Novela da Globo difama o povo roraimense sobre xenofobia aos venezuelanos.

A Coluna de Hoje | Publicada 00h13

Venezuelanos sendo acolhidos pelo Exército em abrigos de Boa Vista.

Uma cena da novela ‘Órfãos da Terra’ – das 18 horas, na Globo – exibiu no capítulo 66 do último dia 17, que trata justamente de uma ficção sobre a migração na Síria – embora baseada em fatos reais -, faz uma alusão ao que está ocorrendo em Roraima com a migração venezuelana.

Só que de forma distorcida e bem diferente do que ocorre aqui com a acolhia aos milhares de ‘hermanos’ que fogem do regime desgraçado do ditador Nicolás Maduro.

Na novela aparece uma mulher que se recupera de uma agressão por ser refugiada. Ai surge o personagem de um padre dizendo o seguinte: “Veja, Rogério, os venezuelanos que estão se refugiando em Roraima estão sendo hostilizado pela população”. O que, convenhamos, não é verdade.

E o outro personagem continua: “é uma tristeza, né padre… eles estão fugindo da fome e da violência e ainda estão sendo recebidos como inimigos”, ao que o padre completa: “graças a Deus ainda existe gente boa no mundo. Veja esse do padre de Pacaraima, Jesus Pompadilha, ele abriu as portas da igreja para os venezuealanos…”

O texto é deturpador do ponto de vista da realidade. Se não fosse pela bondade e generosidade do povo de Roraima, o que seria das famílias que foram acolhidas e ainda permanecem aqui nos últimos anos?

A Globo nos deve um pedido de desculpas e uma retratação nacional, porque o texto da novela é pejorativo, difamatório e credita aos roraimenses uma xenofobia que não existe.

O dialogo exibido na trama global, óbvio, causou indignação na população e motivou uma nota de repúdio do Governo do Estado. O vídeo com a cena foi exibido em redes sociais e em grupos privados de WhatsApp e viralizou. Mas não condiz a verdade e merece a repulsa de todos.

Armas não: derrota de Bolsonaro

Mecias votou pela revogação do decreto de posse e porte de armas.

O plenário do Senado aprovou ontem (18) a revogação do decreto do presidente Jair Bolsonaro que flexibilizou o acesso da população a compra e posse de armas no Brasil.

Por 47 votos a 28, os senadores aprovaram um Projeto de Decreto Legislativo que susta os efeitos da flexibilização. A matéria segue agora para análise na Câmara dos Deputados.

A maioria dos senadores argumentou que a alteração das regras para o acesso às armas por meio de decreto era inconstitucional e deveria ser feita por projeto de lei.

Os senadores roraimenses estavam presentes na votação: Mecias de Jesus (PRB) votou contra o projeto de Bolsonaro. Chico Rodrigues (DEM) e Telmário Mota (Prós) votaram a favo.

Renato Silva desacelerou

O deputado Renato já não açoita mais o Governo como no início.

Pode parecer um neologismo, mas o deputado Renato Silva (PRB) “desacelerou” em relação ao governador Antônio Denarium (PSL).

Desde o início do mandato e até dias atrás, Renato tratava Denarium e seu governo na ponta da chibata. E fazia isso todos os dias em pronunciamentos na Assembleia.

O que se observa atualmente, porém, é que Renato mudou o discurso e aparece agora mais moderado, deixando rastros de que está mais alinhado ao Palácio Hélio Campos.

O que não faz uma conversa de pé de orelha no gabinete governamental. Né não!?

O caos na Polícia Civil

Nilton disse ontem que não vai mais fazer doações para a Polícia.

Agente de Policia Civil de carreira o deputado Nilton do Sindpol (Patri) expôs ontem que a instituição está sucateada.

Revelou que a Polícia Civil de Roraima está sucateada e algumas atividades ainda se realizam por conta de doações.

“Eu vinha doando papel e material de expediente, com certa frequência. Mas parei com isso, porque essa função é do governo do Estado”, revelou.

Segundo Nilton o governo de Denarium padece de planejamento. E incitou que o povo proteste na porta do Palácio, inclusive com invasão ao gabinete do governador.

Teresa vai ao Espírito Santo

Teresa fez apresentação de programas sociais em Vitória (Espírito Santo)

A prefeita Teresa Surita foi ao Espírito Santo, a convite do Governo daquele Estado, onde palestrou nesta terça-feira, 18, durante a Mesa Técnica Intersetorial Sobre a Primeira Infância, que ocorreu no Palácio Anchieta, em Vitória.

Com o tema “Boa Vista, Capital da Primeira Infância”, Teresa mostrou as ações que a tornaram pioneira no Brasil ao criar políticas públicas voltadas a cuidar da criança, da gestação aos seis anos de idade.

O evento reuniu representantes dos Ministérios da Cidadania, Saúde, Educação, Fundação Abrinq, Unicef, prefeitos, entre outras autoridades do Espírito Santo. Na oportunidade, Teresa apresentou as ações eficientes executadas em Boa Vista, desde as intervenções urbanas com adaptações para a criança, até a rede integrada que envolve os programas Família que Acolhe e Visitação Domiciliar, que já alcançaram mais de 15 mil famílias.

É a vontade política de fazer, que transforma e faz a diferença na vida das pessoas. Eu sempre digo: eu tenho a melhor equipe do Brasil porque todos são líderes. Eu faço parte dela, mas daqui a pouco eu saio e eles continuam tendo essa consciência. É mais fácil construir crianças fortes do que reconstruir homens destruídos”, discursou a prefeita.

Governador destaca ações

Renato Casagrande elogiou o trapalho desenvolvido em Boa Vista.

O Governador do Estado do Espírito Santo, Renato Casagrande, em seu discurso elogiou o trabalho da prefeita e como ela conduz o município, mesmo em meio à crise venezuelana que se instalou em Roraima.

“Teresa, cinco vezes prefeita de Boa Vista. Eu tive a oportunidade de ir lá como presidente da Fundação João Mangabeira. Tive chances de visitá-la, conhecer um pouco o trabalho dela. Uma cidade muito bonita, organizada, estruturada, sofrendo muito agora com a situação caótica da Venezuela. Imagino a pressão que está sobre Boa Vista. Uma cidade de 370 mil habitantes, hoje tem 67 mil venezuelanos, 20% de população a mais”, declarou.

Na semana passada, representantes de diversos lugares do mundo vieram à capital para participarem do primeiro Fórum Nacional da Primeira Infância.

O evento consolidou, de fato, a Boa Vista como a Capital da Primeira Infância e consagrou o ministro da Cidadania, Osmar Terra, como padrinho da cidade.  

E para que serve o Iacti?

Denarium anunciou a criação de uma fundação de pesquisa para Roraima.

O governador Antônio Denarium anunciou ontem a criação a criação da Fundação de Amparo à Pesquisa de Roraima, que terá a sigla de FAPERR.

O que cabe uma pergunta: “para que criar uma Fundação se já existe o IACTI (Instituto de Amparo Ciência e Tecnologia e Inovação), com as mesmas funções?

Não seria melhor investir no que já existe? O Iacti foi criado em 7 de julho de 20,11, pelo então governador José de Anchieta Junior.

Mas desde a criação só serviu para abrigar apadrinhados político dos governadores e nunca se impôs como instrumento de pesquisa.

Não por acaso, o Iacti é presidido atualmente por um amigo do governador.

O maior arraial do norte

Começa hoje à noite a maior festa junina da Amazônia.

A festança tá chegando e a Prefeitura de Boa Vista está preparada para receber mais de 200 mil pessoas nas cinco noites do Boa Vista Junina 2019, a partir de hoje na praça Fábio Marques Paracat.

Este ano, o evento tradicional no estado terá cinco dias – de 19 e 23 de junho, uma redução em relação aos anos anteriores.

Antes, o Boa Vista Junina tinha entre oito a nove dias de festa. Segundo a prefeita, Teresa Surita (MDB), o município decidiu diminuir os dias “para manter a qualidade em um período de cortes” no orçamento.

A expectativa é que a festa possa movimentar R$ 12 milhões com a geração de 500 postos de empregos diretos e outros mil indiretos.

A banda paraibana Magníficos será a grande atração nacional, já na primeira noite da festa. Outras 15 bandas locais devem se apresentar durante os cinco dias de festa, que é classificado pela prefeitura como o “maior arraial da Amazônia”.

TRF julga ações do linhão

A construção do linhão ainda depende de demandas judiciais.

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) julga hoje (19), em Brasília, duas ações movidas pelo Ministério Público Federal (MPF) para impedir a construção da do Linhão de Tucuruí.

O MPF pede, em uma das ações, a anulação do leilão que atribuiu à concessionária Transnorte Energia (TNE) a execução da obra e, em outra, a anulação da licença prévia concedida pelo Ibama.

As duas ações obtiveram sentenças favoráveis nos julgamentos da primeira instância. Agora, o TRF1 decidirá se mantém ou modifica as sentenças que determinam a anulação do leilão e da licença prévia para o trecho da linha de transmissão em razão do descumprimento da obrigação de consulta prévia ao povo indígena.

Fotógrafos presos na fronteira

Os fotógrafos Luan, Gabriel e Diego foram liberados ontem na fronteira.

O clima esquentou ontem na fronteira, em Santa Helena do Uairén, com prisão de três fotógrafos brasileiros que realizam trabalhos sobre a migração.

Luan José Soares Silva, Gabriel de Rezende e Diego Silva Veras foram detidos pela Guarda Nacional Bolivariana (GNB), enquanto faziam imagens da cidade. Os equipamentos foram apreendidos, entre eles um drone, o que teria levantado suspeita de espionagem.

Mas ontem mesmo, depois de interrogados em um quartel do Exército, os três brasileiros foram liberados e voltaram para Boa Vista.

Cartão do Estudante | A Prefeitura de Boa Vista, por meio da Empresa de Desenvolvimento Urbano e Habitacional (Emhur), possibilita desde o último final de semana que o Cartão do Estudante (foto acima), emitido pelo Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos (Sindaima), seja também aceito aos domingos e feriados, e não apenas nos cinco dias úteis e sábados. O cartão garante uma passagem de ônibus pela metade do valor da tarifa, ou seja, em vez de pagar a tarifa de R$ 3,60, o estudante paga apenas R$ 1,80 por passagem. A estudante Raylane Alves Souza destaca que a validade do cartão aos domingos e feriados facilita a locomoção dos estudantes. Atualmente Boa Vista é atendida com uma frota de quase 80 ônibus, dispostos em 17 linhas geridos pelas empresas concessionárias Viação Cidade de Boa Vista e Cidade Boa Vista Transportes Urbanos.

CONTATOS DO AUTOR

www.peronico.com.br – emails: peronico.27@gmail.com / blogdoperonico@gmail.com / expeditoperonico@gmail.com Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Mais Noticias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: