Mais um escândalo no Governo de Suely: PF desarticula esquema que desviou milhões da merenda escolar.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h13

Instante em que o secretário adjunto, Shiská Pires, chega ao CPC da Polícia Militar.

É um escândalo atrás do outro: depois da ‘Operação Escuridão’ que prendeu o filho da governadora Suely Campos, Guilherme Campos, ontem a Polícia Federal (PF) deflagrou nova ação, denominada ‘Operação Tântalo’, para desarticular organização criminosa envolvida em desvios de recursos públicos de merenda escolar, no âmbito do Programa Mais Educação entre os anos de 2016 e 2018.

Ao todo foram cumpridos 5 mandados de prisão preventiva e 7 mandados de busca e apreensão em Boa Vista e todos os envolvidos tiveram o sigilo bancário e fiscal quebrados pela Justiça Federal.

Os presos nessa ação da PF são o ex-secretário adjunto de educação Shiská Palamitshchece Pereira Pires, Thiago Lima Martinez (diretor de departamento), Carlos Ribeiro da Silva (motorista) e Maria Gabriela Campelo da Silva (chefe de área) todos ligados ao departamento de merenda escolar da Secretaria de Educação. O quinto envolvido, que é o empresário Walter Mograbi Pinto Junior, dono da empresa Mograbi e Oliveira LTDA ME que fornecia a merenda, está foragido.

O Inquérito Policial foi instaurado em setembro deste ano, e com poucos meses de investigação já foi possível apurar várias irregularidades e desvios que ocorriam no fornecimento de alimentos para merendas das escolas no estado de Roraima.

O esquema criminoso já estaria em andamento no início de 2016 e contava com o falso atesto de recebimento de produtos adquiridos pelo Estado. Somente de março a novembro de 2018 o Estado de Roraima recebeu mais de 5 milhões e 700 mil reais do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Diligências policiais realizadas em várias escolas indicam que há meses não é fornecida proteína alguma para os alunos. Em alguns casos, os policiais constataram que os funcionários das escolas realizavam compras, com recursos próprios, para tentar melhorar a alimentação das crianças, como ossos para incrementar o feijão, o qual foi encontrado vencido em várias escolas.

Desvio alcança R$ 19 milhões, diz PF

Policiais federais recolheram bastante material para análises nas investigações.

A Polícia Federal apurou que as falcatruas no setor de merenda escolar do Governo desviaram uma soma vultosa de R$ 19 milhões.

Na apuração, foram encontrados alimentos vencidos e até ossos sendo servidos no lugar de carne aos estudantes da rede pública. De acordo com a PF, a quadrilha desviou recursos de contratos entre a empresa Mograbi e Oliveira LTDA ME, a Fribom, e a Secretaria de Educação entre os anos de 2016 e 2018.

A empresa fornecedora, segundo a apuração da PF, alterou o nome de registro pelo menos sete vezes desde 2015 e o endereço registrado atualmente como sede fica em um terreno baldio.

Depoimentos relatam que, no início da fraude, a empresa deixava de entregar por volta de 30% dos produtos faturados, mas nos últimos meses a situação se agravou a ponto de não se entregar produto algum, o que foi constatado, inclusive, in loco, pela equipe de investigação.

Somente de março a novembro de 2018, o Estado de Roraima recebeu mais de R$ 5 milhões do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE.

A PF apurou também que a quadrilha emitia atestados falsos sobre o recebimento de produtos adquiridos pelo Estado e somente parte dos itens relacionados eram entregues no depósito.

Dezembro gordo na Prefeitura

Neste mês a Prefeitura paga salários de novembro e dezembro e ainda libera o 13º.

O pagamento de todos os servidores da Prefeitura de Boa Vista, referente ao mês de novembro, foi efetuado nesta terça-feira, 4, como previsto no Calendário.

Neste mês, a prefeitura pagará ainda a 2ª parcela do 13º salário no próximo dia 20 e dia 28 efetuará o último pagamento do ano. A administração municipal vai injetar, com os três pagamentos apenas em Dezembro, cerca de R$ 70 milhões na economia local.

Em tempos de crise, apenas com os salários creditados ontem, foram injetados na economia local aproximadamente R$ 28 milhões. O cumprimento do Calendário é fruto do compromisso e planejamento da gestão da prefeita Teresa Surita.

‘Respeito pelo servidor’, diz Teresa

Tenho muito respeito por todos os servidores municipais que me ajudam a fazer de Boa Vista uma cidade cada vez melhor para se viver. Sem a colaboração de todos, não seria possível fazer a transformação que a nossa cidade está passando. Por isso, a minha prioridade, desde 2013, sempre foi garantir os recursos para os salários. Isso é respeito”, disse a prefeita Teresa Surita.

Em jogo o dinheiro do IPER 

Servidores contra e a favor do uso do dinheiro do Iper se enfrentaram ontem na Assembleia.

O tempo ferveu ontem na Assembleia Legislativa, que foi transformada em campo de batalha. De um lado servidores sem salários favoráveis ao uso do dinheiro do IPER para pagamento de pessoal. Do outro, um grupo ainda maior contra.

E no plenário os discursos e depoimentos atiçaram ainda maias fogo na fogueira, porque o Governo de Suely enviou um novo projeto pedindo para meter a mão no dinheiro do Instituto para pagar salários atrasados de servidores públicos.

O projeto, que nem entrou na pauta na Sessão de ontem [que foi transformada em Audiência Pública], prevê o uso de R$ 150 milhões, para pagar atrasados de outubro, novembro, o salário de dezembro e o 13º.

Deputados e sindicatos de várias categorias discutiram sobre o tema até às 11h30 de ontem e sessão foi encerrada sem decisão.

‘Estão roubando o Estado’, diz Jorge Everton

Jorge Everton foi duro em não aceitar que recursos do Iper sejam utilizado para outros fins.

No discurso mais inflamado da sessão de ontem, o mais pertinente também, o deputado Jorge Everton (MDB) pôs-se visceralmente contra qualquer iniciativa que vise ‘saquear’ os recursos do Iper.

“Antes que permitamos que o Governo de Suely meta a mão no dinheiro dos servidores, que saqueiem o Iper, vamos agir com cautela. Usar as receitas do Instituto que garantirão o futuro dos nossos servidores na aposentadoria, não é e nunca será a melhor alternativa”, disse em tom bastante elevado.

Para o parlamentar a sociedade tem que se atentar para o roubo que fizeram do dinheiro do Estado em todos os anos da gestão de Suely. “O que vemos agora são operações da PF uma apôs outra, desvendando a ladroagem. O dinheiro do povo foi rapinado e esse dinheiro tem que voltar para os cofres e com ele sim, podemos aliviar a situação financeira do Estado”, disse.

Juiz intima Jalser e Suely 

Plenário e galerias lotadas na audiência pública que discutiu uso de recursos do Iper.

Já está claro que constitui ato inconstitucional a alocação de receitas do IPER para qualquer outro fim, que não seja o pagamento de pensões e benefícios.

Existe inclusive um bloqueio judicial em vigência, que proíbe a retirada de qualquer valor das contas do instituto para atender o desejo governamental.

Mas ontem sabedor de que a governadora Suely Campos encaminhara mais um projeto nesse sentido, o juiz Luiz Alberto de Morais Júnior, da 2ª Vara da Fazenda Pública, enviou mandado de intimação, com a máxima urgência, para que Suely e o presidente da Assembleia Legislativa Jalser Renier, dêem explicações sobre ações e movimentações dos recursos do Instituto de Previdência.

O despacho do juiz foi dado por volta das 12 horas no processo em que já há uma decisão liminar proibindo a utilização de qualquer valor dos fundos do Instituto. O diretor-presidente do Iper também foi intimado a apresentar o extrato de movimentação financeira dos últimos três meses.

Homenagem a JucáRomero Jucá (MDB) foi homenageado ontem durante almoço da Frente Parlamentar da Agropecuária. Ele recebeu das mãos de Tereza Cristina, futura ministra da Agricultura, uma placa “pelos serviços prestados em promoção ao setor durante seu período como parlamentar”.

Migração: ONU quer R$ 2,8 bi

Refugiados venezuelanos são abrigados em várias instalações provisórias em Boa Vista.

A ONU anunciou ontem que precisa de US$ 738 milhões (R$ 2,8 bilhões) para ajudar os países sul-americanos a lidarem com o fluxo de milhões de imigrantes e refugiados da Venezuela em 2019, já que não há perspectiva de retorno no médio prazo.

É a primeira vez em que a crise no país do ditador Nicolás Maduro foi incluída no apelo global da entidade por financiamento para ajuda humanitária.

O valor total requisitado para a área em 2019 é de US$ 22,9 bilhões (R$ 83,7 bilhões), sem incluir a verba para auxiliar na Síria.

Cerca de três milhões de pessoas já fugiram da crise econômica e política que afeta a Venezuela, a maioria desde 2015, segundo dados de agências da própria ONU.

A fuga de venezuelanos, motivados pela violência, hiperinflação e escassez de alimentos e remédios, levou a ONU a fazer um pequeno apelo de emergência na semana passada, oferecendo US$ 9,2 milhões (R$ 35,34 milhões) para projetos dentro da Venezuela.

Ataque ao crime organizado

A operação foi realizada em 14 estados e no DF e prendeu 200 envolvidos.

A ação articulada pelos Ministérios Públicos de 14 estados e Distrito Federal prendeu ontem (4) 200 pessoas envolvidas com facções criminosas. No total, foram emitidos pela Justiça 266 mandados de prisão. De acordo com o Ministério Público de São Paulo, as diligências continuam para localizar 66 foragidos.

As operações ocorrem, simultaneamente, nos seguintes estados: Acre, Alagoas, Goiás, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná, Rio Grande do Sul, Espírito Santo, Paraíba, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins, além do Distrito Federal.

A operação foi feita pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), um colegiado que reúne os Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaecos) de ministérios públicos estaduais de todo o país.

O objetivo da ação é prender integrantes das facções criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC), Comando Vermelho (CV), Terceiro Comando Puro (TCP), Amigo dos Amigos (ADA), Primeiro Comando de Vitória (PCV) e Okaida RB.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: