Nicolás Maduro justifica manobras militares nas fronteiras.

Compartilhe nosso conteúdo!

Após ordenar um execício militar denominado Escudo Bolivariano 2020, Nicolás Maduro tem elevado o tom belicoso em seus depoimentos, informa Duda Teixeira, na Crusoé.

O ditador justifica as manobras militares acusando outros países — EUA e Brasil, em especial — de planejar um ataque à Venezuela.

As operações, segundo Maduro, teriam o objetivo de dissuadir os inimigos internacionais do regime.

“Há terroristas no território brasileiro preparando ataques e incursões militares contra a Venezuela. E nós temos direito de nos preparar”, disse Maduro em uma ocasião”, disse o ditador.

Ele acusa o presidente brasileiro Jair Bolsonaro de esta arrastando as forças militares do Brasil para um conflito armado contra a Venezuela, ao amparar um grupo de terroristas que atacou um quartel militar no seu país.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts