Miséria extrema em Roraima cresce com a migração venezuelana e atinge 10,4% da população.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h08

Migração venezuelana fez aumentar a pobreza em Roraima.

A migração de venezuelanos que nos últimos anos atormenta a vida do cidadão e compromete a estrutura de atendimento no Estado, não trouxe apenas o caos social, trouce pobreza também.

Dados do Cadastro Único do Ministério da Cidadania mostram que a pobreza extrema no país aumentou e já atinge 13,2 milhões de pessoas. Nos últimos sete anos, mais de 500 mil pessoas entraram em situação de miséria.

De junho de 2018 a junho de 2019, Roraima teve o maior aumento da extrema pobreza, com incrementos de 10,5% sobre a população atual, o representa 47 mil pessoas, segundo dados do CadÚnico.

A pesquisa aponta ainda que nos últimos sete anos, mais de 4 mil pessoas entraram em situação de miséria em Roraima, com aumento acentuado dessa condição nos últimos dois anos, justamente o período da maior invasão dos ‘hermanos’.

Em Roraima, o total de famílias inscritas no CadÚnico até junho deste ano era de 98.726 pessoas, entre as quais estão 47.026 com renda familiar per capita de até R$ 89 por mês. Dos inscritos no Estado, cerca de 17,4 mil famílias moram em Boa Vista.

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cadastro Único) identifica e caracteriza as famílias de baixa renda e é a principal ferramenta do governo federal para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas como o Bolsa Família, por exemplo.

Venezuelanos: Pacaraima protesta

Confusões são frequentes em Pacaraima, entre locais e migrantes.

Diante dos roubos, furtos, assassinatos, brigas todos os dias nas ruas da cidade, tudo isso em decorrência da invasão de venezuelanos, os moradores de Pacaraima vão às ruas protestar.

A manifestação acontecerá no próximo domingo, 18, quando haverá uma cobrança pública ao governador Antônio Denarium para que tome providências no sentido de estancar a violência diária no município.

Os moradores querem a adoção de políticas públicas de segurança para Pacaraima, porque as realizações de operações sazonais apenas não resolvem a situação de calamidade que se abateu sobre a cidade.

A manifestação começa às 15h30, com concentração na quadra coberta, ao lado da Prefeitura.

Inicia a obra do Mirante

A prefeita Teresa e secretários no início da obra do Mirante.

A prefeita Teresa Surita (MDB) festou ontem o início da obra do Mirante do Parque do Rio Branco, a parte mais expressiva do projeto.

Teresa foi ao canteiro de obras, no antigo Beiral, onde a construtora deu início aos procedimentos de bate-estacas onde será erguido o monumento.

“Após a retirada das famílias que viviam em situação de vulnerabilidade, da elevação da avenida Sebastião Diniz e da canalização do Igarapé Caxangá, hoje damos início a uma das partes mais importantes da terceira intervenção do Parque do Rio Branco, a construção do Mirante. Momento histórico que merece registro. É mais que uma obra é a construção de um legado, pelo simples fato de vidas terem sido transformadas, famílias inteiras tiveram suas realidades mudadas”, disse Teresa.

Será a construção mais alta de Boa Vista onde todos poderão admirar todas as belezas no entorno da cidade, sobretudo a parte do Rio Branco.

Qualidade de vida nas cidades

Haroldo participou de audiência ontem na Câmara dos Deputados.

O estudo que busca o aprofundamento técnico-científico, com soluções na área de desenvolvimento urbano, avança na Câmara Federal. Ontem, 14, especialistas foram ouvidos, a fim de propor novas alternativas na área de inovação e boas práticas de governança adotadas nos centros urbanos brasileiros.

O evento reuniu cinco profissionais com larga experiência e estudos em cidades mais humanas, inteligentes e sustentáveis.

A audiência tem o objetivo de ouvir e reunir informações para subsidiar o estudo, sob a relatoria do deputado federal roraimense Haroldo Cathedral e da deputada catarinense Angela Amin, na área de desenvolvimento urbano e promoção da cidadania, sob o viés do conceito “Cidades Inteligentes”.

Segundo Haroldo o propósito é criar condições para que os gestores públicos possam conhecer, avaliar, encontrar e implementar ações de forma simples, reduzindo burocracias e aperfeiçoando uma forma de servir bem a população.

Hospital do Amor em Roraima

Raphael e Denarium visitaram áreas em Boa Vista.

O diretor médico das unidades de prevenção do Hospital de Amor (Barreto-SP), Raphael Haikel Júnior, está em Boa Vista.

Ontem ele visitou, junto com o governador Antônio Denarium, algumas áreas na capital a fim de escolher o terreno ideal para a construção do Hospital do Amor de Roraima.

A unidade possibilitará o tratamento e prevenção do câncer aqui mesmo, não sendo mais necessário o deslocamento de pacientes para outros Estados por meio de TFD (Tratamento Fora do Domicílio).

A construção do Hospital de Amor será possível devido às emendas do deputado federal Hiran Gonçalves e da ex-senadora Ângela Portela.

Alto Comissário da ONU chega hoje

Alto Comissário da ONU para Refugiados, Filippo Grandi, iniciou ontem, 15, uma visita ao Brasil para conhecer de perto a resposta humanitária a refugiados e migrantes venezuelanos que invadiram Roraima.

Grandi iniciou sua visita por Brasília, onde se reuniu com autoridades nacionais, organizações da sociedade civil e do Sistema ONU, além de doadores e famílias venezuelanas vivendo no Distrito Federal.

Hoje ele estará em Roraima para visitar atividades e instalações da Operação Acolhida em Boa Vista e Pacaraima – e se reunir com contrapartes governamentais, sociedade civil e refugiados e migrantes venezuelanos.

PPA encerra discussões

O Governador Antônio Denarium encerrou o ciclo de discussões para a elaboração do PPA 2020-2023 (Plano Plurianual).

Depois de percorrer todas as regiões de Roraima, onde o PPA foi debatido com políticos e lideranças de cada município, as discussões foram encerradas em reunião no Palácio Senador Hélio Campos.

Denarium frisou mais uma vez a importância da participação da sociedade civil organizada na construção de um Estado melhor, por isso, foi pessoalmente, junto com toda a equipe de Governo, ouvir as necessidades das pessoas de cada município.

“O PPA é uma ferramenta importante que vai ordenar e planejar o Estado para os próximos três anos da minha gestão e o primeiro ano da próxima gestão, que é 2023. Com isso fizemos as consultas públicas, nunca feitas antes, ouvimos todos os municípios e os anseios da população. Enceramos as consultas públicas e agora vamos apresentar o Projeto de Lei até setembro”, disse.

Plano para matar Maduro

Nicolás Maduro denunciou mais um plano para matá-lo.

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, acusou o ex-chefe de Estado colombiano Álvaro Uribe de liderar um plano para matar os líderes venezuelanos e que prevê a entrada no país de 32 mercenários.

“Tomei conhecimento de um plano dirigido por Álvaro Uribe, com a participação do embaixador colombiano nos Estados Unidos, Francisco Santos, de entrada na Venezuela de 32 mercenários para tentar assassinar-me e assassinar os líderes da revolução”, acusou Maduro.

Para ele, na Colômbia “estão aterrorizados com a revolução chavista bolivariana” e é por isso planejam o ataque.

Maduro já denunciou cerca de 30 planos contra ele, desde que assumiu a presidência da Venezuela em 2013.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: