O lobby agora é oficial

Compartilhe nosso conteúdo!
Pizollati, nosso lobista oficial, promete caminhões de dinheiro para os cofres do governo de Roraima.
Pizollati, nosso lobista oficial, promete caminhões de dinheiro para os cofres do governo de Roraima.

João Pizolatti, quem diria, tomou assento na barcaça Campos. Ex-deputado federal catarinense, não conseguiu ser candidato na eleição passada, porque caiu na rede da Ficha Lima, sujo até o pescoço. Mas a governadora Suely resolveu premiar Pizollati com a recém instituída Secretaria Extraordinária de Articulação Institucional e Promoção de Investimentos – conhecida pela aparatosa sigla SEAPI. Logo Pizolatti, notório por suas patifarias cometidas no Planalto Central, parte de um time de políticos velhacos que se ocupa do lobby como atividade principal nos corredores de Brasília. A folha corrida de Pizollati é extensa, com passagem pelo esquema do mensalão do PT e enrolado até o pescoço com a Operação Lava jato– ah, lá ele levou só uns R$ 30 milhões! -, denúncias de fraudes eleitoras, formação de quadrilha, um rol de crimes contra o país, condenado a devolver dinheiro público em Pomerode, perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamentos de multas e proibição de contratar com o poder público e receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, mas nada disso foi levado em conta na ora de sua escolha por nossa corretíssima e íntegra governadora Suely. Pizollati leva Roraima mais uma vez ao topo dos escândalos políticos nacionais. E ninguém pensou nisso? Ou teremos a certeza de que Roraima será novamente tratado como se isso aqui fosse o chiqueiro ou o quintal de nossas casas? As ligações de João Pizolatti com o mensalão foram apontadas por Hermes Magnus, um empresário que delatou um esquema criminoso de lavagem de dinheiro comandado pelo doleiro Alberto Youssef, que desviou mais de R$ 10 bilhões da Petrobras em quatro anos. Mas por quê Pizolatti e não, ou um outro roraimense qualquer de boa índole não foi o escolhido de dona Suely? Simples, Pizollati é vice-presidente da executiva nacional do PP, mesmo partido da governadora, e amigo pessoal de Neudo. E veio a Roraima – verdade! -, na semana passada para garantir que seu vasto conhecimento nos becos da capital federal ajudará nosso governo a encher os bolsos nos próximos 4 anos. E fica assim instituído o lobby oficial como prática administrativa. E os roraimenses, pobres coitados, não tem direito nem aos R$ 120,00 do Crédito Social.

Compartilhe nosso conteúdo!
By peronico

Expedito Perônico, jornalista e colunista de política. Este blog cobre os bastidores do poder em Roraima e em Brasília. Já atuei nos principais veículos de comunicação de Roraima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts