JOGO SUJO: Grupo de vereadores quer tomar Presidência da Câmara para atrapalhar gestão de Arthur. Teresa protesta.

Compartilhe nosso conteúdo!

Um grupo de vereadores quer tomar na base da força a presidência da Câmara de Boa Vista – um projeto inescrupuloso patrocinado à custa do dinheiro público e sujo.

Mas a atitude dos nobres edis – eleitos e reeleitos – não visa a melhoria da vida das pessoas, mas aventar ações que atrapalhem a futura gestão municipal, que será comandada a partir desta sexta-feira (1) pelo prefeito eleito Arthur Henrique (MDB).

A irresponsabilidade dos vereadores contrasta com a obrigação de ofício de cada um deles, pois foram eleitos representantes do povo no parlamento justamente para defender a coletividade e não para atrapalhar.

Por outro lado não respeitam sequer a vontade das urnas, o desejo da maioria que elegeu Arthur Henrique com 85% dos votos válidos.

A manobra já está em curso inicialmente com a negação em torno a aprovação do Orçamento Municipal para 2021. Depois com a cooptação de vereadores para eleger Genilson Costa (Solidariedade) – apadrinhado por Jalser Renier, desafeto da prefeita Teresa Surita.

Novos e velhos vereadores estão protagonizam cenas deprimentes a partir de um retiro organizado num balneário fora da cidade para confabular sobre a formação das chapas. Fala-se nos bastidores desse jogo sujo que o pagamento pelo voto alcança estratosférica monta de R$ 500 mil.

Segundo disse o presidente da Casa, vereador Mauricélio Fernandes (MDB), numa entrevista hoje (30) a uma rádio local, a atitude dos vereadores é irresponsável, “porque boicotar deliberadamente a votação do da Lei Orçamentária Anual (LOA) constitui falta de compromisso dos vereadores com a população.

Mauricélio denunciou ainda uma articulação da oposição para eleger uma Mesa Diretora contrária ao prefeito eleito, Arthur Henrique, para criar embaraços durante a sua gestão.

Outro objetivo seria reprovar as contas da atual prefeita, Teresa Surita, e, assim, inviabilizar uma possível candidatura dela ao Governo de Roraima em 2021.

TERESA PROTESTA: “jogo sujo”.

Diante da estarrecedora atitude dos vereadores que se negam votar o Orçamento simplesmente para prejudicar a gestão de Arthur que se inicia no dia 1º de janeiro – nesta sexta-feira – a prefeita Teresa Surita se manifestou em postagem no Twitter.

Estão impedindo a votação do Orçamento de 2021, numa atitude irresponsável. Muitos vereadores atuais não comparecem às sessões para votar o orçamento para que o trabalho por nossa cidade possa continuar. Nunca vi um jogo tão baixo e sórdido como esse. Vocês sabem quem está por trás disso tudo. O governador e o presidente da Assembleia juntos me perseguem o tempo todo e estão querendo impedir o trabalho por Boa Vista através da Câmara de Vereadores para colocar Boa Vista pra trás. Divido com vocês minha indignação. 85% nas urnas mostram com clareza o caminho que queremos seguir”, indignou-se a prefeita.

E encerrou: “Vocês me conhecem bem e sabem que sempre resolvo os problemas com coragem. Sabem também quem está por trás dessa história em fazer o presidente da Câmara com a única intenção de atrapalhar o trabalho do Arthur e impedir minha candidatura a governadora”.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmtail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts