Neudo consegue fugir de novo. PF apura se houve vazamento de informações.

Compartilhe nosso conteúdo!

A Coluna da terça ||||| Publicada 00h15

lll
Viaturas da Polícia Federal bloqueiam as saídas da residência da Governadora Suely Campos, ontem de manhã. Foto | divulgação

Mais um desgaste político para o governo de Suely Campos. O dia de ontem nem havia raiado e policias federais já se encontravam de butuca na calçada de sua residência, nas imediações da Praça da Bandeira – bairro São Pedro. Para mais uma vez levar preso seu marido, o ex-governador Neudo Campos, resultado de mais uma condenação em um daqueles processos do rumoroso caso “Escândalo dos Gafanhotos”. Neudo fugiu de novo e a Polícia Federal suspeita que houve vazamento de informações. Até o final da noite de ontem Neudo continuava em lugar incerto e não sabido o que levou a PF a denunciá-lo no protocolo de procurados da Interpol.

A ação de ontem, denominada “Operação Policial 2003.2”, é desdobramento da operação Praga no Egito que chegou ao estrepitoso “esquema dos gafanhotos”, quando mais de R$ 250 milhões foram surrupiados dos cofres públicos usando funcionários fantasmas em folhas de pagamento do governo do Estado. Neste processo Neudo tem que cumprir a pena de 7 anos e 1 mês em regime fechado pelo crime de peculato A PF investiga também funcionários do político e quatro mandatos de busca e apreensão de equipamentos eletrônicos e documentos em propriedades da família do ex-governador, em busca de informações que levem à suspeita de que Neudo vem sendo avisado das ações judiciais quando elas são decretadas, benefício que o leva e se evadir a cada vez que o mandado é expedido.

A Polícia informou que o mandado de prisão está em aberto e diligências são feitas em Roraima e também em Brasília em Manaus, no Amazonas, com o objetivo de localizar e prender Neudo Campos. Uma nota emitida pela Polícia Federal afirma que “em inquérito policial é investigada a atuação criminosa em razão de possível cometimento dos crimes dos artigos 325 e 348 do Código Penal, crimes de Violação do Sigilo Funcional e Favorecimento Pessoal, quando da expedição do mandado de prisão em fevereiro de 2016 em desfavor do ex-governador de Roraima [Neudo Ribeiro Campos]”.

Consequência diretas
lllll
Suely não tem culpa pelo ocorrido, mas o caso respingará sobre sua administração

A prisão do ex-governador Neudo Campos terá reflexos diretos no governo de sua esposa, Suely Campos. Desestabiliza a administração e põe Roraima novamente no centro de mais um escândalo político, causa constrangimento na equipe de Governo e deixa a população de Roraima em pânico por conta da crise institucional que se forma naturalmente com a desordem.

Não tem como desvincular a relação familiar da relação institucional, com revés psicológico gravíssimo na família da governadora.

E de imediato vem a pergunta: ‘e como Suely vai ter tranquilidade e equilíbrio emocional para governar, com o marido na cadeia?

‘Escândalo dos gafanhotos’
lll Foto | Divulgação
Carlos Levischi: peça chave na investigação que desvendou o desvio de dinheiro. Foto | Divulgação

O ex-governador foi condenado pelo seu envolvimento no esquema de desvio de verbas públicas conhecido como “escândalo dos gafanhotos”, que consistia no cadastramento de funcionários “fantasmas” na folha de pagamento do Estado e do Departamento de Estradas e Rodagem de Roraima (DER), para distribuição dos salários a Deputados Estaduais e outras autoridades em troca de apoio político.

Ex-parlamentares e funcionários públicos forjavam contratações e estavam recebendo salários mensais em nome de aproximadamente seis mil servidores laranjas ou fantasmas, conhecidos no estado como gafanhotos.

Pelo relatório da PF, cada parlamentar tinha direito de simular a contratação de servidores em valores que iam de R$ 21 mil a R$ 48 mil. Na fase final do golpe, alguns parlamentares chegaram a receber R$ 250 mil mensais. Os salários eram sacados, com uso de procurações, por testas-de-ferro de políticos.

O caso se repete
.....ll
Federais na residência de Neudo: procurado não foi encontrado. Foto | Divulgação.

Em fevereiro deste ano esse mesmo cenário foi repetido. Na época, a 1ª Vara da Justiça Federal mandou prender Neudo, que à época servia ao Governo na condição consultor especial. Neudo sumiu. O pedido era por prática de delito de Peculato dentro do processo 200442000001813, mas Neudo não foi encontrado para o cumprimento.

Logo após, o Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, em Brasília (DF), determinou a suspensão da decisão de prisão e Neudo reapareceu como ‘num passo de mágica”.

Ontem várias pessoas enviaram informações de que o ex-governador foi visto em direção a Venezuela, no domingo, escoltado por um comboio de veículos Hilux SW4.

Lavando as mãos
lll
A nota do Palácio exime o Governo de qualquer envolvimento com o caso.

A nota enviada do Palácio Senador Hélio Campos, através da Secretaria de Comunicação Social declara que o Governo do Estado não recebeu qualquer notificação ou solicitação oficial das autoridades policiais e judiciais acerca desta operação. E deixa claro que o Governo está lavando as mãos para o caso. 1) Governo Estadual não recebeu, até a presente data, qualquer notificação ou solicitação oficial das autoridades policiais e judiciais acerca desta operação. 2)A chefe do Executivo Estadual não tem qualquer relação com os fatos investigados, nem é parte no processo. 3) O Governo do Estado acompanha a evolução das apurações, reafirmando seu compromisso com o esclarecimento dos fatos e a transparência das informações, que em nada afetam a governabilidade.

Placar do Impeachment
l
Jucá já declarou publicamente que é favorável ao Impeachment de Dilma.

Se o Impeachment de Dilma fosse votado hoje a maior parte dos votos de Roraima no Congresso seria pelo afugentamento presidente do Palácio do Planalto.

Segundo o site Mapa Impeachment (www.mapa.vemprarua.net), uma ferramenta criada por voluntários para acompanhar o processo, dos três senadores, apenas Romero Jucá (PMDB) é declarado a favor do Impeachment. Ângela Portela (PT) e Telmário Mota (PDT), contra.

Quanto aos deputados, seis votam pelo afastamento: Abel Mesquita, Carlos Andrade, Maria Helena, Jhonatan de Jesus, Shéridan e Hiran Gonçalves. Édio Lopes e Remídio Monai mostram-se indecisos.

Avenida das Guianas revitalizada
llll
O obra de revitalização da avenida Venezuela está quase concluída. Foto | PMBV.

A exemplo do que vem fazendo na Avenida Venezuela, a Prefeitura inicia hoje obras de revitalização e duplicação do trecho da avenida das Guianas, entre a Ponte dos Macuxi e a rotatória da praça Simon Bolívar.

O asfalto velho será removido, haverá troca da iluminação e todo o pedaço da avenida receberá sinalização vertical e horizontal novas, algo que nunca existiu.

O anuncio da obra será feito às 10 de hoje pela prefeita Teresa Surita, em frente ao prédio da loja Marco Diesel, na própria avenida das Guianas.

PP prepara desembarque
lll
O deputado Hiran ainda não se posicionou claramente se apoia ou não o Governo.

Para pressionar Ciro Nogueira, a ala de oposição ao governo no PP está organizando uma campanha pra que vereadores, prefeitos e dirigentes do partido em todo o país mandem e-mail para ele pedindo a saída do governo no dia 11 de abril.

O deputado Jerônimo Goergen já está preparando uma ação para obrigar o comando de seu partido, o PP, a convocar a reunião que discutirá o apoio ou rompimento com o governo.

Segundo ele, a direção tem obrigação de divulgar até hoje o edital convocando a reunião, se não fizer isso, ele ingressará na Justiça.

Farda: escolha por concurso

Foto | Secom/Governo.
Marcelo Campbell: valorizar a criatividade dos alunos. Foto | Secom/Governo.

Pela primeira vez o Governo do Estado vai inovar na escolha do fardamento dos alunos da rede pública: os uniformes serão através de concurso público.

O edital está disponível no Diário Oficial do Estado, do dia 16 de março. Somente os alunos regularmente matriculados na rede estadual podem participar do concurso. A inscrição, gratuita, termina no dia 15 de abril e pode ser feita na Coordenação Pedagógica de cada escola. A premiação é um tablet para o aluno, por categoria, e um televisor de 42’ para a escola, por categoria.

A finalidade do concurso é a criação de um modelo de uniforme oficial para os alunos. Conforme o secretário Marcelo Campbell, o certame também é uma forma de valorizar a criatividade e a opinião dos estudantes.

Creche nova no Pintolandia
Foto | Diego Dantas/PMBV
A nova Unidade Proinfância da Prefeitura está localizada no bairro Silvio Botelho. Foto | Diego Dantas/PMBV

A Prefeitura de Boa Vista inaugurou ontem a quarta unidade Proinfância da capital. Localizada no bairro Silvio Botelho, zona Oeste, que ganhou o nome de Waldinete de Carvalho Chaves, e atenderá 360 crianças nas modalidades maternal e pré-escola. A construção de creches e Casas Mãe contribui para aumentar a oferta de vagas na educação infantil da rede municipal de ensino.

Em 2016, a Secretaria Municipal de Educação efetivou quase duas mil novas matrículas para crianças de 2 a 5 anos de idade, crescimento que vem sendo registrado nos últimos três anos.

Atualmente, são 8.055 crianças nessa faixa etária matriculadas. Já no restante do país houve redução de 1% de matrículas, de acordo com o Censo Escolar 2015.

Atenção especial
Foto | Diego Dantas/PMBV.
Teresa recebe flores durante a inauguração da creche. Foto | Diego Dantas/PMBV.

Na inauguração da unidade Proibfância a prefeita Teresa Surita destacou a importância de investir na educação infantil.

“Atender a criança nessa faixa etária é o que nós buscamos, que é dá uma atenção especial à primeira infância. A construção de creches amplia o acesso de nossas crianças a um ensino público de qualidade”, disse.

O senador Romero Jucá viabilizou, junto ao Ministério da Educação, a liberação dos recursos para a construção das unidades Proinfância em Boa Vista. O valor investido em cada uma delas é de aproximadamente R$ 1,8 milhão, por meio do convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).


CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts