Isso é uma vergonha!!! Voltamos ao tempo da luz de velas.

Compartilhe nosso conteúdo!

A Coluna de Hoje | Boa Vista, RR | Publicada 0040

lll
O boa-vistense se vale da vela para clarear suas noites diante dos apagões ocorridos nos últimos dias. Foto Platão Arantes.

O trauma vivido ontem, das 16h21 quando faltou energia na minha casa até seu retorno às 23h22 (três apagões seguidos), confesso que perdi completamente a vontade de escrever esta coluna, absolutamente encolerizado com esses constantes blecautes. Mas não posso deixar de manifestar minha indignação e meu juízo sobre esse drama vivido pela população de Boa Vista em função do caótico problema energético que consome a tranquilidade, tira o sono e causa uma verdadeira hidrofobia nas pessoas.

O que está acontecendo em Roraima é o resultado de uma crônica anunciada. Todos já sabiam que os poucos mais e 100 megawatts adquiridos da Venezuela não seriam suficientes para abastecer Roraima pelo resto da vida. Mas nenhum proeminente foi capaz de prevê que a desgraça um dia viria. E veio. Estamos vivendo hoje talvez os dias mais abstrusos de nossas vidas, porque está certificado que o colapso total  se dará em breve. É só uma questão de dias porque a Venezuela, quebrada, vivendo uma catástrofe, não consegue mais nos sustentar. E a construção de usinas térmicas que foram anunciadas como a libertação temporária, não passam de uma grande mentira.

30 anos vivendo em Roraima jamais senti tanta insegurança, tanta dúvida, diante das improbabilidades de que o saneio da questão energética virá nos próximos dias, nos próximos meses, sei lá, daqui há anos. Pude sentir ontem que o ódio é o cão raivoso que ataca o próprio dono. Me vejo em Roraima dos anos 80 quando a falta de energia elétrica não causava tantos transtornos, porque naquela época a resignação não atormentava as pessoas, não produzia odiosidade. Porque não havia expectativa e nem saídas, ou seja, o conformismo produzia calma suficiente na população, porque diante de qualquer saída provável para o problema, havia a certeza de que nada seria resolvido. E tudo se decidia com um pequeno gerador de energia ou meia dúzia de velas.

O problema da falta de energia em Roraima não é estrutural, é de vergonha mesmo. Dinheiro existe, o que falta é comprometimento e vontade política. Os proeminentes que dominam Roraima só se apercebem que os problemas são reais quando pessoas são vitimadas. É como se estivessem regendo uma fanfarra desafinada, porque desde a elevação a condição de Estado, Roraima sofre o revés dos os grupos dominantes que agem em amparo aos seus próprios desejos. Nunca, nessas duas décadas, houve coletividade, aderência em torno de uma causa.

Os apagões continuarão causando angustia e agonia em todos nós, porque não há um projeto que possibilite uma matriz energética capaz de gerar energia segura e confiável para Roraima nos próximos 3 anos. E a tão sonhada linha de transmissão que viria de Manaus, interligando o Estado ao sistema de distribuição nacional, através da Hidrelétrica de Tucuruí, no Pará, não passa de uma quimera, de um devaneio, uma ilusão e nada mais.

Até que emergiu um sonho em todos nós quando no ano passado partiu em direção a Brasília um verdadeiro cortejo, que tinha de governador a síndico de condomínio e numa entrada triunfal obteve respostas positivas para a questão energética roraimense, levantando o entusiasmo em todos quando foi dito que o “Linhão de Tucuruí” viria. Não veio. E apesar das licenças, das anuências, e até da palavra da presidenta da República, fomos achatados, derrotados por meia dúzia de índios.  NÃO!!! O problema não é estrutural. Os apagões que testemunhamos ontem são a confirmação de que esse é apenas um problema de conjuntura. Se o problema fosse mesmo estrutural teria tido apenas um único apagão.

A desculpa oficial e esfarrapada
lll
ESCURIDÃO | A falta de energia atingiu toda a cidade. Eletrobrás não tem explicação.

A falta de energia que causou transtornos e prejuízos ontem foi causada, segundo a Eletrobrás, por um desligamento na linha de transmissão da Venezuela. Claro, isso todo mundo já sabe.

O que ninguém consegue entender é que o investimento milionário em geração térmica não tem conseguido atenuar o sofrimento das pessoas. As duas unidades que foram montadas nos arredores de Boa Vista nunca funcionam nessas situações de emergência.

A verdade é que o blackout afetou quase 440 mil moradores desde às 16h30, atingindo Boa Vista e todos os municípios do interior, interligados à rede de Guri.

Caos em cadeia
llllll
O CAOS | Nas ruas de Boa Vista a escuridão total, atormentando e causando ódio.

Com os apagões de ontem o acesso à telefonia móvel e internet, agencias de bancos, caixas de supermercados, centros comercias, tudo ficou prejudicado.

Devido ao apagão, alguns bairros da capital ficaram sem o fornecimento de água e muita gente procurou abrigo nos shoppings da cidade, climatizados, pelo menos para amenizar o sufocante calor.

Nessa catástrofe a única certeza que temos nessa escuridão toda é que o pior ainda estar por vir.

Reunião bem tensa
llll
GOVERNADORES | Na foto tudo parece tranquilo no encontro com Dilma. Mas o clima era outro.

A última sexta-feira (4) foi mais que tensa em Brasília por conta do cerco ao ex-presidente Lula da Silva, pela PF.  Foi nesse clima que a presidente Dilma Rousseff recebeu os governadores de todo país (a governadora Suely Campos estava lá) para uma reunião programada há bastante tempo.

O tema: dívida explosiva dos estados. Foi um encontro tão cansativo quanto duro.  Dilma ficou contrariada com a posição dos governadores, que querem recalcular suas dívidas.

Mas a governadora Suely Campos considerou a reunião positiva e importante, pesar de todo o clima de tensão daquele momento.

A toque de caixa
lllll mm
RELATÓRIO | Telmário tem que se manifestar no processo de Delcídio até amanhã.

O senador Telmário Motta (PDT) apresenta na quarta (9), no Conselho de Ética, relatório do processo de cassação de Delcídio do Amaral (PT-MS).

A delação do petista acelerou o trabalho. Mas agora já não faz tanto sentindo o relatório diante dos últimos acontecimentos.

Em Brasília todos sabem que Telmário vai amenizar a vida do colega, mas a cassação do mandato será inevitável. Delcídio não tem condições moais de retornar ao Plenário do Senado.

Cadê os vetos, senhores?
llllll
PLENÁRIO Deputados devem começar hoje a apreciação dos ventos ao Orçamento.

Os deputados estaduais têm mais uma semana, regimentalmente, para apreciar e votar os 71 vetos que a governadora Suely Campos impôs ao Orçamento deste ano.

A mensagem governamental foi lida na sessão do dia 15 de fevereiro, portanto, o prazo acaba no dia 16, próxima quarta.

Mas para o deputado Coronel Chagas, vice-presidente da Assembleia e presidente da Comissão de Orçamento, é provável que a votação se dê esta semana. “Só não sairá a votação se houver algum desentendimento”, disse Chagas.

Lula, o coitadinho 
ll
VITIMIZADO | Lula se dzi  inocente e quer que os brasileiros creditem.

Lula faz o discurso de perseguido “por ter ajudado os pobres”. É aquela coisa. Na hora do aperto, apela-se para todos os santos.

Só que com o PIB caindo 3,8% em 2015 (o pior resultando desde Collor), a tendência do que se avançou no campo social é virar pó, como já começou a acontecer com o emprego.

Ai Lula inventou o discurso da vitimização e com ele quer viabilizar sua candidatura à Presidência, em 2018.

l
SERRA DA MOCIDADE | Exposição no programa Fantástico, da Rede Globo.
Serra da mocidade

Rescaldo da coluna de ontem que abordou como tema principal uma expedição cientifica à Serra da Mocidade, aqui em Roraima, exibida no programa Fantástico, da Rede Globo, recebi o seguinte e-mail:

– Sobre a expedição científica feita ao parque nacional da serra da mocidade, a incursão teve pesquisadores locais como alguns professores do curso de Biologia da UFRR e biólogos do ICMBIO, junto com o INPA, ou seja, não foram só estrangeiros e nem só pessoas de instituições de fora do Estado. Motivos de pessoas não ir a serra, é de difícil acesso, não se chega lá por via terrestre ou fluvial, sendo o único acesso por via aérea (helicóptero) e lembrando que não tem locais adequados para o pouso de aeronaves.

A nota da sorte
llll
SUCESSO | A edição deste mês teve um recorde de cupons cadastrados: 422 mil.

O Governo premiou mais 60 pessoas, ontem, na 6ª edição da Nota Fiscal Roraimense realizada no auditório da Secretaria Estadual da Fazenda.

O sorteio é referente às compras do mês de fevereiro, ou seja, do dia 01 até o dia 29, e nesta edição, a premiação de R$ 100 mil foi sorteada em 50 prêmios de R$ 1 mil e 10 prêmios de R$ 5 mil.

De acordo com o secretário adjunto de Tecnologia da Informação Fazendária da Secretaria Estadual da Fazenda, Diego Leite, o número de cupons registrados neste sorteio aumentou em relação ao mês passado. Mais de 422 mil pessoas se cadastraram.

Pé de página

Peço desculpas aos leitores, seguidores e colaboradores deste blog. A Coluna de hoje foi feita em etapas por conta dos apagões. Mas aos troncos, barrancos e solavancos, consegui escrevinhar algo e disponibilizar aqui. Pelo menos para não me curvar a bagunça que a falta de energia nos causa.


CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts