Neudo deve ser transferido para presídio federal.

Compartilhe nosso conteúdo!
Coluna da segunda ||||| Publicada 00h10
llll
Neudo aguarda decisão na PF: se vai cumprir pena em casa o se será transferido para fora do Estado.

A defesa de Neudo Campos ingressou na Justiça Federal com pedido de prisão domiciliar sob a alegação de que o ex-governador, que se encontra recolhido na sede da PF em Boa Vista, possa cuidar de um câncer de pele, doença revelada por ele durante audiência de custódia com o juiz Helder Girão Barreto, na última quinta-feira, 26. O requerimento foi apresentado verbalmente durante audiência de custódia, após Campos afirmar que além do câncer de pele sofre de outros problemas de saúde. Ali mesmo Girão proclamou que iria analisar o pedido. Na audiência Neudo declarou que é inocente e desafiou qualquer pessoa a provar que roubou algo.

Ocorre que há muitas especulações sobre uma possível transferência de Neudo para um presídio federal, já que não pode permanecer cumprindo sua pena de mais de 10 anos em uma cela da Polícia Federal muito menos será levado para uma unidade prisional do Estado, aqui em Boa Vista e que já há um pedido com este fim do juiz Federal Helder Girão Barreto à diretora do Sistema Presidiário Federal, Valquíria Souza Teixeira de Andrade, em Brasília, em caráter emergencial, solicitando a inclusão de Neudo Ribeiro Campos no sistema por ela dirigido. O próprio delegado da PF, Alan Robson, que comandou a operação de busca a Neudo, informou na semana passada que ele seria transferido, mas não informou para onde. “Isso está sendo verificado junto à Justiça. Estamos vendo qual será o destino dele, que ainda é incerto. Por enquanto, ele ficará preso na PF”, relatou.

No caso de transferência de Neudo, a Justiça terá que optar por um destes destinos, onde estão situadas as penitenciárias administradas pela Justiça Federal: Catanduvas (Paraná), Campo Grande (Mato Grosso do Sul), Porto Velho (Rondônia) ou Mossoró (Rio Grande do Norte). O regime adotado nas penitenciárias federais de acordo é o de total confinamento por 24 horas diárias, o que somado ao fato de que essas unidades devam servir para abrigar presos que supostamente representam risco para a segurança e a ordem, ou no interesse do próprio condenado. As penitenciárias federais podem ser caracterizadas como unidades de detenção administrativa, porque a inclusão nelas resulta de objetivos estratégicos e conveniência administrativa.

Áudios pela culatra
Brasília - O ministro do Planejamento, Romero Jucá, se reúne com o presidente do Senado, Renan Calheiros (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Jucá foi vítima de gravação clandestina que causou sua saída do Ministério do Planejamento.

O principal objetivo do ‘x-9’ Sérgio Machado, ao divulgar os áudios com Renan Calheiros, Romero Jucá e José Sarney, era garantir foro privilegiado para si próprio na Lava Jato.

Uma reportagem do Estadão, contudo, mostra que ele pode ter o seu objetivo frustrado, se o STF não proibir o desmembramento do caso Transpetro, no qual Machado é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Além do que decretou o fim de sua vida social. Pois quem haverá de conversar com esse moço daqui pra frente?

Se há fumaça, há fogo 
lll
Provas colhidas nas escutas serão utilizadas nas investigações do Ministério Público Federal.

Enquanto fazia buscas a procura do ex-governador Neudo Campos, a Polícia Federal fez uso de um expediente absolutamente repugnante, só que com consentimento da Justiça: a escuta telefônica.

E apanhou um monte de gente que na visão da PF estava empenhada em montar um plano de fuga para o ex-governador, provavelmente para a Venezuela. Há peixe graúdo enrolado.

As provas coletadas serão utilizadas pelo Ministério Público Federal para averiguações de crimes de improbidade administrativa, processos administrativos disciplinares e representação interventiva no Estado, medidas que podem culminar no afastamento de políticos eventualmente envolvidos nas práticas investigadas, segundo informou o delegado da federal, Alan Robson.

Furdunço na Câmara de Vereadores
llll
Thiago foi empossado no lugar de Adelino de forma indevida, segundo juiz.

O caso do vereador Adelino Neto está longe de ter um fim: afastado sob acusação de praticar atos fraudulentos para desviar dinheiro da Câmara de Boa Vista, Adelino foi substituído pelo suplente Thiago Fogaça. Ocorre que a posse de Fogaça sofreu revés: o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública, César Henrique Alves, decidiu anular o ato atendendo petição patrocinada pela defesa de Adelino.

Segundo o magistrado, o presidente da Câmara Boa Vista, Edilberto veras, foi além do que determina o regimento interno e decretou o afastamento Adelino por meio da Ata Presidencial nº 001/2016, publicada no Diário Oficial do dia 10 de maio, empossou Fogaça em desacordo com a norma da Casa. Conforme o artigo 93 do Regimento interno, as vagas na Câmara só podem ser abertas por extinção, perda de mandato, falta de posse no prazo legal, ou perda e suspensão dos direitos políticos.

Ou seja, Adelino foi apenas afastado, mas continua vereador. E a vaga não foi declarada vaga. O caso é comparado ao do deputado federal Eduardo Cunha, relata o advogado Kleber Paulino.

Mapa do estupro: Roraima lidera
lll
O mapa do anuário brasileiro de segurança põe Roraima no topo com a maior taxa de estupros por habitantes.

Segundo dados do 9º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, em 2014, 47,6 mil pessoas foram estupradas no Brasil. A cada 11 minutos alguém sofreu esse tipo de violência no país. Esse número pode ser ainda maior, pois a pesquisa só consegue levar em conta os casos que foram registrados em boletins de ocorrência – estimados em apenas 35% do montante real. Estamos falando de outros 65% que nem sequer entram nas estatísticas.
No ranking estadual, Roraima lidera, com a maior taxa de estupros registrados — 55,5 casos a cada 100 mil habitantes. Em seguida vêm Mato Grosso do Sul, com 51,3, e Amapá, com 45 (a maior taxa de registros não quer dizer que sejam os estados com a maior taxa de estupros).

No outro extremo, com o menor número de registros, estão Espírito Santo (6,1), Minas Gerais (7,1) e Rio Grande do Norte (8,7) (da mesma forma, a menor taxa de registros não significa que esses estados tenham menor taxa de estupros). Em números absolutos, São Paulo, com a maior população, está em primeiro lugar. Foram mais de 10 mil relatos de estupros no período de um ano – mais de 20% do total de casos registrados em todo Brasil.

Mozarildo insiste…
lll
Mozarildo sonha em poder contar com apoio político da governadora Suely Campos.

O ex-senador Mozarildo Cavalcanti, presidente local do PTB, insiste que vai enfrentar a prefeita Teresa Surita (PMDB) na disputa pelo Palácio 9 de Julho, na eleição de outubro.

Parada um tanto dura para quem não foi bem avaliado na eleição passada, onde obteve apenas 25.594 votos (10,89%) em todo o Estados depois de 16 anos de Senado. Votação insignificante para quem almeja ser refeito de Boa Vista.

E sonha com o apoio do Palácio Senador Hélio Campos. Nem sabe ele que a governadora Suely Campos (PP) está disposta a ficar bem longe da disputa aqui na capital.

 Orçamento restrito
lll
O ministro Gilmar Mendes afirma que há necessidade de recompor o orçamento do TSE urgentemente.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou ontem que a reunião entre o presidente da corte, ministro Gilmar Mendes, e o presidente interino Michel Temer, na noite de sábado, foi para tratar do orçamento da eleição municipal de 2016. Os dois se encontraram no Palácio do Jaburu.

Gilmar já reclamou publicamente que faltam R$ 250 milhões para garantir a realização das eleições deste ano. Na nota, o tribunal informa que há “necessidade de recomposição urgente do orçamento do TSE neste ano eleitoral”.

Diz ainda que precisa mandar fabricar 90 mil novas urnas para serem distribuídas em todos os estados. Também segundo o TSE, Gilmar se reuniu com o então ministro do Planejamento Romero Jucá, em 12 de maio deste ano, logo que assumiu a presidência do tribunal. Na ocasião, ele reivindicou a recomposição de, pelo menos, R$ 150 milhões dos R$ 250 milhões.

Reforço financeiro na PM
lll
Comandante Gonçalves: recursos serão investidos no reforço ao policiamento comunitário.

O governo de Roraima recebeu mais de R$ 2,2 milhões da Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) para novos investimentos na Polícia Comunitária, desenvolvida pela Polícia Militar. O convênio tem por objetivo fortalecer as ações, estratégias e projetos de prevenção à violência e criminalidade no Estado.

De acordo com o comandante geral da Polícia Militar, coronel Dagoberto da Silva Gonçalves, o recurso possibilitará a implantação de mais cinco unidades móveis na capital.

A expressiva expansão populacional da capital nos mostra a necessidade da intervenção do Sistema de Segurança Pública para coibir o avanço da criminalidade. A sociedade só tem a ganhar, pois serão instaladas mais bases comunitárias que contarão com o apoio do Programa Ronda no Bairro da Polícia Militar, além das outras modalidades de policiamento”, disse Gonçalves.


CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts