Novo calote: Governo limita pagamentos, quebra empresas locais e gera desemprego.

Compartilhe nosso conteúdo!

A Coluna de Hoje | Publicada 00h15

sueluhoje1
MORATÓRIA | No decreto da Governadora Suely, pagamentos integrais só até R$ 10 mil reais.

Quase ninguém percebeu, mas a governadora Suely Campos aplicou mais um calote oficial no empresariado local, baixando normas austeras para a realização de pagamentos de dívidas reconhecidas do exercício de 2014. O “restos a pagar” já estava refreado desde o início do governo quando foi decretada moratória por 180 dias. Ao término deste prazo quando todo mundo sonhava em receber o devido do governo Zé Anchieta, veio novo golpe: valores até míseros R$ 10 mil serão pagos agora. Acima disso, a conta será dividida em 12 parcelas semestrais – reparem bem para esse detalhe -, e só se houver fluxo de caixa.

A medida foi publicada providencialmente no Diário Oficial do Estado – DOE – do último dia 8, véspera de feriado prolongado, justamente planificado e esquematizado para não causar impacto. Sabedores somente na semana passada, os credores do Governo estão acometidos do desespero natural, pois além de não pagar as contas atrasadas, não têm capacidade financeira de manter o negócio. Resultado dessa brincadeira: demissões e empresas fechando as portas.

Suely recorreu a uma lei caduca de março de 1964 para aplicar o baque, um verdadeiro coice na economia local. O decreto especifica que é preciso ter responsabilidade na gestão fiscal com transparência para prevenir riscos e corrigir desvios. Mas que desvio são esses? O único desvio sentido é o de conduta da própria governadora que está contribuindo com sua atitude para a falência da economia local, absolutamente dependente do Estado.

Repasse fracionado

rrrr
AOS POUCOS | Governo não repassa duodécimo integral aos poderes.

Seis meses depois da posse parece que as coisas na administração de Suely começam a tomar o mesmo caminho do governo anterior.

Os poderes vão de novo enfrentar o infortúnio por conta do repasse fracionado. Ontem o Governo depositou apenas 69% do valor total do duodécimo na conta da Assembleia Legislativa, Tribunal de Justiça, Ministério Público Estadual, Tribunal de Contas, Defensoria Pública e Ministério Público de Contas. Isso significa dizer que dias piores virão.

Do total de R$ 41,6 milhões que o Estado teria que ter repassado aos poderes constituídos, só foram liberados R$ 28,7 milhões, conforme Kardec Jacson, secretário da Fazenda. A outra parte só virá após o dia 10 do mês seguinte.

Vacas magras

O secretário Kardec enumerou uma série de fatores negativos ao explicar os motivos que levaram o Executivo a voltar a fracionar o repasse do duodécimo.

O aumento da dívida pública e a obrigatoriedade do pagamento do 13° salário aos servidores públicos no mês passado e a fraca arrecadação são alguns desses fatores.

No mês de julho houve uma queda brutal no repasse do Fundo de Participação dos Estados – FPE. A perda foi quase 20%: foram R$ 14 milhões a menos.

Além disso, o secretário afirmou que dos dois empréstimos feitos pelo Estado para o saneamento da Companhia Energética de Roraima – CERR – de mais de R$ 260 milhões, foram pagos R$ 9 milhões somente de juros. 

Jorge de novo 

ggg
OUTRO MANDATO | Jorge anunciou que é pré-candidato a reeleição na OAB.

O presidente da OAB Roraima, Jorge Fraxe, decidiu tentar um novo mandato nas eleições de novembro. A pré-candidatura está sendo difundida com apoio de uma parcela expressiva dos advogados roraimenses e com isso está aberto oficialmente o processo eleitoral na OAB local.

A gestão de Jorge foi voltada principalmente para o advogado em início de carreira – o jovem advogado – e todas as promessas da campanha passada foram realizadas ou estão em execução.

O esforço agora é reunir mais apoiamentos e formar uma coalisão capaz de fortalecer a OAB e buscar a unidade da classe.

pizolati
LONGE DE RORAIMA | Secretário aqui, mas morador de Santa Catarina.

Pizzolatti não mora aqui

João Pizzolatti, um dos investigados na Lava-Jato, alvo da PF na última terça-feira, é secretário de Articulação Política de Roraima, mas não mora no estado.

Nomeado pela governadora Suely Campos, sua correligionária, Pizzolatti recebe R$ 23 mil por mês e continua firme e forte entre Santa Catarina e Brasília. A propósito, sua nomeação foi em fevereiro, semanas antes da abertura de inquérito contra ele por Teori Zavascki.

O comentário é do renomado jornalista Lauro Jardin, da Revista Veja, autor da coluna Radar, uma das mais prestigiadas da imprensa nacional.

Quem com ferro fere… 

ppp
TIROTEIO | Quartieiro acusa o governo de cometer calote eleitoral.

O vice Paulo Cesar Quartieiro retomou na televisão sua investida pesada e impiedosa contra a governadora Suely.

A campanha agora é no horário gratuito destinado aos partidos políticos. E com o Democrátas sob seu domínio, vem açoitando a titular a quem acusa de ter cometido estelionato eleitoral.

Quartieiro faz um comparativo interessante sobre o que prometeu a governadora na campanha e o que de fato está sendo feito, sobretudo em relação ao empresariado, que esperançou fortalecer.

Passou despercebido 

O presidente da República Cooperativista da Guiana, nosso vizinho ai do lado, passou incólume por Boa Vista, rumo a Brasília.

David Granger foi se encontrar com o senador Romero Jucá para tratar de detalhes sobre a inclusão do seu pais no Mercosul. Enquanto aqui esteve, ficou deixado no Aeroporto, sem apoio do governo local e sem a cobertura da imprensa.

Não é possível que um Chefe de Estado ingresse em nosso Estado sem que as autoridades locais não saibam e lhe deneguem apoio logístico.

Ligação importante

jjj
APROXIMAÇÃO | Jucá com Granger: ligação importante com a Guiana.  

Durante o encontro com o presidente Granger, Jucá detalhou a importância para a economia de Roraima e da Amazônia da ligação com asfaltamento da rodovia Boa Vista-Lethen-Linden-Gerorgetown.

Com certeza também será um grande impulso para a Guiana a concretização deste sonho que irá criar uma nova fronteira agrícola no nosso país e garantir a exportação de alimentos. Além disto, a iniciativa vai facilitar o escoamento da produção da Zona Franca de Manaus, pelo Oceano Atlântico. Existem também já bem adiantados os estudos para a ampliação do Porto em Georgetown”, disse Jucá.

dilma
INFERNO | Dilma sofre com a possibilidade do Impeachment.

Impeachment une tucanos

A comunidade política evita adotar a todo custo o discurso de apoio aberto ao impeachment de Dilma. Mas, nos bastidores, especialmente após o rompimento de Eduardo Cunha com o governo, a situação é outra: tucanos e peemedebistas decidiram aguardar as manifestações marcadas para 16 de agosto.

Caso a adesão e o impacto dos protestos sejam expressivos, a cúpula dos dois partidos avalia que a solução para a crise política e institucional brasileira será a cassação de Dilma.

jalser cantor
TV ASSEMBLEIA | Para Jalser, importante canal de divulgação.

A TV ALE vem 

Promessa de sua campanha à presidência da Assembleia Legislativa, o deputado Jalser Renier finalmente arrancou do papel o projeto da TV Assembleia – TV ALE. Será um importante órgão de difusão das atividades do Poder Legislativo em canal aberto e totalmente digital.

Entra em fase de testes no próximo mês de agosto. A TV será dirigida pelo coleguinha Romano dos Anjos. O feito de Jalser é admirável, porque o convênio com o Senado Federal estava assinado havia quatro anos.

A governadora sumiu 

gggg
EU MANDO | Neudo comandou os contatos com os coreanos em Roraima.

Na recente visita de coreanos ao Estado, uma pequena minúcia me atiçou: a ausência total e absoluta da governadora Suely Campos nas reuniões e visitas. Não aparece nem na foto. Os eventos foram tomados e dominados em sua totalidade pelo consultor Neudo Campos. E pela opulência das imagens, Neudo faz questão mostra-se influente e prestigioso. Ou seja, é o governador de fato.

yyyy
RELAÇÕES BILATERAIS | Suely e Rangel discutiram novas formas de relacionamento entre Roraima e Bolívar.

Acordos bilaterais | Os governos de Roraima e Bolívar (Venezuela) discutiram ontem à tarde, no Palácio Hélio Campos, novas parcerias para tornar mais humanizada e relação fronteiriça.  A reunião juntou Suely Campos e general Francisco Rangel Gómez, governador do Estado vizinho. E foi anunciada a criação de uma comissão para analisar tecnicamente propostas para o fortalecimento da Agricultura, Infraestrutura, Transferência de tecnologia, Turismo, Educação, Saúde e Mercosul (Mercado Comum do Sul). A expectativa é que dentro de um mês o estado de Roraima obtenha retorno, já com possibilidades de acordos concretos a serem firmados, atendendo aos interesses mútuos dos estados.

 

CONTATOS: www.peronico.com.br – e-mail: peronico.27@gmail.com – Facebook: Peronnico Expedito – Blog do Expedito Peronnico.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts