O fim da reeleição

Compartilhe nosso conteúdo!

A coluna de hoje | publicada 00h15

A reforma política – o projeto encontra-se na chocadeira da Câmara dos Deputados -, vai reformular o jogo do poder no Brasil. Acaba com o instituto da reeleição como a principal tarefa a ser empreendida.

Dos 34 deputados titulares integrantes da recém-instalada comissão especial sobre a reforma política, pelo menos 23 são favoráveis ao fim da reeleição do presidente da República, dos governadores e dos prefeitos. A maioria – 22 – também é favorável a realização de eleições gerais em todos os níveis no mesmo dia, de presidente a vereador.

Mas se para a maioria o fim da reeleição é algo bom para a Nação há, como não poderia deixar de existir, uma contrapartida. Os mesmos deputados que querem ver o fim dos mandatos sequenciais, defendem a extensão do tempo de poder, mandatos mais longos, 5 ao invés de 4 anos.

O fim da reeleição e a coincidência das eleições municipais com as eleições estaduais e federal a partir de 2018 estão previstos na Proposta de Emenda à Constituição será a base do início dos debates da comissão especial.

Voto facultativo 1aA PEC da reforma eleitoral também prevê o fim do voto obrigatório, instituindo o voto facultativo.

Mas a maioria dos deputados – óbvio rejeita a proposta, embora nada esteja definido porque o assunto será exaustivamente debatido.

Defendem que o voto deve continuar sendo uma obrigação do cidadão. Com a desculpa esfarrapada de O voto obrigatório ainda faz parte de mecanismos importantes para fortalecer a democracia, a participação popular no debate das propostas.

Vem para o samba

Bloco das Verdinhas: foto publicada por Teresa Surita em seu Facebook.
Bloco das Verdinhas: foto publicada por Teresa Surita em seu Facebook.

Aproveitando a notoriedade de quem é respeitada como uma das personalidades políticas mais proeminentes do momento, a prefeita Teresa fez questão de usar todos os meios disponíveis para dar sustentação à sua festa de Carnaval.

Como – por questões de escassez financeira -, não tivemos desfile de escolas, a avenida Ene Garcez serve de palco para os blocos.

E Teresa, no comando da massa, usou suas contas nas redes sociais para incentivar a participação popular no evento.

E lá vem bomba 

Jucá é citado em algum noticiário, mas nada foi comprovado do seu envolvimento com a Lava Jato.
Jucá é citado em algum noticiário, mas nada foi comprovado do seu envolvimento com a Lava Jato. “Me deixem fora disso”.

Nos bastidores, corredores e porões da capital federal, fala-se que depois do Carnaval sai a lista dos políticos envolvidos na operação Lava jato.

Há nomes graúdos da situação e da oposição envolvidos na lambança. Isso o corporativismo necessário para que todos tentem se salvar, não fazendo virar o barco.

Roraima aguarda com ansiedade o desdobramento dessa fase da investigação – do núcleo político -, para sabermos na verdade se há algum representante nosso embrulhado em mais esse pacote da corrupção.

Segundo noticiou o jornal O Estado de S. Paulo, o senador Romero figura entre os beneficiários do dinheirinho, sacado lá das contas da Petrobrás. Mas Jucá nega e já disse que nada deve. Portanto, nada a temer. E até agora nada provou-se contra ele.

Arena politica

Arrumação para as eleições do ano que vem começa depois da quarta-feira de cinzas. Assim que acabar o período do rei momo, as falações tomam corpo.

Mas a rádio corredor já espalha que a deputada federal Shéridan será a grande adversaria de Teresa Surita na peleja.

Como diz uma amiga jornalista: quem viver verá! E enquanto na maioria das capitais os nomes estão em evidencia, por aqui – terra de muro baixo – tudo está resumido ao mundo do fuxico.

Índios em pé de guerra 

Indígenas prometem se armar para tentar barrar a PEC da demarcação.
Indígenas prometem se armar para tentar barrar a PEC da demarcação.

Os indígenas de Roraima já foram notificados de que haverá uma grande manifestação em Brasília nos próximos meses.

É porque foi desarquivada no Senado a PEC das Terras Indígenas que muda a Constituição para submeter ao Congresso Nacional a decisão final sobre a demarcação de terras indígenas, que hoje é atribuição exclusiva do Executivo.

Devido ao tamanho e ao poder da bancada ruralista no Legislativo, os índios temem que a medida seja aprovada e impeça novas demarcações.

O senador ‘caboco’ Telmário Mota protestou contra a iniciativa de desarquivar a proposta, que ele considera ameaça a direitos já conquistados pelos povos indígenas.

No tempo das cavernas

Existe no Brasil – e aqui também -, um bocado de imbecis que quer manter as populações indígenas em estado selvagem, primitivo mesmo.

Enquanto isso a sociedade puramente mercantilista, gananciosa e progressista avança. Acho um equívoco esterilizar os índios ante a modernidade humana.

Seria melhor socializar todo mundo agora – obedecendo o compromisso de manter e preservar os costumes de cada etnia -, enquanto há o interesse por um conceito preservacionista das culturas indígenas.

Por que senão – se deixar isso para depois – será tarde mais. Os índios serão dizimados em nome do progresso. Igualzinho como fizeram na América dos Casacos Azuis, comandados pelo sanguinário George Armstrong Custer, conhecido como general Custer.

Agentes da limpeza

O 5 DP passou por uma faxina ontem de manhã, realizada por policiais civis.
O 5 DP passou por uma faxina ontem de manhã, realizada por policiais civis.

Na falta de estrutura que permita a realização do serviço regular de limpeza nas delegacias da Polícia Civil da capital, a população flagrou ontem um verdadeiro mutirão promovido por delegados e agentes no 5º DP – localizado no Distrito Industrial.

A faxina se deu porque a única zeladora da unidade policial ganhou folga – claro ninguém é de ferro -, para brincar o Carnaval. Munidos de rodos, baldes, vassouras e produtos de limpeza, os policiais limparam tudo.

A Secretaria de Comunicação do Governo foi requisitada a dar explicações. Como faz sempre, culpou a administração anterior.

Telmário, o taciturno

Telmário é que ficou pianinho na história.
Telmário em ação quando não era senador: verdadeiro galo de briga.

Impressiona a postura silenciosa do senador falastrão Telmário Motta. Antes falador e afeito a um deus-nos-acuda, motins e agitações, o homem do bordão “pianinho” que causou tantos desmoronamentos e inspirou seguidores e admiradores na campanha passada, emudeceu.

Abiscoitou uma pequena fatia do bolo governamental, com indicações pequeninas, e parece que se deu por satisfeito. Ao que parece Telmário quer lonjura dos acontecimentos e ficar ao largo das decisões flagelantes da governadora Suely, sua aliada. 

Vou tratar das 27 condicionantes que a fundação colocou para a construção do Linhão de Tucuruí. Hoje a obra está parada só por causa da Funai. E não são os índios que estão impedindo, são os consultores que estão vendendo dificuldade. Queremos que Roraima seja autossuficiente em energia”, disse o senador Telmário Motta sobre a paralisação da obra do Linhão de Tucurui.

Quem com ferro fere… 

Estádio Canarinho em reforma: a obra agora é importante.
Estádio Canarinho em reforma: a obra agora é importante.

…com o mesmo ferro será ferrado. É nessa conjuntura em que se encontra o ex-deputado Flamarion Portela – secretário estadual de Infraestrutura.

Na oposição – enquanto durou o governo Anchieta/Chico -, Flamarion empunhou a baioneta da rebeldia, da resistência e golpeou os adversários sem dó nem piedade. Foi um parlamentar brilhante, combativo e sem medo.

Mas na semana passada testemunhei o drama do agora secretário. O outro lado. Governista, tem que acobertar e acudir a reforma do Estado Canarinho – algo que tanto combateu, por se tratar de uma sangria do dinheiro público – como sendo bom e imperioso para o desenvolvimento do desposto roraimense.

Falou maravilhas da obra, prometendo que o Governo a entregará ao usufruto da população no ano que vem. A rebeldia de Flamarion deu lugar a contemplação.

É a tal história: o mundo dá voltas. Aliás, o mundo vive rodando, num é mesmo!

A ponte que caiu

A velha pinguela da rua Onix está para desabar. Mas a prefeita Teresa prometeu que vai construir uma nova.
A velha pinguela da rua Onix está para desabar. Mas a prefeita Teresa prometeu que vai construir uma nova.

A ponte da rua da rua Ônix – que liga o bairro Jardim Olímpico ao Conjunto do Servidor Público, no bairro Jóquei Clube, zona Oeste – está para desabar.

A estrutura de madeira encontra-se em condições precárias, tornando possível apenas a passagem de pedestres e ciclistas.

Os moradores aguardam até a construção de uma ponte de concreto, promessa de campanha da prefeita Teresa Surita em 2012.

O prometido nunca foi cumprido, mas os moradores – mesmo esgotados da espera -, ainda acreditam no compromisso de Teresa.

Jogatina aqui do lado

Princess Guyana, em Georgetown é luxuoso e tem cassino.
Princess Guyana, em Georgetown: é luxuoso e tem cassino.

Os roraimenses apreciadores de uma boa jogatina, já não precisam mais atravessar praticamente toda a América para manusear o carteado em Vegas.

Bem aqui do lado, em Georgetown, há um cassino moderníssimo com apelo para todos os jogos. É o Guyana Princess Hotel, luxuoso, confortável e barato.

Alias Georgetown está se modernizando. Acaba de ganhar mais um 5 estrelas da cadeia americana Marriott.

Sétima arte

Assim será o Cinemark quando abrir as portas no Garden Shopping.
Assim será o Cinemark quando abrir as portas no Garden Shopping.

Os roraimenses acostumados ao glamour das salas de cinemas famosas Brasil afora, alegrai-vos.

Boa Vista será contemplada em breve com uma das melhores representantes do cinema americano, a famosa rede Cinemark que é a maior rede de cinemas especializada em complexos multiplex do Brasil.

As salas aconchegantes e modernas estarão funcionando em breve no Roraima Garden Shopping, ali no Caçari.

Que nojo!

É um costume tribal, mas frequente entre os macuxis.

 O sujeito, gripado, sai de casa com um pedaço de pano nos ombros. E não faz cerimonia na hora limpar o catarro que escorre do nariz.

E diante de todo mundo. Um hábito nojento, eca!!!

 

www.peronico.com.br

e-mail: peronico.27@gmail.com

WhatsApp: 98122-3345

Facebook – Peronnico Expedito

 

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts