no TCE
George Melo é forte candidato a ocupar a vaga de conselheiro no Tribunal de Contas.

O deputado George Melo tem grande chance de não engrossar a estatística dos desempregados após o primeiro turno das eleições.

George não conseguiu a reeleição mas seu nome aparece vigoroso para substituir o conselheiro morto Essen Pinheiro, no Tribunal de Contas do Estado (TCE).

A campanha pró-George está sendo puxada pelo próprio presidente da Assembleia, Jalser Renier, a quem cabe indicar e aprovar o novo vitalício. É eleição garantida.

A vaga está aberta desde a morte de Essen, em janeiro deste ano, mas só pode ser preenchida depois que Jalser der o start para a abertura e votação do processo na ALE.

Virada improvável
Denarium continua na dianteira, segundo as pesquisas, em relação a Anchieta Júnior.

O cenário das eleições a governador não mudou desde o primeiro turno na maioria dos estados. Só em três das 14 unidades da federação onde haverá segundo turno, os candidatos que ficaram em segundo lugar aparecem, agora, na primeira posição.

No Amapá, o ex-governador João Capiberibe (PSB) ultrapassou Waldez Góes (PDT), atual governador e que recebeu recentemente o apoio do PSL de Jair Bolsonaro.

Em Santa Catarina e em Rondônia, o apoio do primeiro colocado nas eleições presidenciais fez com que os candidatos do PSL Comandante Moisés (SC) e Coronel Marcos Rocha (RO) ultrapassassem seus adversários.

Aqui em Roraima segue a mesma tendência do primeiro turno com Denarium galopando léguas na frente do adversário Anchieta, embora exista um certo otimismo de que é possível vira o jogo em favor do ex-governador.

Denarium foge do debate
A exemplo de Bolsonaro, Antônio Denarium não participou do último debate. Foto | Facebook

O candidato ao Governo de Roraima, Antônio Denarium (PSL) – a exemplo do companheiro de Partido, o presidenciável Jair Bolsonaro – não participou do debate da Rede Globo (aqui na TV Roraima), realizado ontem.

Ele debateria com o José de Anchieta (PSDB), durante 1h30m temas diversos e propostas para um novo governo que se inicia em janeiro de 2019.

Anchieta lamentou a ausência, em entrevista à própria TV Roraima, mas como lambuja ganhou uma entrevista ao vivo, no mesmo cenário, de 20 minutos.

Denarium justificou, por meio de mensagem no Facebook, que optou por se ausentar do debate porque no último foi exaustivamente atacado e ofendido pelos adversários. E para evitar mais polêmicas, “pois não é esse o objetivo dos debates”, decidiu não comparecer.

A exemplo de Bolsonaro, Denarium fez uma ‘live’ em sua página no Facebook onde interagiu com eleitores, respondendo perguntas e debatendo assuntos do interesse coletivo. Enquanto durou a transmissão houve 1.200 curtidas, 6.470 comentários, 14 mil visualizações e mais de 923 compartilhamentos.

Anchieta copiou plano de Aécio
Páginas extraídas dos dois planos de governo: textos absolutamente idênticos. Foto | Facebook

O final de campanha na TV tá pegando fogo, literalmente. Ontem o programa de Antônio Denarium desdenhou do adversário Anchieta Júnior por este ter ‘colado’ ipsis verbis‘ para seu programa de Governo [entregue no TRE], propostas de Aécio Neves na campanha de 2014.

O plano de governo de Anchieta é uma cópia fiel do que foi apresentado por Aécio, então candidato a presidente [eleito deputado federal este ano], apenas com a troca dos vocábulo “país” por “Roraima”. O pessoal do Anchieta, esperto, aplicou o famoso ‘CTRL C + CTRL V’.

“Não existem itens originais. Na maioria das \\vezes o único trabalho do candidato foi trocar a palavra “país” pelo vocábulo “Estado”. As propostas são exatamente as mesmas do candidato tucano, muitas genéricas, sem qualquer embasamento ou pura enrolação”,  disse o texto do programa de Denarium, ontem no horário eleitoral gratuito.

Sem auditoria. O quê?
Anchieta teria pedido apoio de Suely: nada, porém, oficializado.

O comando da campanha de José Anchieta bateu na porta da residência oficial de Suely Campos, na Praça da bandeira. Foi pedir apoio.

Fazer aliança com Suely não é um bom negócio, pelas consequências danosas de sua administração, porém, o pessoal do Anchieta acha verossímil tentar atrair o eleitorado dela (29 mil votos).

Suely, porém, fez uma única exigência para aliar-se ao roliço: caso ele seja eleito, não realize auditorias nas contas do governo. Se de fato foi aceito por Anchieta ele estará sendo conivente com a mais desastrosa gestão pública jamais vista na administração do Estado.

Mas isso não livra Suely de possíveis penalidades pelas bobagens cometidas nesses 4 anos. Os órgãos de controle certamente dar o remédio jurídico para esse mal que acometeu Roraima.

Dinheiro para a UFRR
O ministro Marcos Jorge recebeu o reitor da UFRR e anunciou recursos de R$ 6,8 milhões.

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge, debateu ontem com o reitor da Universidade Federal de Roraima (UFRR), Jefferson Fernandes, alternativas para incrementar as atividades da instituição e ampliar a captação de recursos federais.

A instituição e o estado de Roraima como um todo têm sido impactados pela intensa migração de venezuelanos que cruzam a fronteira com o Brasil em busca de melhores oportunidades.

Na audiência, que contou também com a presença do diretor da Secretaria de Educação Superior do Ministério da Educação, Weber Souza, ficou acertado que a UFRR receberá R$ 6,8 milhões para financiar obras necessárias no campus, como cercamento, esgoto, guarita, entre outras.

O MDIC, por sua vez, se comprometeu a organizar um seminário em Roraima para atrair empresas que tenham propostas e interesses em desenvolver pesquisas utilizando a lei de informática e conhecer os projetos que estão sendo desenvolvidos pela UFRR. A lei de informática da Zona Franca de Manaus exige a descentralização dos investimentos por todos os estados da região Norte.

Mais 30 vão embora
Um grupo de mais 30 venezuelanos foi levado ontem ela FAB pata Salvador. Foto | TV Roraima.

Mais um grupo de 30 venezuelanos que estava em abrigos de refugiados em Boa Vista, foi levado ontem para Salvador (BA). De acordo com autoridades brasileiras, eles chegarão à capital baiana com vagas de trabalho ou empregabilidade já sinalizadas.

É a primeira vez que o processo de interiorização é feito com a garantia de uma vaga no mercado de trabalho no local de destino. As vagas foram obtidas graças a uma parceria do governo com a Associação Voluntários para o Serviço Internacional (AVSI), que fez contato prévio com empresas interessadas em mão de obra estrangeira qualificada.

O deslocamento até a capital baiana foi feito em uma aeronave C-99, da Força Aérea Brasileira (FAB). De acordo com a Casa Civil, mais de 2,8 mil venezuelanos já participaram do programa de interiorização. A adesão a esse benefício só é feita após a assinatura de um termo de voluntariedade junto à OIM.

40% de desconto pelo aplicativo | Há três meses a Prefeitura de Boa Vista, pensando na transparência, agilidade e economia aos condutores de veículos, vem oferecendo a oportunidade de acesso a infrações cometidas, por meio do Sistema de Notificação Eletrônica (SNE). A meta é alcançar mais de 200 mil usuários na capital. Criada pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), a ferramenta permite ao motorista o acesso imediato à infração e desconto de até 40% no pagamento das multas emitidas pela Superintendência Municipal de Trânsito (Smtran). Após instalar o aplicativo no telefone celular, é necessário fazer o cadastro, informando os seguintes dados: CPF, e-mail, registro da Carteira Nacional de Habilitação e o código de segurança da CNH.  Depois é só acompanhar as notificações do veículo. O secretário municipal de Segurança Urbana e Trânsito, Raimundo Barros, explicou que as notificações serão enviadas após a adesão da ferramenta. “Multa aplicada antes da instalação do App, não vai ser mostrada. Por isso é importante que o condutor faça logo a adesão do aplicativo, pois vai facilitar, caso ele seja notificado”, disse Barros.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts