Mais corrupção no Governo de Suely: Deputada Ionny Pedroso é presa no esquema do transporte escolar.

A Coluna de Hoje | Sábado | Publicada 00h09

Ionny foi presa em Casa, acusada de integrar esquema de desvio na Educação. Foto | Divulgação

Primeiro foi a operação Escuridão que desvendou esquema de corrupção na distribuição de ‘quentinhas’ para o sistema prisional, resultando na prisão do deputado estadual eleito Renan Filho, o Renanzinho (PRB), peso como ‘laranja’.

Ontem outra operação da PF, a Zaragata, acabou por prender a deputada estadual eleita Ionny Pedroso da Silva (Solidariedade), acusada em esquema de desvio milionário de verbas da Secretaria de Educação com o transporte escolar. A deputada eleita foi presa em casa, no bairro Paraviana, área nobre da cidade, por volta das 7 horas.

Ao todo, foram expedidos pela 1ª Vara Federal do Estado de Roraima, 10 mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão. O marido de Ionny, o empresário José Wallace Barbosa da Silva, que comandada o esquema, está foragido.

Além de Ionny foram expedidos mandados de prisão contra o ex-secretário adjunto da Educação, Shiská Pires (já preso), contra Aline Karla Lira de Oliveira, adjunta da Sefaz, que se entregou ontem à PF e mais 10 envolvidos, todos servidores da Secretaria de Educação.

De acordo com a polícia, os envolvidos no esquema de desvio falsificavam documentos de prestação de serviços e licitações. Em só um dos contratos investigados, orçado em R$ 78 milhões, os pagamentos irregulares chegavam a R$ 50 milhões. Os envolvidos são servidores e empresários.

Os mandados foram cumpridos contra: a ex-secretária adjunta da Sefaz Aline Karla Lira de Oliveira, o empresário José Wallace Barbosa da Silva, a deputada estadual eleita Yonny Pedroso da Silva, o ex-secretário da Sefaz Shiská Pereira Pires, que já está preso no contexto da operação escuridão.

Também estão envolvidos Tenilles Queiroz Maia, Silvestre Minotto Dilzomar Batista da SIlva, Francisco Eyder Rodrigues de Araujo, Abmael ALves de Queiros, Thiago Lima Martinez, e as empresas Diamond Tours e Elloo Empreendimentos além da empresa de SM Contabilidade e Informática.

 Propina variava: de 10% a 15%

Aline e Wallace comandavam o esquema, segundo PF. 

Segundo a PF as investigações indicam a existência de vários esquemas envolvendo o transporte escolar do estado, como a cobrança de propina de empresas responsáveis pelo transporte, que eram obrigadas a pagar valores entre 10% a 15% das faturas para conseguir receber o pagamento devido pelo governo.

A organização criminosa também falsificava documentos de prestação de serviços que não eram, de fato, realizados, bem como também fraudava procedimentos licitatórios.

A Controladoria-Geral da União indicou, por meio de notas técnicas, diversos indícios de irregularidades em contratos de transporte escolar do governo.

Valores ultrapassam R$ 78 milhões

Documentos foram apreendidos pela PF na operação deflagrada ontem de manhã.

Em um contrato do estado, cujos valores ultrapassam R$ 78 milhões, só no ano de 2018, a CGU aponta que os pagamentos indevidos poderiam chegar a quase R$ 50 milhões.

Em alguns casos, certa empresa era contratada para fazer rotas de transporte já prestadas por outra empresa, a qual efetivamente prestava o serviço; ou, ainda, uma mesma empresa era contratada várias vezes para a mesma rota, recebendo vários pagamentos por uma mesma prestação. O esquema contava com a participação de agentes públicos e políticos, os quais também são alvos das medidas que estão sendo cumpridas.

As investigações contaram com o apoio do Ministério Público Federal, da Controladoria-Geral da União e do Ministério Público Estadual de Roraima.

O nome da operação faz alusão ao estado de desordem em que se encontra tanto a prestação dos serviços de transporte quanto os próprios contratos públicos.

TRE diploma os eleitos

A grandiosa solenidade de diplomação foi realizada ontem pelo TRE no Caf da Universidade Federal.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) diplomou ontem, em solenidade no CAF, todos os eleitos no pleito passado. A sessão foi presidida pela presidente do TRE, desembargadora Tânia Vasconcelos.

Receberam o diploma o governador Antônio Denarium (PSL), o vice Frutuoso Lins, 2 senadores, 8 deputados federais e 22 deputados estaduais (já que Renan Filho e Ionny Pedroso não compareceram na sessão porque estão presos).

“Precisamos da participação de todos, da população, dos parlamentares e dos poderes para que juntos possamos recuperar e sanear o estado de Roraima, que está falido”, disse Denarium.

O deputado federal mais votado Haroldo Cathedral (PSD) discursou em nome dos demais parlamentares federais. Ele disse que pretende se unir a outros parlamentares para resolver a crise que o estado passa.

“Nós estamos com situações emergenciais em Roraima, como é o caso da situação energética, a situação migratória e a questão da segurança. Temos que unir forças na nossa bancada para ajudar o estado a sair dessa situação”, contou ele. Entre os eleitos da bancada federal, Haroldo foi o mais bem votado, com 14.751 votos válidos. É a primeira vez que ele vai ocupar cargo político.

Discursaram também o deputado Jalser Renier e os senadores Chico Rodrigues e Mecias de Jesus.

Haroldo Cathedral discursou em nome dos deputados federais eleitos. Foto | Jáder Souza

Veja lista dos diplomados:

Governador e vice-governador de Roraima

  • Antônio Olivério Garcia Almeida (PSL) e Frutuoso Lins Cavalcante Neto (PTC) com 136.612 votos

 Senadores

  • Francisco de Assis Rodrigues (111.466)
  • Antônio Mecias Pereira de Jesus (85.366)

 Deputados federais

  • Haroldo Alves Campos (14.751)
  • Johnathan Pereira de Jesus (13.429)
  • Hiran Manuel Gonçalves da Silva (13.299)
  • Antonio Carlos Nicoletti (12.969)
  • Shéridan Estérfany Oliveira (12.129)
  • Édio Vieira Lopes (11.952)
  • Jose Otaci Barroso do Nascimento (11.879)
  • Joênia Batista de Carvalho (8.491)

 

Deputados estaduais

  • Jalser Renier Padilha (8.401 votos)
  • Jane José da Silva (6.132)
  • Yonny Pedroso da Silva (5.872)
  • Francisco José Brito Bezerra (5.307)
  • Marcelo Mota de Macêdo (5.165)
  • Jorge Everton Barreto Guimarães (5.033)
  • Lenir Rodrigues Santos (4.947)
  • Catarina de Lima Guerra da Silva (4.897)
  • Francisca Aurelina de Medeiros Lima (4.864)
  • Francisco dos Santos Sampaio (4.678)
  • Gerson Chagas (4.561)
  • Antonio Eduardo Filho (4.523)
  • Francisco Adjafre de Sousa Neto (3.777)
  • Gabriel Figueira Pessoa Picanço (3.655)
  • Dhiego Coelho Fogaça (3.603)
  • Evangelista Soares Siqueira (3.051)
  • Maria Betânia Almeida Medeiros (2.885)
  • Eder Barcelos Brandão (2.851)
  • Renato de Souza Silva (2.848)
  • Jose Nilton Pereira da Silva (2.718)
  • Renan Bekel de Melo Pacheco (2.657)
  • Jeferson Alves (2.616)
  • Tayla Ribeiro Peres Silva (2.608)
  • Jose Hamilton Gomes Loureiro Neto (1.678)

 

Presos e diplomados

Ionny e Renan foram diplomados mas não estiveram presentes na solenidade.

Mesmo presos sob envolvimento com esquemas de corrupção no Governo de Suely campos, os deputados estaduais eleitos Renan Filho (PRB) e Yonny Pedroso (SD) fora diplomados pelo TRE. Mas nenhum dos dois compareceu na solenidade de diplomação, realizada ontem.

Ambos são suspeitos de participar de esquema de desvios milionários do Sistema Prisional e Educacional de Roraima, respectivamente.

Renan é apontado como um dos proprietários da empresa Qualigourmet e teria participado de uma organização que desviou R$ 70 milhões dos cofres públicos.

Yonny é suspeita de envolvimento em desvios do transporte escolar de R$ 50 milhões e foi presa hoje. Ela teve 5,8 mil votos durante o pleito, sendo a terceira mais votada.

Já Renan foi eleito com 2,6 mil votos, o 21º deputado eleito para o quadriênio 2019-2022. Os dois deputados eleitos poderão cumprir o mandato, segundo o TRE.

Premiando os melhores

A premiação foi entregue em solenidade realizada na quinta-feira pela Prefeitura.

O Prêmio Referência em Gestão Escolar Delacir de Melo Lima chegou à sua sexta edição e revelou as 12 escolas e creches municipais que desenvolveram as melhores experiências educacionais no ano de 2018. Os prêmios foram entregues pela prefeita Teresa Surita em grande festam na quinta-feira à noite, no Espaço Nobre.

O Prêmio reconhece e incentiva o esforço dos servidores municipais que desenvolvem práticas pedagógicas com êxito na aprendizagem dos alunos. “Sexto ano que fazemos essa premiação. É uma disputa saudável entre as escolas, para que os servidores se sintam motivados a, através de metas, ganhar prêmios”, disse a prefeita Teresa Surita.  

Este ano participaram 61 escolas e creches nas quatro categorias do prêmio: Creche; Pré-escola; Ensino Fundamental até 699 alunos; e Ensino Fundamental a partir de 700 alunos. Na solenidade, foram anunciados os três primeiros colocados de cada categoria.

Em todas as edições do Prêmio Delacir, a Escola Municipal Martinha Thury sempre esteve entre as primeiras colocações e neste ano conquistou pela terceira vez o 1º lugar, na categoria Ensino Fundamental – até 699 alunos.

Guarda Municipal mais equipada

A Guarda Municipal de Boa Vista é uma das mais bem equipadas de todo o país.

A Guarda Civil Municipal de Boa Vista recebeu ontem novos veículos e equipamentos para melhorar o atendimento à população. O investimento foi feito com apoio do senador Romero Jucá que destinou recursos para melhorar a estrutura da corporação.

Foram entregues oito veículos Duster; quatro Amarok; quatro quadriciclos e duas blaser. Além de 16 mil munições; 25 capacetes; 25 Equipamentos de Proteção Individual (EPI), joelheiras/cotoveleiras e smartphones que ajudarão no registro de ocorrências. O SMTRAM recebeu também 20 Capacetes e 20 kits de equipamentos de proteção individual.

Até o Canil da Guarda foi atendido com a aquisição de tosadores, secadores para cães, guias, colar passante, macacão de proteção para adestramento e coletes para cães. A Prefeitura receberá ainda quatro jet-ski, 10 motocicletas, 25 armas de choque e mais duas vans para atendimento móvel próprias para eventos públicos, por exemplo.

Com a nova estrutura, a Guarda Civil Municipal de Boa Vista é considerada uma das mais bem equipadas do país. “A nossa Guarda Municipal foi a que recebeu mais recursos para melhorar sua estrutura. A gente fez um trabalho de muita prioridade e o resultado tem aparecido no atendimento garantido à nossa população”, afirmou o senador Romero Jucá.

“Hoje, temos uma Guarda bem equipada, capacitada, armada e que deu um salto de qualidade muito grande. Então, a Guarda tem uma outra condição de trabalho e podem cumprir com a sua função de uma maneira muito mais eficiente”, disse a prefeita Teresa Surita.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: