Migração: Deputado propõe ‘esvaziar’ Boa Vista com apoio de igrejas evangélicas.

Compartilhe nosso conteúdo!

A Coluna de Hoje | Publicada 00h07

Haroldo e Wizard discutem plano com Pazuello. Foto | Expedito Peronnico

O deputado federal Haroldo Cathedral (PSD) discutiu com o comando da Operação Acolhida um plano para interiorizar imigrantes venezuelanos para todas as regiões do Brasil, com o apoio de igrejas evangélicas. O plano é ousado, mas consistente do ponto de vista da acolhida aos venezuelanos, garante o deputado.

A ação foi apresentada ao general Eduardo Pazuello, responsável pelo gerenciamento dos abrigos em Roraima e conta com a participação do empresário Carlos Wizard, que já desenvolve uma ação voluntária nesse sentido.

Segundo Haroldo existem em funcionamento no Brasil cerca de 180 mil instituições evangélicas, deste total, 80 mil tem cadastro de pessoa jurídica regularizado e a ideia é que cada uma dessas instituições receba pelo menos 2 famílias de imigrantes.

Para Haroldo Cathedral é preciso compartilhar a responsabilidade com outros estados da federação e envolver a sociedade civil. “Estamos buscando alternativas para minimizar os impactos sociais em Roraima e também que garantam o acolhimento dessas pessoas em situação de miséria extrema”, salientou o deputado.

A preocupação do deputado Haroldo e do empresário Carlos Wizard, assim como do general Pazuello, é com a ‘bolha social’ que pode explodir sobre Boa Vista se não houver pressa na retirada dos imigrantes, cujo ingresso em território roraimense está na casa dos 380 por dia atualmente.

A operação que está sendo construída, que tem engajamento também do pastor e deputado federal amazonense Silas Câmara, será fundada no tripé Ministério da Defesa, Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos e Igrejas Evangélicas.

A ‘bolha’ pode explodir, diz general

Dados atuais apontam que 380 venezuelanos chegam aqui todos os dias.

A análise do general Pazuello é que essa operação que está sendo construída pelo deputado Haroldo e pelo empresário Carlos Wizard pode estabelecer tranquilidade no processo migratório, porque apesar das tensões na Venezuela que fazem aumentar o ingresso de pessoas no Brasil, o importante é esvaziar os abrigos, retirar as pessoas das ruas e controlar o fluxo.

Atualmente, segundo dados do general Pazuello, existem 6.700 venezuelanos alojados nos diversos abrigos de Boa Vista e mais 2.800 vivendo nas ruas e em prédios públicos abandonados na cidade, o que ele chama de “desassistidos”.

“Ou Seja, a migração não cessará tão cedo, enquanto durar a crise, sob o domínio do presidente Nicolás Maduro. Mas conseguiremos dar tranquilidade social a Boa Vista e sua população se conseguir tirar essas pessoas daqui. Na sequência do esvaziamento da cidade, controlar o fluxo de forma mais ordenada, será mais fácil”, disse Pazzuello.

Saúde: prorrogado decreto de calamidade

Denarium estendeu o decreto de calamidade por mais 90 dias.

O governador Antônio Denarium (PSL) prorrogou por mais 90 dias o decreto que estabelece Estado de Calamidade Pública na Saúde do Estado.

A Saúde já está sob calamidade desde o dia 24 de fevereiro, início da gestão de Denarium.

Mas como não conseguiu ajustar ainda o atendimento ao público na saúde que é declaradamente capenga, o governador não teve outra saída senão estender o processo de calamidade.

O governo justifica que as circunstâncias causadoras do colapso no sistema de saúde do Estado perduram, daí a necessidade de agir de forma drástica.

Manifestação pífia pró-Bolsonaro

Um punhado de roraimenses foi ao centro apoiar Bolsonaro.

O saldo das manifestações em apoio ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi um desastre em Roraima.

Minguados 1.500 pessoas, segundo estimativa da Polícia Militar, foram ao centro da cidade no domingo empunhar bandeiras e faixas de apoio ao presidente, algo inútil e desprezível

Para o Estado que deu 71% dos votos válidos a Bolsonaro (183.268) juntar um unhado de gente na praça não representa nada.

E aqui convenhamos, nenhuma manifestação em Roraima por mais significativa que seja, não tem valor nenhum a nível nacional.

Imagem arranhada

Nicoletti falando para poucos ‘bolsominhos’ na Praça do Centro Cívico.

Bolsonaristas de carteirinha, o governador Antônio Denarium e o deputado federal Nicoletti, ambos do PSL, não se mostraram bons garotos propaganda do movimento de domingo.

Denarium e Nicoletti fizeram o chamamento do povo em suas redes sociais, em demasia, mas ficou claro que não foram atendidos, evidenciando que os dois não exercem liderança nenhuma sobre os roraimenses.

O deputado fez vídeos, deu entrevistas e publicou banners em seus perfis nas redes sociais, convidando as pessoas, mas não foi atendido.

E uma foto do próprio Nicoletti discursando para um punhado de ‘gatos pingados’ na Praça mostra definitivamente que a manifestação fracassou aqui.

Vacinação: Teresa chama população

As crianças ainda são o público alvo da campanha de vacinação.

Preocupada com a imunização do boa-vistense com a gripe influenza, a prefeita Teresa Surita (MDB) usou sua conta no Facebook para convidar aqueles que ainda não se vacinaram a procurar um posto de saúde.

“Gente, tô aqui para lembrar que essa é a última semana de campanha de vacinação contra a gripe. Muita gente já foi nas unidades básicas de saúde, mas ainda falta para podermos atingir a meta”, escreveu Teresa.

Ela lembra que só 71% do público alvo se imunizou e ressalta que o grupo que menos se vacinou foi o das crianças.

“Pais, vamos lá levar os filhotes? Precisamos chegar aos 90% preconizado pelo Ministério da Saúde, conto com vocês! Não quero ver ninguém gripado, hein?”

Justiça presente chega a Roraima

Membros do CNJ lançaram ontem o programa no TJ de Roraima. Fotos | Ascom TJ

Visando contribuir para o enfrentamento dos problemas do sistema criminal e penitenciário do Brasil, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) está levando para todos os estados do Brasil o programa Justiça Presente.

Já lançado na maioria dos estados brasileiros, e em fase de implantação, ontem foi a vez de Roraima receber o programa do CNJ, apresentado oficialmente em uma sessão no Tribunal de Justiça.

Uma comitiva formada por integrantes do CNJ e do Departamento Penitenciário Nacional iniciou uma programação de dois dias com reuniões e visitas, com o intuito de coletar dados e ouvir os atores envolvidos na área para a customização do programa para Roraima.

O secretário-geral do CNJ, desembargador Carlos Von Adamek, disse que a deficiência nos presídios em todo Brasil é grave e precisa ser enfrentada, mas para isso são necessários esforços coordenados e conjuntos.

“O problema carcerário é muito grave no país. A exemplo, temos a Penitenciária de Monte Cristo (PAMC) aqui em Roraima], onde já temos uma superlotação; a população carcerária só aumenta; mas o Estado não tem capacidade de construir novas unidades”, disse.

‘Haverá benefícios”, diz Padilha

Padilha (centro): programa trará benefícios para Roraima.

O coordenador do GMF (Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário), desembargador Almiro Padilha, acredita que os trabalhos do Justiça Presente poderão promover benefícios importantes ao sistema.

“Depois da intervenção, o sistema apresentou alguns avanços. Hoje temos um sistema penitenciário com maior humanização; e agora, com o desenvolvimento das ações deste programa do CNJ, a situação vai melhorar ainda mais”, observou.

O presidente do TJRR, desembargador Mozarildo Cavalcanti, acredita que o programa representa uma nova forma de pensar o sistema prisional.

“Nós, que vivemos um problema sério nos últimos anos quanto à questão penitenciária, precisamos procurar novas formas de enfrentar esse problema. Esse programa trazido pelo CNJ é muito importante para caminharmos nesse sentido”, destacou.

MPT na Escola: lançada edição 2019

Edição 2019 do MPT na Escola foi lançada ontem. Foto | Ascom/PMBV

Gestores e coordenadores pedagógicos da rede municipal de ensino participaram ontem, 27, da cerimônia de lançamento da edição 2019 do Prêmio MPT na Escola, no auditório do Ministério Público de Roraima. Este ano, 38 escolas municipais participarão do concurso, onde alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental desenvolverão o tema “Trabalho Infantil”, em seis categorias: conto, curta metragem, música, esquete teatral, desenho e poesia.

Em Boa Vista, a iniciativa conta com a participação massiva das escolas municipais, coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (Smec). O objetivo é fomentar a participação de crianças e adolescentes nas ações de mobilização, conscientização e prevenção ao trabalho infantil. A novidade desta edição é que o prêmio foi expandido para os 15 municípios roraimenses e também para as turmas do 6º e 7º ano das escolas estaduais.

Os alunos são desafiados a desenvolver trabalhos literários, artísticos e culturais. Para procuradora Safira Nila, da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), a discussão do tema no ambiente escolar trouxe excelentes resultados em 2018.

Venezuela: Rússia quer mediar negociações

Manifestantes em Caracas protestam contra Nicolás Maduro.

O Ministério das Relações Exteriores da Rússia informou ontem (27) que está pronto para participar das negociações em Oslo entre o governo da Venezuela e a oposição, caso todas as partes achem produtivo.

No sábado (25), a Noruega informou que representantes do governo da Venezuela e da oposição retornariam a Oslo, em continuidade a uma rodada de conversações preliminares sobre como lidar com a crise política do país.

Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores russo declarou que recebia bem a notícia de que as negociações continuariam, mas alertou contra quaisquer forças exteriores que tentem impor ultimatos à liderança da Venezuela.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts