Migração venezuelana: Teresa questiona visita do vice-presidente dos EUA a Manaus. “Por que não vem aqui?”

A Coluna de Hoje | Publicada 00h10

Teresa em visita e um abrigo em Boa Vista onde vivem famílias inteiras que fugiram da Venezuela.

A prefeita Teresa Surita (MDB) questionou o Governo norte-americano por ter enviado a Manaus o vice-presidente Mike Pence para ver a situação dos venezuelanos que se amontoam por lá. Teresa tem razão porque na verdade o gargalo da migração está aqui em Roraima, por onde eles entram, com impacto maior na vida de quem mora em Boa Vista.

Em inglês, a prefeita postou o seguinte em sua conta no Twitter, a plataforma digital preferida de Donald Trump:Why @mike_pence @VP your visit to see the venezuelan emigration problem will be in Manaus, not in Boa Vista, Roraima? In Boa Vista the Venezuelan increase our population in about 7,5%. The Brazilian border with Venezuela is here and the highly concentration of emigrants too?’. — Teresa Surita (@Teresa_Surita) June 24, 2018

Traduzida, a mensagem de Teresa tem um significado bem pertinente: Por que @mike_pence @VP sua visita para ver o problema da emigração venezuelana será em Manaus, não em Boa Vista, Roraima? Em Boa Vista, os venezuelanos aumentam nossa população em cerca de 7,5%. A fronteira brasileira com a Venezuela está aqui e a alta concentração de emigrantes também?”.

Teresa protestou e tem todo o direito de reclamar pois não justifica um olhar americano apenas para o problema isolado de Manaus, quando na verdade é aqui que os venezuelanos fugidos do regime de Maduro fazem parada e permanecem, causando sérios problemas estruturais.

Pence desembarca hoje em Brasília para um encontro que terá na pauta justamente a crise política e migratória da Venezuela. Ai viaja para Manaus no início da manhã dessa quarta-feira (27) onde visitará um dos abrigos construídos para receber venezuelanos. A visita à Casa de Acolhimento Santa Catarina está marcada para 11h.

Suely ganha outra sobre Jalser

Suely conseguiu mais uma vitória no STF, agora contra a autonomia concedida à UERR.

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu medida cautelar na Ação Direta de Inconstitucionalidade, impetrada por Suely Campos, para suspender a vigência da Emenda Constitucional (EC) 59/2018, de Roraima, que concede à Universidade Estadual de Roraima (UERR) autonomia orçamentária, financeira, administrativa, educacional e científica.

O relator verificou a presença dos dois pressupostos para a concessão da liminar: a verossimilhança do direito alegado e o perigo da demora. Em relação ao primeiro, o ministro apontou que norma trata de matéria de iniciativa do Poder Executivo.

Sobre o perigo de demora, o ministro Gilmar Mendes verificou, em uma análise preliminar, que a norma permite a criação de Procuradoria Jurídica própria, o que demanda reorganização na estrutura financeira e administrativa do estado, inclusive com a criação de nova carreira (procurador da UERR).

“Além disso, há a possibilidade de alteração dos procedimentos de escolha do reitor e do vice-reitor e de alteração na elaboração e repasse do orçamento de 2019, o que impacta diretamente o Poder Executivo estadual”, anotou.

Comemoração sem graça

A velha PAMC – um verdadeiro depósito de seres humanos – deverá ser desativada em breve.

A Comunicação de Suely anuncia com certa euforia que o Governo vai construir uma nova penitenciária na zona urbana de Boa Vista, com o R$ 45 milhões do Fundo Penitenciário Nacional.

Mas esse é o tipo de empreendimento que em deveria ser anunciado ao público, muito menos comemorado como algo significativo em uma administração pública.

Ela deveria construir salas de aulas ao invés de celas de cadeia. Aliás Suely vai termina o mandato sem ter construído uma sala de aula.

Sequer teve capacidade de consertar as escolas estaduais, quase todas caindo aos pedaços.

Eurodeputados virão a Boa Vista

Deputados da Comunidade Europeia verão a condição de venezuelanos em Roraima.

Uma delegação do Parlamento Europeu (PE), composta por sete eurodeputados, vem a para avaliar a situação humanitária na fronteira com a Venezuela.

O Parlamento Europeu deve entregar uma ajuda no valor de 5 milhões de euros ao estado brasileiro para ajudar no atendimento aos imigrantes. O objetivo da viagem ao Brasil é visitar os campos de refugiados aqui em Boa Vista e na fronteira, em Pacaraima.

“Nós temos conhecimento que em Roraima, em particular, há muitos venezuelanos, muitos deles estão nesses refúgios criados pelas autoridades brasileiras, a maior parte deles em Boa Vista e muitos em Pacaraima, cidade que fica na fronteira com a Venezuela. Nossa missão é perceber qual é a situação em que as pessoas se encontram e sensibilizar a União Europeia para prestar apoio ao estado brasileiro, que está acolhendo os refugiados”, disse o eurodeputado português Francisco Assis, que lidera a comitiva.

ALE esclarece falha em concurso

O concurso para preencher vagas na Assembleia apresentou problemas no domingo.

Por meio de Nota a Assembleia Legislativa informou ontem a suspensão da prova para o cargo de procurador em razão de que foi verificada uma fissura do 20cm em um dos envelopes. Para os demais cargos as provas foram aplicadas sem problemas.

A Funrio, empresa organizadora do concurso público do Poder Legislativo, esclareceu que com o objetivo de assegurar a lisura e a transparência do processo cancelou as provas, e atendeu ao direito dos alunos de levar o caderno de questões do certame.

A empresa informou ainda estar adotando as providências para a apresentação de um novo cronograma para esse cargo em específico, e os alunos que não quiserem fazer a prova ou não puderem na nova data terão reembolsados o valor da taxa de inscrição.

Polícia vai apurar possível ‘fraude’

A Polícia Civil instaurou inquérito para apurar possível fraude no concurso da Assembleia.

A Polícia Civil comunicou ontem que instaurou inquérito para apurar indícios de fraude no concurso da Assembleia Legislativa de Roraima, cujas provas foram aplicadas no último domingo (24).

A investigação decorre de várias queixas registadas por candidatos que disputam cargos de nível médio e de procurador, que se sentiram prejudicados.

O concurso foi organizado pela Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino e Assistência (Funrio), empresa que tem um histórico volumoso de outras ocorrências semelhantes em vários certames Brasil afora.

Vândalos atacam monumento

Parte da iluminação do monumento do Garimpeiro, no centro, foi danificada por vândalos.

Luminárias e refletores que iluminavam o Monumento ao Garimpeiro, localizado na Praça do Centro Cívico, em Boa Vista, foram destruídos na madrugada de ontem (25). Ainda não há suspeitos do vandalismo.

De acordo com o superintendente da Iluminação Pública Municipal, o prejuízo chegou a quase R$ 20 mil. “Registramos um boletim de ocorrência nesta segunda-feira”, garantiu.

Ele contou que esta não é a primeira vez que o lugar é alvo de vandalismo. “De início, instalamos lâmpadas LED, mas elas acabaram sendo roubadas. Quando reinstalada a iluminação, usamos grades e, mesmo assim, conseguiram obstruir”, lamentou.

A prefeita Teresa participou da premiação aos vencedores do Boa Vista Junina, no último dia de festa, sábado (24).

Boa Vista Junina: festa das campeãsA última noite do Maior Arraial da Amazônia, sábado, 23, consagrou as quadrilhas campeãs do Grupo Especial e do Grupo de Acesso no tablado da arena do Boa Vista Junina. Na apresentação das campeãs, a quadrilha Explosão Junina, do grupo de acesso, mais uma vez dançou, cantou e encantou o público com o tema: “130 anos de sangue, suor e liberdade, sonho ou ilusão mistura de raças nesse São João”. O primeiro lugar atingiu 117,1 pontos, seguido pelas quadrilhas Filhos de Makunaima com 116,8 e Espantalho Junino, com 116,7 pontos, que sobem para o grupo especial no ano que vem. A quadrilha Eita Junino, campeã do grupo especial, reapresentou no tablado do Boa Vista Junina as tradições das festas juninas, com o tema: “Meu São João virou tradição”.  A Eita conquistou nota 10 em todos os quesitos e ainda garantiu os prêmios individuais de melhor casal de noivos e melhor animador. O prêmio de melhor música foi para a quadrilha Coração Caipira. A segunda colocada do grupo especial foi a Quadrilha Sinhá Benta, com 118,3 pontos, e a terceira foi a Quadrilha Gonzagão Caipira com 118,2.


CONTATOS DO AUTOR www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: