Jornal O Globo faz retratação: ‘Mineradora Boa Vista, de filha do senador Romero Jucá, não atua em área ianomâmi’.

*** A Coluna de Hoje /// Publicada 00h30 ***

O jornal carioca foi obrigado a desmentir seu próprio colunista diante das falsas informações publicadas.

Diferentemente do que o colunista do jornal O GLOBO Arnaldo Bloch publicou no Segundo Caderno do último sábado, dia 26 de agosto, a mineradora Boa Vista Mineração, que tem entre os sócios Marina Jucá Marques, filha do senador Romero Jucá (PMDB), não tem qualquer pedido de pesquisa de mineração em terra indígena ianomâmi.

Em nota à imprensa, Jucá afirma que a empresa da qual sua filha é um dos sócios “não tem nenhuma requisição de mineração em terra indígena ou reserva”. A empresa Boa Vista Mineração nunca apresentou qualquer requerimento ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) para pesquisar minérios em terras indígenas. A companhia já protocolou 42 requerimentos de pesquisa no órgão, todos no estado de Roraima. O foco da pesquisa é amplo, desde ouro e basalto até granito.

Três desses 42 requerimentos visavam a realizar pesquisas em áreas no município de Amajari, a cerca de 10 quilômetros da reserva ianomâmi. Esses pedidos foram apresentados em 2013, com o intuito de pesquisar a existência de ouro no local. Mas a empresa desistiu da investida em 2015. Por isso, as áreas estão, hoje, disponíveis para eventuais interessados.

A Boa Vista Mineração também apresentou requerimentos de pesquisa em áreas que ficam a cerca de 500 metros das terras indígenas Malacacheta e Tabalascada, igualmente no estado de Roraima. Esses últimos pedidos estão sob avaliação do DNPM.

De todos os requerimentos que estão ativos, ou seja, que ainda estão em vigor, quatro já foram autorizados. Dois deles para pesquisar granito, no município de Bonfim, um para pesquisar ouro, em Boa Vista, e outro para pesquisar basalto, também na capital de Roraima. Este último está em fase de licenciamento, segundo informações que constam do site do DNPM.

Minha Opinião | Neudo: 71 anos de glórias e fracassos.

Neudo ergue o braço da esposa Suely naquela histórica vitória onde desancou o grupo governista em 2014.

Apesar da adversidade do momento haverá certamente comemorações neste 1° de setembro – não na fazendinha, claro – afinal de contas ele encontra-se prisioneiro em sua própria casa, mas hoje terá festa na Praça da Bandeira onde mora o ex-governador Neudo Campos, pelos seus 71 anos de vida.

A biografia de Neudo Ribeiro Campos permite sem anfibologias ou equívocos colocá-lo no topo os grandes líderes da história roraimense. Continua sendo admirado mesmo vivendo praticamente na sombra, pois lhe tiraram a liberdade de ir e vir em público. É inegável seu protagonismo na política local, porém em seu conto de príncipe viveu da glória ao fracasso por conta de uma burrice elementar: confiar demasiadamente nas pessoas.

A história do engenheiro que se decompôs político, virou governador e deputado federal, alterou o viés da ciência onde a complexidade e a interconexão da política local poderá ser contada com ele e depois sem ele. Neudo ainda é capaz, apesar de todas as adversidades que sofre por conta do seu envolvimento em um escândalo de desvio de dinheiro público, foi agente principal de feitos inéditos, alcançou glórias impensadas, inimagináveis. Protagonizou por exemplo algo que o velho Brigadeiro Ottomar Pinto tanto tentou e não conseguiu: ‘eleger um toco’.

Isso mesmo, um ‘toco’, no sentido figurado, claro, pois quem em sã consciência poderia um dia presumir, mesmo que em profundo pesadelo, daqueles mais letargos e apavorantes, que sua esposa Suely Campos atropelasse a máquina estatal e fosse consagrada governadora de Estado? Neudo alcançou esse êxito, só não imaginava, óbvio, o desastre que seria a administração dela nos meses seguintes àquela eleição histórica, e que vem se demudando talvez na pior gestão entre todas desde que o pobre Território de Roraima elevou-se a categoria de Estado.

Tudo bem, narrar a vida de Neudo Campos e suas proezas na política aqui nesse espaço, certamente não cabe. Não sou pretensioso a esse ponto. Mas todos em Roraima hão de saber, de ciência própria, que Neudo teve seus valores. Contribuiu com o despertar de novos tempos para Roraima no seu primeiro mandato [1995 a 1998], mas não pavimentou corretamente a estrada de sucesso para anos seguintes e entre erguidas, tombos e solavancos, continua apenas sobrevivendo. Por conta de seu carisma, armazenou atração, encanto e sedução, mas sucumbiu no segundo mandato [1999 a 2002] porque foi perdulário e distraído nas suas alianças. E deu no que deu, todos sabemos. E ai está o ‘Escândalo Gafanhotos’ para nos afrescar a moringa.

No seu aniversário, comemorado hoje, mais que festança – vale comemorar os 71 anos, por que não! – Neudo e sua família deveriam refletir sobre o atual momento. Talvez o pior na história de Roraima, onde a gestão de sua esposa Suely não foi capaz ainda, e certamente não será, de dar uma resposta saudável aos anseios daqueles que a escolheram governadora em 2014. Neudo continua líder e admirado, claro. Mas não mais naquela intensidade de anos atrás. Seus herdeiros políticos e também por conta de tantas desventuras impostas por seguidas decisões judiciais, que lhes cassaram inclusive os direitos poplíticos, desgraçaram o futuro de Neudo. Vida de homem público não terá mais. Trata-se de um horizonte novo com o qual vai ter de viver. [Por Expedito Perônnico – Editor deste Blog].

Beiral: Teresa comora acordos

O novo Beiral oferecerá aos boa-vistense ponto turístico e o principal cartão postal da cidade.

A prefeita Teresa Surita (PMDB) confessou ontem sua alegria com a adesão em massa dos moradores do Caetano Filho, o Beiral, ao projeto de revitalização do bairro.

“A cada dia avançamos no nosso sonho de realizar o projeto de transformação do Caetano Filho”, disse Teresa revelando que mais de 160 acordos já foram fechados com a prefeitura e 68% dos imóveis foram acordados para desapropriação.

Essa área vai receber um ponto turístico com muita qualidade que vai fomentar a economia da cidade, gerando emprego e renda”, afirmou a prefeita.

Nova caminhada: Raul Lima no PRÓS

Raul Lima assumiu o PRÓS e programa sua participação nas eleições estaduais em 2018.

O empresário Raul Lima, ex-deputado estadual e federal, prepara nova caminhada política para disputar as eleições de 2018.

Sem mandato desde 2015, pois não conseguiu se eleger deputado estadual na eleição de 2014, Raul vai enfrentar a nova jornada agora no comando do Partido Republicano da Ordem Social (PRÓS), cuja presidência assumiu no dia 23 de agosto.

O PRÓS, que estava sob o domínio do ex-deputado Márcio Junqueira em Roraima, fara pesquisa de intenção de votos para firmar uma direção para Raul e definir a que concorrer: se ara o Sendo, Câmara dos Deputados ou Assembleia Legislativa.

PEC 199: ficou para terça, dia 5

Josias Licata acredita que a PEC será aprovada pois já há acordo firmado entre os partidos da base.

Ficou para a próxima terça, dia 5, a votação em segundo e último da PEC 199 que possibilita o enquadramento de ex-servidores do ex-Território Federal de Roraima na folha de pagamento da União.

A matéria estava prontinha para entrar na pauta de quarta-feira, segundo Josias Licata – que lidera o movimento pela aprovação da PEC – mas devido a falta de entendimento entre os partidos da base por questões de outras matérias de interesse do Governo, ai não houve tempo para a apreciação.

Licata está confiante que desta vez a PEC, pois já há acerto entre os partidos aliados do Governo para a aprovação, por conta da articulação do líder de Temer, o senador Romero Jucá.

Punição aos traidores

O senador Romero Jucá não admite que integrantes do Partido se rebelem contra o presidente Michel Temer.

O PMDB do senador Romero Jucá (RR) ensaia punição a deputados do partido que ficarem contra o presidente Michel Temer no caso de nova denúncia da Procuradoria-Geral da República chegar à Câmara dos Deputados.

Na denúncia anterior, Jucá suspendeu os rebeldes, favoráveis à investigação do presidente pelo Supremo Tribunal Federal, por 60 dias.

O PMDB não aceita em hipótese alguma que integrantes de seus quadros contrarie a cartilha partidária, principalmente opondo-se ao presidente da República.

Mil venezuelanos por dia

Diariamente dezenas de venezuelanos procuram a PF em Boa Vista em busca de refúgio em Roraima.

Dados apresentados pelo embaixador do Brasil em Caracas Tarcísio Costa mostram que 24 mil venezuelanos buscaram refúgio no Brasil e cerca de mil chegam todos os dias, vindos principalmente pela fronteira com Roraima – número 25 vezes menor que o número de venezuelanos que atravessa a fronteira com a Colômbia.

Costa é diretor do Departamento da América do Sul Setentrional e Ocidental do Ministério das Relações Exteriores, o Itamaraty.

A proximidade, localização e relações econômicas fazem da Venezuela um parceiro estratégico do Brasil, que exporta principalmente carne (proteína) para o país vizinho, que por sua vez importa 30% do que consome.

Assembleia ao Seu Alcance | A Assembleia Legislativa de Roraima realizou ontem um dia de atendimentos à população de Rorainópolis, além de sessão itinerante onde vários assuntos de interesse da população local foram debatidos (foto acima). O evento durou o dia inteiro e foram prestados serviços odontológicos, com médico otorrino, pediatra, fisioterapeuta, palestras de conscientização para jovens e adolescentes, testes rápidos para os moradores locais. O programa “Assembleia ao Seu Alcance” reúne outros programas promovidos pela Assembleia Legislativa de Roraima, como o Procon Assembleia, Cine ALE Cidadania, Escola do Legislativo, Abrindo Caminhos, CAM (Centro de Apoio às Câmaras) e os serviços da Procuradoria Especial da Mulher (Chame – Centro Humanitário de Apoio à Mulher e o Núcleo de Atendimento ao Tráfico de Pessoas). Com a ação em Rorainópolis, a expectativa é que a população conheça esses programas e também possa aproveitar o momento para apresentar e discutir as necessidades do município. “O Assembleia ao Seu Alcance demonstra que a Assembleia Legislativa de Roraima está sempre em busca de se aproximar da população. Iremos ao encontro do cidadão onde ele estiver, na sua cidade, na sua rua. Sabemos que o cidadão, muitas vezes, não tem tempo de participar das atividades da Casa e com esse conjunto de ações a Assembleia irá se aproximar ainda mais da comunidade”, disse o presidente do Poder Legislativo, deputado Jalser Renier (SD).

Começa a colheita de soja 2017 

As máquinas começam a colher a safra de soja dos lavrados roraimense amanhã em uma fazenda de Alto Alegre.

Acontece ente hoje e amanhã 5ª edição da Abertura Oficial da Colheita da Soja de 2017. Foi preparada uma vasta programação para o evento. Hoje no início da programação haverá palestras técnicas no Centro Amazônico de Fronteiras (CAF) da Universidade Federal de Roraima (UFRR), a partir das 19h.

No segundo dia do evento, ocorrerá o Dia de Campo da Largada da Colheita da Soja 2017, na fazenda Tucumã na região do Taiano, em Alto Alegre, região Norte de Roraima, a 77 km da capital Boa Vista, de propriedade de Geraldo Falavinha. A programação inicia a partir das 9h com café da manhã para o público e convidados e um balanço sobre a produção de soja e outros grãos em 2017.

Posterior às apresentações, ao meio-dia será dada a Largada Oficial da Colheita da Soja no Cerrado de Roraima. O evento encerrará com a degustação do almoço e o show musical da dupla sertaneja Edilson Marques e Adriano.


CONTATOS DO AUTOR | www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta