Neudo despreza delegados locais e impõe João Batista Campelo na Segurança Pública.

 Neudo despreza delegados locais e impõe João Batista Campelo na Segurança Pública.

GEDSC DIGITAL CAMERA

Compartilhe este artigo

There is no ads to display, Please add some
A Coluna de Hoje | Publicada 00H20
GEDSC DIGITAL CAMERA
Neudo não aceita ser contrariado e já decidiu que João Batista Campelo será entronizado na Secretaria de Segurança.

Há um certo pavor entre políticos aliados e na cúpula da Polícia Civil com a possibilidade de que João Batista Campelo seja novamente entronizado no comando da Segurança Pública em Roraima. Mas nenhum movimento de resistência terá efeito por que o martelo já foi batido pelo ‘governador de verdade’, Neudo Campos. “Será ele e não aceito nada que venha se opor a minha decisão”, disse Neudo quando foi abordado sobre o assunto por um deputado estadual da base aliada. Neudo fincou o pé, e pronto… 

Ex-diretor geral e delegado da Polícia Federal, João Batista Campelo, comandou o setor no governo de Neudo na década de 1990. Naquela instante até que desempenhou um trabalho de referência. Mas em um período manco, no comando de uma estrutura embrionária, quase sem nenhum delegado de carreira, policiais desqualificados e com um índice de violência até então aturável.

Ocorre que tudo mudou na última década. A Polícia Civil é outra, se modernizou, ganhou estrutura eficiente e tem em seus quadros delegados de nível altíssimo que não podem ser desarrimados para que se cumpra uma birra, uma teimosia do poderoso Neudo. Campelo já teve seu tempo e mesmo que Neudo relute, não dando ouvido aos aliados, prestigiar gente da casa seria o mais razoável. Além do mais vai causar um banzeiro danado, desgastes, revoltas e enfrentamentos ideológicos na instituição que enfrenta uma crise de identidade medonha, justamente por falta de comando e de ingerências estranhas.

Além do mais Campelo caiu em desgraça quando apareceu no noticiário nacional sob acusação do ex-padre José Antônio Magalhães Monteiro, que disse ter sido torturado por ele em 1970 numa subdelegacia da PF em São Luís, no Maranhão. E mais recentemente foi flagrado por câmeras de segurança de um hotel no Distrito Federal, quando ameaçava, com revólver, o recepcionista do estabelecimento. Acabou sendo dominado e preso.

A água vai ferver 

vvv
João Campelo é o nome de Neudo para assumir a Segurança Pública.

Vaidoso, arrogante e presunçoso, o governador de verdade, Neudo, não dará ouvido aos congregados. Quando empaca, não desliza nem no empurrão.

Mas se a nomeação de Campelo se confirmar, pelo menos três deputados da base ficarão mortificados: Mecias de Jesus, Soldado Sampaio e Brito Bezerra.

Os três não segredam de ninguém que são contrários à escolha. Entendem que há em Roraima, seja policial ou não, gente capaz de chefiar a Segurança Pública.

É um retrocesso 

ggg
Jorge Everton: não tem cabimento nomear gente de fora do quadro.

Por outro lado, há os que consideram um retrocesso a nomeação de João Campelo. É o caso do deputado Jorge Everton, delegado de polícia de carreira e profundo conhecedor dos enigmas que envolvem a Segurança Pública no Estado. “Nós temos gente do quadro efetivo com plena capacidade de ser secretário”, diz.

Realmente não tem cabimento botar um estranho lá, muito menos alguém ultrapassado como é o caso de João Campelo. Mas como é praxe nesse governo, quanto mais problemas, melhor.

Adjunto já foi escolhido

O advogado Luiz Eduardo Silva de Castilho vai fazer parelha com o futuro secretário de Segurança Pública.

Nomeá-lo adjunto certamente foi um prêmio porque Castilho integrou a banca de advogados de Neudo na eleição passada. Experiência no setor, nenhuma, lhufas.

Isso cria novo conflito, porque a delegada geral Haydée Magalhães – atualmente na interinidade na Secretaria – almejava o posto.

Situação irregular 

fff
Haydèe é delegada de classe intermediária, não pode ordenar despesas.

A situação da delegada geral Haydèe Magalhães no comando da Segurança, mesmo que na condição de provisória, é outro problema para o Governo sanar.

O Estatuto da Polícia permite que apenas delegados da Classe Especial sejam designados para a função.

Haydée é da classe intermediária, portanto, impedida de ordenar despesas. Por conta disso vai sofrer um baita processo por improbidade administrativa.

Arapongas em ação

Em sua curta temporada como interina na Segurança, a Delegada Geral Haydèe Magalhães promoveu algumas mudanças que ainda vão dar o que falar.  Perseguiu alguns subordinados e cuidou de retirar da SESP e levou para a Polícia Civil o sistema Guardião, responsável pelas interceptações telefônicas.

É o sistema indevidamente utilizado no passado para grampear políticos proeminentes para chantageá-los depois. Uma das vítimas teria sido o próprio ex-governador Anchieta, que diversas vezes confidenciou que estava “nas mãos de dois delegados”.

Tanto que em sua passagem pela SESP na gestão Anchieta, o ex-secretário Sá Cavalcante retirou o sistema da Polícia Civil. Desde então os delegados brigam para recuperá-lo. E Conseguiram. É bom políticos, gestores e empresários colocarem as barbas de molho.

Céu de brigadeiro 

ttt
Teresa enumerou as realizações que estão transformando a cidade.

Teresa Surita mostrou suas credencias com bastante antecedência para a eleição do ao que vem, onde disputará seu 5º mandato para comandar a Prefeitura de Boa Vista.

Em quase 1 hora de entrevista, no programa ‘Rádio Verdade’, apresentado por Bruno Perez, ontem, Teresa turbinou o discurso positivo de quem foi capaz de reconstruir Boa Vista em apenas 18 meses de administração, depois de ter herdado o caos, deixado pelo ex-aliado Iradilson Sampaio.

E pelo pipocar de ligações de pessoas entusiasmada como o trabalho realizado e visto, Teresa não apenas pavimenta o caminho para mais uma vitória no ano que vem como enraíza um projeto político bem mais consistente para os próximos anos.

Reajuste irrisório 

fff
Chagas: reajuste não atende as necessidades dos servidores.

Um reajuste pífio foi aprovado ontem para os servidores públicos estaduais, como recomposição solicitado pela governadora Suely Campos.

Ficou acertado então o insignificante aumento de 4,5% retroativo a 1º de maio. A matéria, de autoria do Executivo, fixa o índice de revisão geral referente ao exercício financeiro 2015, sobre a remuneração, subsídios, proventos e pensões dos servidores ativos e inativos.

O deputado Coronel Chagas lamentou que a revisão dos vencimentos dos servidores não tenha sido baseada no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 5,87%.

Da série, acorrentados!

ff
Pai de 9 alunos, Caúla não aceita o descaso do Governo.

Agora virou moda: depois que o professor Pierry Pinto inventou aquela fajuta greve de fome, acorrentando-se a um posto em frente ao prédio da Câmara de Vereadores de Boa Vista, um senhor idoso do município de Caroebe está agrilhoado a uma corrente na porta da escola estadual Tereza Teodoro Oliveira.

José Caúla, de 60 anos, iniciou o protesto para cobrar ônibus de transporte escolar.

Segundo ele, que é pai de nove alunos da instituição, não há coletivos para atender os estudantes desde janeiro deste ano.

Falência em cadeia

E pipocam reclamações de alunos e professores por todos os lados. As queixas contra a falência da Educação em Roraima, chegam agora da Escola Severino Cavalcanti, que um dia já foi modelo de ensino no sistema Tempo Integral, construída justamente pelo ex-governador Neudo Campos. O protesto teve início na tarde de ontem, quando os estudantes se recusaram a assistir as aulas pela ausência de acomodações adequadas e limpeza. Os professores e os pais dos alunos concordaram com a manifestação e se não for feito nada, as atividades serão interrompidas.

Pingos os ís… 

mmm
Mauricélio: a perda chegará a R$ 400 mil por mês.

O procurador Geral da Câmara de Vereadores de Boa Vista, Sérgio Mateus, dará entrevista coletiva, hoje às 9h30, para esclarecer tudo sobre questões orçamentária, verbas de gabinete e indenizatórias.

Ontem mais petardo foi lançado contra o Parlamento mirim pelo Ministério Público de Roraima que recomendou agora a redução de 1% no repasse do duodécimo feito pela Prefeitura. Conforme o vereador Mauricélio Fernandes a redução de 1% equivale a cerca de 400 mil por mês e R$ 5 milhões ao ano.

Destravar o ICMS

jjj
Romero Jucá, ontem, na reunião no Ministério do Turismo.

Café da manhã dos senadores com o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, na próxima terça-feira (19), deverá destravar a reforma do ICMS, o principal tributo do país, gerador de receita anual superior a R$ 300 bilhões.

A expectativa foi manifestada ontem pelo senador Romero Jucá, um dos participantes de audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo.

Para Jucá, se a resolução que diminui as alíquotas interestaduais do ICMS for votada até junho pelo Senado e a Câmara apressar o exame da convalidação, haverá grande probabilidade de as novas regras serem colocadas em vigor já a partir de janeiro de 2016, destravando os investimentos nos estados.

Sem censura

Novas formas de censura à imprensa foram tema de debate promovido ontem na Câmara dos Deputados. O encontro reuniu parlamentares, juristas e jornalistas.

Todos rejeitaram projetos apoiados pelo PT para controlar a imprensa e listaram uma série de ameaças que restringem a liberdade de informação e expressão, garantidas constitucionalmente no país: restrição da publicidade, a retirada de conteúdos da internet, as pressões econômicas sobre os veículos de imprensa, as intervenções judiciais, as ameaças a jornalistas, a censura às artes, as leis regulatórias e até a vigilância da sociedade civil.

quadra cidade sateliteQUADRA POLIESPORTIVA | Os moradores do bairro Cidade Satélite têm agora um novo espaço para praticar atividades físicas. A prefeita Teresa Surita inaugurou ontem a quadra de esportes na praça do bairro. Além de ser um espaço gratuito para a prática esportiva, o local receberá as atividades dos programas Academia Aberta e Esporte Noite Adentro. Para estrear a nova quadra, a Fetec preparou um “aulão” do Academia Aberta com alongamento, ginástica e dança aeróbica, que marcou o início das atividades no local. Agora, Boa Vista conta com seis pólos do programa, que incluem o Mirandinha, Praça Cabos e Soldados, São Bento, Velia Coutinho e Vila Olímpica.

Pizzollati na alça de mira

O Ministério Público Federal enviou ontem ao Supremo Tribunal Federal cinco pedidos de sigilosos relacionados aos inquéritos que tramitam naquela corte sobre o envolvimento de políticos ligados aos desvios na Petrobras.

Entre os investigados está o secretário extraordinário de Roraima, João Pizzollati, de que se busca informações sobre sua situação fiscal e bancária.

Pizzollati é um dos peixes graúdos, fisgados na Operação Lavajato, por seu envolvimento com o escândalo de propinas e desvio de dinheiro da Petrobrás,

CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

peronico

http://peronico.com.br

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Posts Relacionados

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: