Ministro do STF faz reunião com governo e Estados para discutir dívidas com a União. Falta Roraima.

Compartilhe nosso conteúdo!

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes comanda nesta 2ª feira (27) uma reunião por teleconferência com representantes de governadores, Advocacia Geral da União, BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social) e Procuradoria Geral da Fazenda Nacional para discutir a suspensão das dívidas dos Estados com a União. Às 16h.

Moraes já decidiu a favor de 17 unidades da Federação: Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Distrito Federal, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraná, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Rondônia, São Paulo, Santa Catarina e Sergipe.

O Ministério da Economia propôs em 14 de abril ajudar Estados e municípios suspendendo R$ 22,6 bilhões de pagamentos em dívidas com a União por 6 meses.

Além disso, governadores e prefeitos também poderão parar de pagar o equivalente a R$ 14,8 bilhões de dívidas com a Caixa e com BNDES. É por essa razão que o BNDES participará da reunião de conciliação desta 2ª feira.

A decisão de Moraes permite aos Estados ficar 6 meses sem pagar suas dívidas, mas a verba deve ser usada para ações de combate ao coronavírus.

No caso de São Paulo, a economia para os cofres do governo estadual será de R$ 7,2 bilhões nesse período. A estimativa é que todos os diferimentos de pagamento passem de R$ 9 bilhões, no mínimo.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts