Ministro do STF diz que vai tirar sigilo do processo que envolve Chio Rodrigues.

 Ministro do STF diz que vai tirar sigilo do processo que envolve Chio Rodrigues.
Compartilhe este artigo

There is no ads to display, Please add some

O ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, pretende retirar o sigilo do processo que envolve o senador Chico Rodrigues (DEM), mas manter em sigilo o vídeo no qual a Polícia Federal registrou imagens do dinheiro encontrado dentro da cueca do parlamentar.

Durante evento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tribunal que preside, Barroso afirmou que as pessoas podem ser punidas, mas não humilhadas publicamente.

ministro suspendeu nesta quinta-feira (15) o mandato do senador por 90 dias depois que, nesta quarta-feira (14), a Polícia Federal encontrou R$ 33 mil reais escondidos na cueca do parlamentar.

Chico Rodrigues foi alvo de operação deflagrada para combater um suposto esquema criminoso de desvio de recursos públicos destinados ao combate ao coronavírus em Roraima. Em nota divulgada nesta quarta, Chico Rodrigues afirmou que não tem envolvimento com qualquer ato ilícito.

“O que eu decretei que ficasse lacrado foram os vídeos, que não contribuem para a investigação em si. Nós já temos as informações. As pessoas eventualmente podem merecer ser punidas. Mas não humilhadas publicamente. E este cuidado nós estamos tomando”, disse o ministro durante o evento.

Embora tenha decidido manter os vídeos em sigilo, Barroso disse que deve retirar em breve o sigilo do restante do conteúdo do processo.

“Eu pretendo liberar em breve. Eu não gosto de manter processo sob sigilo. Só pelo tempo necessário e inevitável. Então, em breve”, disse o ministro durante o evento do TSE.

Detalhes da apreensão ocorrida na casa de Chico Rodrigues constam de decisão de Barroso que determinou o afastamento do parlamentar por 90 dias.

O ministro ordenou que um dos vídeos “deve ser mantido em cofre da própria Polícia Federal, em absoluto sigilo” porque “exibe demasiadamente a intimidade do investigado e não produz acréscimo significativo à investigação”.

“Se comprovada a culpabilidade do investigado, estará justificada a sua punição, mas não sua desnecessária humilhação pública”, disse Barroso na decisão.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / texpeditopteronico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: